Como é feito o leite em pó? - Fatos Desconhecidos

Como é feito o leite em pó?

Curiosidades | 11 de janeiro de 2017 por PH Mota

O leite é um alimento extremamente popular no mundo inteiro, apesar de controvérsias que dizem que ele pode fazer mal para a saúde dos seres humanos. Rico em lactose, gordura, proteínas, sais minerais e vitaminas, ele é encontrado em sua forma natural como bebida, mas também pode ser consumido em sua versão alternativa em pó.

Mas se o leite natural é líquido, como é possível transformá-lo em pó para que ele continue com as propriedades do leite? O leite em pó é feito com o leite verdadeiro, que passa por um processo industrial para secá-lo, transformá-lo em pó e ter um prazo de validade maior.

Para produzir o leite em pó, o leite ordenhado das vacas é colocado num processo de preparo que consiste no aquecimento a 45ºC dentro de uma centrífuga. Dentro da máquina, acontece a separação da gordura do resto do leite. Depois da separação, a gordura é devolvida para o leite, dependendo de qual lote ele faz parte, integral ou desnatado.

1

Com os elementos separados, o leite então passa por dois processos de pasteurizações para que as bactérias sejam eliminadas e começa a fase de concentração. Aqui, o líquido é colocado dentro de uma máquina que permite que o leite escorra em paredes aquecidas a uma temperatura de 77ºC. Durante o processo, o leite não é fervido, mas 50% da água presente na mistura é evaporada, fazendo com que ele fique num estado pastoso.

É nessa fase que o composto pode ser utilizado para fazer leite condensado, com a adição de açúcar à mistura. No caso do leite em pó, o líquido pastoso vai para uma nova fase de secagem. Gotículas de ar quente a 180ºC são lançadas no leite, fazendo com o que o restante da água que está ali seja evaporada.

Com o calor das gotículas e a eliminação da água, o leite fica em três formatos diferentes, sendo eles flocos, granulado e pulverizado. Nessa etapa, é só fazer a separação e adicionar gás nitrogênio para impedir que a gordura do leite sofra oxidação.

2

O leite em pó com a gordura removida – desnatado – pode ter até 3 anos de validade, enquanto o leite integral pode durar no máximo seis meses. Mesmo que o nitrogênio atrase a oxidação, o armazenamento prolongado ainda é capaz de provocar uma deterioração gradual que afeta o sabor.

Mesmo sendo em pó, o leite ainda proporciona vários benefícios aos consumidores, como as vitaminas que ele ainda mantém em sua composição. Ele também pode ser utilizado como ingrediente na produção de massas para melhorar a retenção de água e aumentar o volume de pães, tornar massas folhadas mais crocantes ou produzir chocolates e sorvetes.

Apesar de também servir como substituo para o leite comum, o leite em pó não pode tomar o lugar da amamentação de recém-nascidos nos primeiros seis meses de vida.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários