• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

10 animes que são melhores que os seus mangás (e vice-versa)

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      04/06/19 às 14h41

Mangás e animes podem estar se popularizando agora, no entanto, eles já estão em circulação e exibição há algumas décadas. Sejam eles obscuros ou engraçados, amigáveis ou ameaçadores, felizes ou dramáticos, sempre tem um público pronto para abraçar as histórias contadas. Quanto mais opções melhor, pois a possibilidade de consumo se expande. Uma vez que você entra no mundo dos mangás e animes, não tem volta, o que não é necessariamente ruim.

Embora as pessoas costumem gostar de uma ampla variedade de títulos, é natural que existam preferências. Alguns leitores não se sentem muito confortáveis com uma maior explicitação de violência, como é o caso de Attack on Titan, enquanto outros amam mistérios e um clima obscuro, como o de Death Note. Outras pessoas preferem algo com uma pegada mais leve e divertida, pra assistir despretensiosamente, e talvez chorar um pouco, nunca se sabe. Enfim, existem opções para todo o tipo de público. Todavia, as vezes você decide acompanhar o anime do mangá que você está lendo, ou vice-versa, e as expectativas não são correspondidas. Não se aflija, você não está só. Pra provar isso, fizemos uma seleção de 10 animes que são melhores que mangás (ou o contrário). Você pode conferi-la logo abaixo.

10 - Bleach (mangá)

Para muitos, Bleach sempre vai ser um ótimo anime, mas o mangá foi surpreendentemente superior, principalmente o final. O começo do anime, mais ou menos até o arco da falsa Karakura, em que os Shinigamis lutam contra os Arrancars, segue o mangá perfeitamente. Todavia, o anime sofreu bastante com a quantidade de fillers, na tentativa de ganhar tempo para o mangá. A investida mesmo assim não deu certo. O anime teve seu fim no arco dos Fullbringers e com um final insatisfatório. Enquanto, o mangá teve um arco a mais, o dos Quincys, que realmente mostrou o real poder de todos os Capitães Shinigamis e de Ichigo.

9 - Haikyuu (anime)

Haikyuu é um ótimo mangá, mas é um anime melhor ainda. O diferencial está na qualidade da construção dos personagens e dos enredos antes da grande conclusão de cada arco. Em poucos episódios o anime consegue te deixar animado e com vontade de assistir mais ainda. Assim como Attack on Titan, o anime te deixa na beirada da cadeira de tão nervoso com o que pode acontecer. Apesar de se basear completamente no mangá, as cenas ficam ainda mais emocionantes quando ganham vida.

8 - Dragon Ball (mangá)

Essa não foi um escolha fácil e provavelmente dividirá opiniões. Todavia, existem alguns motivos para que o anime de Dragon Ball tenha perdido nessa categoria. Primeiramente, se desconsiderarmos a afetividade nostálgica, os power-ups que nos animavam quando assistíamos a TV Globinho, não causariam o mesmo efeito hoje em dia. A quantidade de episódios que leva pra acontecer um evolução de Super Sayajin e mostrar o Goku usando uma Genki Dama, é absurda.

Outra desvantagem do anime é a confusão dos arcos. Todos sabemos que Dragon Ball, Dragon Ball Z, Dragon Ball GT, Dragon Ball Kai e Dragon Ball Super são relacionados entre si, mas é muito complexa a ordem cronológica entre eles, o que desanima qualquer um que esteja com vontade de começar a assistir.

7 -  Sailor Moon (anime)

Sailor Moon é um daqueles animes responsáveis por marcar gerações. Embora não possua a mesma popularidade, entrou pra história ao lado de Naruto e Dragon Ball Z. As transformações e os power-ups não são longos, como vemos em Dragon Ball Z, mas com certeza são tão incríveis quanto. E além de ser um destaque visual, os episódios filler também têm boas histórias, diferente da maioria dos casos. Sailor Moon não distanciou sua história do mangá, mas a animação das cenas e a adaptação para as telas faz com que o anime seja superior à sua obra de origem.

6 - Fullmetal Alchemist (mangá)

Fullmetal Alchemist, em ambas as versões, se faz sempre presente quando o assunto é alta qualidade. Assim como o caso de Dragon Ball, essa seleção em especial pode gerar discordância. Contudo, o mangá é melhor que o anime. A obra impressa conseguiu trabalhar o enredo com muito mais cuidado e qualidade. O anime tomou muitas licenças poéticas em relação às informações que colocava nos episódios. Criatividade é sempre bem-vinda, mas nesse caso não deu muito certo. O anime conseguiu sua redenção através de Fullmetal Alchemist: Brotherhood, porém, isso só aconteceu porque se baseou com precisão no mangá. Após a retificação, o anime se tornou um dos melhores da história.

5 - Free! (anime)

A maioria dos animes de esportes é melhor que suas versões no mangá. Isso se deve ao fato das cenas animadas das competições nos transmitirem mais emoção do que as páginas inanimadas. Free! é um anime incrível, que explora a amizade e a competição entre times de natação. Pode parecer meio chato pela descrição, mas não se deixe enganar, é um dos melhores animes esportivos, embora seja injustamente subestimado.

4 -  Ao No Exorcist (mangá)

Mais conhecido por seu nome em inglês, Blue Exorcist, entrou nessa categoria devido à produção precipitada do anime. A série começou a ser desenvolvida enquanto sua obra de origem ainda não possuía volumes suficientes para alimentar a narrativa (D&D se identificaram). Em decorrência disso, o final da primeira temporada foi acelerado e criaram situações diferentes das apresentadas no mangá, decepcionando alguns fãs.

Outra desvantagem é a quantidade de tempo entre as temporadas. O intervalo entre as sagas é de quase seis anos, a espera excessiva acaba tirando a vontade das pessoas de assistirem o anime. Enquanto isso, o mangá não enfrenta esses problemas. A versão impressa ainda está sendo publicada e apresenta um enredo com detalhes incríveis.

3 - Tokyo Ghoul (anime)

Nós temos plena noção de que Tokyo Ghoul é um dos melhores mangás da história, e a escolha foi difícil, mas o anime é melhor ainda. A forma como o mangaká Sui Ishida expressa a escuridão dentro dos personagens com o seu estilo de desenho, optando por vários quadros completamente pretos, passa a mensagem de forma emocionante. Portanto, ver isso traduzido para as telas de uma maneira tão fiel e incrível, é épico de diversas formas. A violência e o derramamento de sangue se tornam visualmente potentes nas telas. Além disso, é algo que nos permite sentir como se estivéssemos presentes na hora de cada luta.

2 - Soul Eater (mangá)

Soul Eater foi bem popular durante seu período de exibição, apresentando um conceito original e um estilo de desenho diferente dos animes convencionais. Sua versão impressa entra nessa lista por um recorrente motivo, a antecipação do anime. O final da adaptação foi apressado e nos últimos dez minutos (literalmente) apresentou a Maka como uma arma, em um deus ex machina tão mal feito que entrou pra história. A força de vontade da Maka em defender o Soul e seus amigos foi mantida no final, mas de uma forma sem sentido e sem o impacto que o mangá apresenta.

A versão impressa possui um enredo mais orgânico em relação a evolução dos poderes de cada personagem e tem um final que faz sentido. Foi apresentada uma conclusão de arco onde algumas pessoas sofreram as consequências por suas ações no passado e outras chegaram ao ponto que aspiravam desde o início.

1 - Naruto (ambos)

A versão animada de Naruto certamente superou as expectativas de todo mundo. A adaptação se tornou um dos animes mais assistidos e aclamados da história. Além disso, assim como Dragon Ball e Sailor Moon, tem marcado gerações. O mangá, além de ser incrível, é um dos materiais base mais completos e perfeitos para adaptação. Contudo, tanto as lutas quanto os momentos de partir corações foram traduzidos para as telas de forma indescritível.

Não existe uma falha ou defeito que possam ser apontados na versão impressa. Muito pelo contrário, todo o êxito do anime é mérito do mangá. A diferença é que a emoção provocada a cada morte ou evolução foi amplificada devido aos recursos audiovisuais. Embora nessa lista existam adaptações melhores que suas obras originais (e vice-versa) em Naruto, as duas versões caminham juntas, tornando impossível selecionar apenas uma.

E então, concorda com a lista? Discorda? Tem alguma adição? Compartilhe sua opinião com a gente.




Matérias selecionadas especialmente para você

Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+