14 coisas que você nem imaginava que existiam na Terra - Fatos Desconhecidos

14 coisas que você nem imaginava que existiam na Terra

Curiosidades | Lugares&Construções | 9 de março de 2017 por Karen Batista

O mundo realmente é um lugar surpreendente. E por mais que a espécie humana já esteja aqui a um certo tempo, é fato que ainda temos o que conhecer e aprender com esse local.

O fundo dos oceanos por exemplo, continuam sendo um mistérios para nós. Estimasse que a maior parte do planeta esteja coberta por água, e sobre os mares e oceanos, nós dominamos apenas uma pequena amostragem.

Você consegue imaginar o que podemos encontrar no fundo dos oceanos por exemplo? Se ainda hoje é comum encontrarmos novas espécies de animais terrestres, imagina só, quando o assunto é vida marinha?

Mas bom, este é um pequeno exemplo de como ainda podemos nos surpreender com esse vasto e imenso planeta!

E foi pensando exatamente nisso, que hoje aqui na Fatos, nós elaboramos uma lista para te contar as novidades sobre esse planetinha. Confira só as 14 coisas que você nem imaginava que existiam na terra!

1- Pôr do sol e nascer do sol com a coloração verde

A foto acima, é um registro raro desse fenômeno. Conhecido também como “Raio verde”, essa coloração pode acontecer durante apenas alguns segundos. Porém para que ocorra, as condições precisam estar perfeitas, para que desse modo a luz refratada na atmosfera assim como o sol aparentem estar verdes.

2- Portões do Inferno

O local que você pode ver nas imagens, é mundialmente conhecido como “Porta de entrada para o inferno”. Ele foi identificado em 1971 por engenheiros da então União Soviética pensando que este poderia ser um campo de petróleo. Partindo disso, montaram um acampamento com uma plataforma de perfuração para avaliar a quantidade de gás e petróleo disponíveis no local. Como os soviéticos estavam satisfeitos com o sucesso em encontrar esses recursos, eles começaram a armazenar o gás. Porém, durante as escavações foi descoberta uma caverna subterrânea de grande profundidade, repleta de gás tóxico. Num certo momento dos trabalhos, o chão sob a plataforma de perfuração cedeu abrindo uma grande cratera que engoliu os equipamentos. Nenhuma vida foi perdida no incidente, mas grandes quantidades de gás metano foram lançadas na atmosfera criando enormes problemas ambientais e imenso dano ao povo das aldeias, resultando em algumas mortes.

Temendo a liberação de mais gases nocivos da cratera, os cientistas decidiram queimá-los. Eles consideraram que seria mais seguro queimá-lo do que extraí-lo do subsolo, pois isso exigiria processos caros. Em termos ambientais, a queima do gás é a solução mais coerente quando as circunstâncias são tais que ele não pode ser extraído para uso. O gás metano lançado na atmosfera também é um perigoso gás de efeito estufa. Naquele tempo, as expectativas eram de que o gás iria queimar por alguns dias, mas ainda está queimando décadas depois de ter sido incendiado. Não há nenhuma previsão de quando as labaredas vão finalmente cessar, já que a quantidade de gás que ainda existe nas profundezas da cratera é incerta.

3- Tempestade Vulcânica

Esse fenômeno ocorre graças a junção bizarra de 2 fenômenos independentes.  Uma erupção vulcânica e uma tempestade intensa com raios. Mas, quem de nós imaginaria que ambas as coisas poderiam ocorrer simultaneamente, não é mesmo? Mas o que podemos afirmar sem dúvida alguma, é que a situação realmente aparenta ser assustadora!

4- Tempestade eterna

Na foz do rio Catatumbo, localizado na Venezuela, ocorre um fenômeno raro. Onde um conjunto de nuvens formam uma intensa tempestade, recheada de raios e trovoes. Mas o que espanta mesmo, é que essa tempestade ocorre cerca 180 dias por ano, e por 10 horas do dia. Dá para acreditar?

5- Torres de vapor na Islândia

Na Islândia existe uma área localizada próxima a Hvevira. E lá existem torres de vapor que são completamente ativas. O vapor quente se encontra no subsolo dos pântanos da região, e nesse local em especifico, eles escapam. Além disso, esse local também é famoso por refletir aurora boreal. E a combinação desses dois fenômenos realmente faz com que esse lugar se torne especial!

6- Cavernas de gelo

As cavernas de gelo surgem após milhões de anos, em que um local que serve como percurso para águas, sofre também com baixíssimas temperaturas. O resultado é uma caverna com uma espessa camada de gelo que impede que a luz solar penetre em seu interior, deixando desse modo o gelo em um incrível tom de azul que é único.

7- Arco-Íris de fogo

Esse fenômeno ocorre quando a luz solar é refletida em cristais de gelo que estão suspensos no ar, em formato de nuvens.

Para isso ocorre por outro lado, os cristais precisam estar em uma elevada altitude, e é possível que esse fenômeno se estenda ao logo do horizonte.

8- Onda interminável

Uma onda interminável surge duas vezes por ano nas margens do rio Amazonas. A onda percorre o total de 800 km, sem se romper ou perder a sua força. A sua altura tende a variar de 3 a 4 metros, e ela surge precisamente nos meses de fevereiro e março. Isso ocorre porque nessa época do ano as marés do Oceano Atlântico conseguem chegar a foz do rio Amazonas.

Um surfista brasileiro, chegou a quebrar um grande recorde com essa onda! Ele surfou por 37 minutos sobre ela, e se locomoveu pelo total de 13 km.

9- Nuvem Lenticular

Esse tipo de formação de nuvens ocorre em virtude do ar extremamente úmido das montanhas. Por possuírem esse formato nada convencional, elas já foram muitas vezes confundidas com OVNIs.

10- Bolhas de metano congeladas

Todo esse metano congelado em bolhas, se origina através do resultado da decomposição de diferentes tipos de organismos no fundo desse lago. Incrível não? Só precisamos ressaltar que além de muito belo, esse lugar também é extremamente perigoso e inflamável!

11- Anel de Fadas na Namíbia

Caso você faça uma viagem de avião, indo da Angola para a África do Sul, você irá se deparar com uma série desses anéis, que popularmente são chamados de “anéis de fadas”. Alguns deles podem possuir até 9 metros de diâmetro. O motivo para a sua formação, também é surpreendente, uma vez que se trata de uma espécie de cupins, que vivem sobre a vegetação e que se alimentam das raízes das plantas locais.

12- Ondas fluorescentes

O que confere todo esse brilho e luminosidade as ondas da praia de Vaad, nas Maldivas, são os fitoplânctons do local.

13- Rio subaquático

Sim! Existe um rio, dentro da água! Até pode não fazer muito sentido. Mas o rio Cenote Anhelita se divide em dois, uma vez que algumas de suas águas são pesadas, por conter sulfureto de hidrogênio por exemplo, a consequência, é que ambas as águas não se misturam, e a sensação, é que realmente existe um rio dentro do outro!

14- Icebergs listrados na Antártica

Cada tipo e cor de listra em um Iceberg pode indicar uma substancia ou fenômeno diferente. As listras azuis por exemplo, ocorrem quando a enorme pedra de gelo racha, e adere em suas rachaduras uma “nova água”. Ao se solidificar a água que foi aderida após a formação do Iceberg tende a assumir a coloração azul. Já as listras marrons, amarelas ou pretas, tendem a surgir em virtude de algas que existem em determinado local.

E então queridos leitores, qual desses fenômenos naturais mais te surpreendeu? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários!

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários