Esses são alguns dos sintomas de gravidez que aparecem antes da menstruação atrasar - Fatos Desconhecidos

Esses são alguns dos sintomas de gravidez que aparecem antes da menstruação atrasar

Ciência e Tecnologia | 19 de abril de 2017 por PH Mota

A menstruação atrasada é um dos mais evidentes sinais da gravidez numa mulher, que faz com que muitas delas comecem a desconfiar que estão passando pela gestação. Mas você sabia que existem outros sintomas que aparecem bem antes do atraso da menstruação?

Antes de passar por isso e buscar os testes caseiros, é importante conhecer os sinais do próprio corpo. Alguns deles podem conseguir passar uma ideia clara das mudanças no corpo e criar a preparação para a situação, seja ela planejada ou inesperada.

É importante alertar que alguns dos sintomas podem aparecer em razão de outras condições médicas, por isso nem sempre querem indicar necessariamente uma gravidez. Ao invés de concluir que está passando por uma gravidez a partir dos sintomas, utilize como indicadores de mudança de saúde e fique atenta aos possíveis sinais, que podem aparecer também por outros motivos.

Além disso, alguns desses sintomas podem ser confundidos até mesmo com a chegada da menstruação, o que faz com que não sejam percebidos com o olhar da suspeita de gravidez.

Seios doloridos

As mudanças nos seios acontecem logo nos primeiros dias de gravidez, pois os hormônios enviam os sinais que precisam preparar os órgãos em cerca de 40 semanas. Inicialmente, os vasos dos seios começam a se dilatar, aumentando o tamanho deles e das auréolas. Além disso, por conta da dilatação dos vasos, eles ficam muito mais sensíveis, podendo apresentar dores.

Os sinais pode ser semelhantes ao que algumas mulheres vivem durante a TPM, mas na gravidez eles aparecem com mais intensidade.

Sangramentos

As mudanças internas no corpo também podem provocar pequenos sangramentos que não fazem parte do ciclo menstrual e acontecem quando o embrião está se conectando ao útero. Por conta disso, é possível perceber algumas gotas de sangue saindo da vagina e manchando as roupas íntimas, por exemplo. Os sangramentos são leves e caso haja muito sangue, pode ser um sinal de aborto natural ou mesmo da chegada da menstruação. De qualquer forma, um sangramento inesperado é um motivo para procurar a opinião de um médico especialista.

Cansaço

Quando o cansaço aparece sem razão, pode representar um sinal de gravidez. Nos primeiros estágios da gestação, existe um pico nos níveis de progesterona que podem causar sonolência durante o tempo tdo. Além disso, as mudanças no corpo como a diferença na produção de sangue para sustentar o feto. Uma alimentação com ausência de minerais, vitaminas, ferro e outros nutrientes também pode ajudar a aumentar o cansaço do corpo. Por outro lado, o problema também pode ser reflexo de outros problemas como anemia ou hipotiroidismo, então é importante ficar de olho na saúde independente da possibilidade de gravidez.

Náusea

É normal associar a sensação de náusea com a gravidez, pois sabemos que as mudanças no corpo provocam reações inesperadas para as mulheres. Logo nas primeiras semanas, a grávida pode sentir tontura, mal estar e vontade de vomitar por diversas vezes. Apesar da condição poder aparecer a qualquer momento do dia, 75% das mulheres apresentam os sintomas durante a manhã e sofrem muito mais com a primeira gravidez.

Sintomas de TPM

Por mais que pareça estranho falar de TPM e gravidez, as irritações típicas da menstruação também aparecem quando a mulher está grávida. Problemas como cólicas, retenção de líquido e dores de cabeça aparecem com muito mais intensidade do que na TPM, inclusive, já que as mudanças hormonais no corpo são muito mais intensas quando existe fecundação do óvulo.

E aí, já conhecia esses sintomas? Alguns deles são clássicos de toda gravidez, mas nem todo mundo se atenta a eles nas primeiras semanas, quando poderia perceber a condição antes mesmo das suspeitas a partir do atraso da menstruação.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários