Nesta madrugada você poderá observar a chuva de estrelas cadentes Perseidas - Fatos Desconhecidos

Nesta madrugada você poderá observar a chuva de estrelas cadentes Perseidas

Curiosidades | 11 de agosto de 2017 por Isabela Ferreira

Uma grande chuva de estrelas cadentes cairá sobre o planeta nesta madrugada! Elas nada mais são do que meteoros que entram em nossa atmosfera terrestre e em seguida se incendeiam, devido ao atrito com o ar. Muita gente acaba achando essas estrelas são um risco para nós, pois podem cair em algum lugar nada propício, mas o fato é que geralmente elas são muito pequenas e não representam risco nenhum.

Segundo Roberto Costa, professor de astronomia da Universidade de São Paulo (USP), apenas seriam um problema para nós caso os meteoros não se dividissem e caíssem sobre a Terra com seus grandes diâmetros. Então já pode se preparar para tentar ver esse espetáculo dos céus! A hora exata em que o fenômeno irá ocorrer é incerta, mas estima-se que possa acontecer entre as 3 e 6 horas da manhã.

Ainda de acordo com o professor, a chuva acontecerá pois a Terra estará passando pela trajetória do cometa Swift – Tuttle, que completa a cada 136 anos, uma volta em torno do sol. O astrônomo da Universidade Federal de São Carlos (UFScar), Gustavo Rojas, diz que a Terra passa todos os anos por essa região, e as partículas deixadas por ele adentram nossa atmosfera. Isso é o que faz com que a chuva de meteoros aconteça todos os anos, e na maior parte das vezes, na mesma época.

Você deve estar se perguntando se em qualquer parte de nosso país será possível presenciar o acontecimento. Bom, infelizmente a resposta para isso é não, porém, você pode acabar dando sorte. Os meteoros que cairão são chamados de Perseidas e recebem este nome pois provavelmente, são originários da Constelação de Perseus, que fica localizada no hemisfério norte, e é exatamente por isso que a visualização aqui no Brasil é difícil, mas não impossível.

Se você mora na região norte ou nordeste de nosso país, terá mais facilidade em conseguir ver o espetáculo, ao contrário dos moradores da região sul e sudeste. Estima-se que os países do norte consigam ver a queda de aproximadamente 1000 deles por hora, enquanto o número para nós é reduzido para 10 por hora, mas ainda sim, é uma vista de encher os olhos.

Diferente de alguns outros fenômenos da natureza, este não requer o uso de nenhum instrumento, como telescópio, por exemplo. Rojas diz que pode ser visto tranquilamente a olho nu, apenas dependendo das condições e da localização do observador aqui no Brasil.

O mais recomendado é que se você realmente tiver curiosidade, vá até um ponto que seja o mais escuro e limpo possível, tentando fugir da poluição luminosa das grandes cidades. Um detalhe importante a se destacar é que a lua também é uma vilã, podendo atrapalhar o deslumbre do fenômeno, mas se o local em que você estiver for escuro o suficiente, não desanime!

Rojas ainda dá a dica: não fique pensando que vai acontecer tudo de forma rápida e fácil. Se olhar para seu quintal e não enxergar nada dentro de uma hora, é bastante normal. Ainda diz que o olho humano leva cerca de 15 minutos para se acostumar com a escuridão, e só depois disso, fica mais fácil para identificar.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias aí com a gente pelos comentários!

Fonte(s) UolEstadão
Imagens PexelsVix
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários