7 terríveis 'avisos' da história que se tornaram realidade - Fatos Desconhecidos

7 terríveis ‘avisos’ da história que se tornaram realidade

História | 13 de junho de 2017 por Géssica Veloso

Prever o futuro não é uma capacidade dada a todas as pessoas. Sendo assim, nem todos acreditam que de fato existam poderes sobrenaturais dados aos videntes, pessoas dotadas da faculdade de ver o passado, profetizar o futuro e conhecer o que se passa ainda que não esteja presente.

Michel de Nostredame (ou Nostradamus) foi um dos “profetas” mais conhecidos da história da humanidade. Ele viveu entre 1503 a 1566 e foi capaz de prever a morte da princesa Diana, em Londres, centenas de anos depois. Nós aqui da redação da Fatos Desconhecidos separamos outros terríveis avisos da história que se tornaram realidade. Entre eles está a existência do holocausto e até mesmo o aquecimento global. Confira abaixo.

1 – Holocausto

Durante a Segunda Guerra Mundial, entre 1939 e 1945, vários judeus e prisioneiros políticos foram mortos em campos de concentração criados pelos alemães. Nesses locais, as pessoas eram torturadas e passavam por diversos tipos de humilhações, sendo que dificilmente saiam com vida. Mais de 6 milhões de pessoas foram assassinadas, episódio categorizado Holocausto.

No entanto, em 1933 um grande evento mostrou que na Alemanha de Adolf Hitler várias pessoas eram queimadas. Heinrich Heine (1797 – 1856) chegou a escrever em um de seus livros uma peça onde tinha a seguinte frase: onde homens queimam livros, eles também vão queimar pessoas até o fim.

2 – Negacionismo do holocausto

Em 1945, o general Dwinght Eisenhower, Comandante Supremo das Forças Aliadas, previu que algum dia pessoas tentariam negar os crimes praticados pela Alemanha Nazista e, para evitar que isso acontecesse, ao encontrar as vítimas dos campos de extermínio, dava ordens para que fotos do que ocorriam no local fossem registradas e fez de tudo para que alemães e outros países ficassem sabendo do que acontecia. E ele estava certo. Após perceber que a Alemanha estava perdendo a Guerra, líderes nazistas instruíram seus comandantes de campo a destruir registros, crematórios e outros sinais do extermínio.

3 – O atentado terrorista previsto pelo piloto

Em fevereiro de 2015 o mundo ficou em choque após um atentado terrorista que matou 149 pessoas durante um voo. Tudo aconteceu após o piloto do avião, Andreas Lubitz, com mais de 600 horas de voo, ir ao banheiro. No entanto, após ele voltar a porta da cabine que dá acesso ao comando do avião estava trancada. A aeronave perdeu a altitude e despencou nos Alpes franceses. O que deixa a história mais intrigante é que meses antes, o piloto havia escrito um artigo onde relatava seu medo de ir ao banheiro durante um voo e, ao voltar, a porta da cabine estar trancada e o avião que ele está pilotando ser vítima de um atentado terrorista.

4 – A morte da princesa Diana

Aos 36 anos a princesa britânica Lady Di morreu enquanto andava em um dos túneis da Pont de l’Alma com seu namorado. Eles sofreram um acidente que provocou a morte instantânea do casal. No entanto, anos antes, Michel de Nostredame, famoso por sua capacidade de vidência, já havia previsto a morte da princesa. “A penúltima sílaba do sobrenome do Profeta levará Diana para seu descanso: ele vagará longe por causa de uma cabeça frenética, e entregando grandes pessoas à sujeição.”

5 – Espionagem na Internet

A Internet surgiu depois da Guerra Fria, que durou de 1947 a 1953. Na década de 1960 pesquisadores finalmente colocaram em prática todos os estudos realizados durante a guerra entre os Estados Unidos e a União Soviética. O primeiro e-mail foi trocado quase 10 anos depois do surgimento da Internet, em 1969, e de lá para cá se tornou um dos meios de comunicação mais utilizados no mundo todo. No entanto, em 1975 Tad Szulc escreveu um artigo relatando que um dia as pessoas poderiam ser vítimas de espionagem via e-mail ou através de outros meios. E é realmente isso o que acontece hoje.

6 – Aquecimento Global

O aquecimento global é o processo de aumento de temperatura nos oceanos e na atmosfera da Terra, provocando assim massivas emissões de gases que intensificam o efeito estufa. Porém, apesar de todos nós sabermos as consequências do Aquecimento Global e que a Terra está caminhando para a destruição, em 1847 George Perkins Marsh já havia previsto as altas temperaturas que a sociedade vivencia hoje, provocadas pelo desmatamento. Na época, ele chegou a fazer um discurso que continha um frase marcante: “Nós vamos morrer, mas no futuro”. Isso porque, na ocasião, George já tinha percebido que a cada ano o clima ficava mais quente. No entanto, poucas pessoas deram ouvido para o que esse “profeta” disse.

7 – A profecia da pedra

Em março de 2011, um tsunami de magnitude 9,1 atingiu o Japão. Na ocasião, ondas de mais de 10 metros de altura alvejaram diversos outros países. No entanto, o tsunami de Tohoku, que deixou milhares de pessoas mortas poderia ter sido evitado se os japoneses tivessem seguido os conselhos de uma pedra em um vilarejo que dizia “…lembre-se, a calamidade dos grandes tsunamis, não construa nada abaixo deste ponto…”, a frase se referia a altura da pedra. Todas as casas construídas nessa vila ficaram intactas e as pessoas sobreviveram ao terrível tsunami. Isso significa que se os japoneses tivessem dado ouvido a pedra poderiam ter impedido que tal desastre afetasse tanta gente.

O que você achou dessas previsões? Deixe o seu comentário abaixo.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários