• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


10 comportamentos que, segundo os psicólogos, mantêm o amor vivo

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      17/06/19 às 19h42

É impressionante como as pessoas ainda esperam que os relacionamentos satisfaçam todas as suas expectativas. Muitas delas se esforçam no sentido de alcançar aquele namoro "sem defeitos". De acordo com a Ph.D, Randi Gunther, é só uma questão de estar procurando o amor em lugares errados. "Eu realmente acredito que, não importa quanto esforço e energia as pessoas tenham para dominar habilidades de relacionamento complicadas e diversificadas, elas frequentemente negligenciam os comportamentos mais básicos e cruciais que o amor duradouro exige", escreveu em seu mais recente artigo. Sem a prática de comportamentos básicos, nenhum casal consegue manter um relacionamento de longo prazo. Conheça 10 comportamentos que, segundo os psicólogos, mantêm o amor vivo.

Não é como uma receita de bolo ou uma bula de remédio. Nós nunca conseguiremos instruções fixas sobre como fazer dar certo, mas é possível ter uma ampla noção. Os dez comportamentos descritos por Randi Gunther devem estar no centro de uma parceria íntima. Eles sempre existiram em relacionamentos de qualidade, independentes de época ou cultura.

1- Justiça

Os parceiros de um relacionamento amoroso querem sentir que estão recebendo uma justa mudança na resolução de conflitos. Eles pró-ativamente negociam os termos do que cada um quer ou precisa, certificando-se de que podem falar abertamente sobre o que impulsiona seus comportamentos individuais. Essas interações respeitosas criam a base para a justiça prosperar.

2- Respeito pela vulnerabilidade

Como o casal se conhece melhor ao longo do tempo, geralmente tem acesso à "nudez emocional" um do outro. Ou seja, ambos provavelmente compartilham suas experiências, pensamentos e inseguranças. Essas admissões, confissões e revelações não podem ser usadas como munição para atacar um ao outro em momentos de conflitos na relação. É necessário guardá-los com carinho, pois existe muita confiança nessa troca de vulnerabilidade. Esse é um dos 10 comportamentos que, segundo os psicólogos, mantêm o amor vivo.

3- Cavalheirismo

Ser capaz de sacrificar-se sem o martírio ou a necessidade de retribuição é a base do cavalheirismo. A satisfação por esse tipo de doação vem da própria atitude. Não há retorno esperado, muito menos dívida a ser restituída. Entretanto, há momentos em que um parceiro tem que permanecer sendo o "cavalheiro sem descanso". Para manter-se saudável, é necessário que a outra pessoa da relação seja profundamente agradecida. Ambos devem confiar que, se a situação fosse invertida, os mesmos sacrifícios seriam garantidos.

4- Respeito pelas crenças

Não importa quão compatíveis sejam, os parceiros íntimos nem sempre compartilham as mesmas crenças, desejos ou opiniões. Ter respeito pela maneira como o parceiro vivencia a vida, é crucial para qualquer relacionamento de qualidade. Esse é um dos 10 comportamentos que, segundo os psicólogos, mantêm o amor vivo.

5- Resiliência

As consequências de muitas disputas prejudiciais criam um caminho mais difícil para a reconexão de ambos os parceiros. Por isso, é mais importante se concentrar em quão rapidamente podem resolver e recuperar essas disputas. Isso que é a resiliência, segundo Gunther.

6- Compromisso com a saúde individual

Você não deve e nem pode administrar o bem-estar do seu parceiro, ainda mais quando ele não está interessado em mudar de comportamento. Infelizmente (ou felizmente), a atitude inicial precisa vir da própria pessoa. Imagine só ficar encarregado pela saúde de duas pessoas ao mesmo tempo (a sua e a de seu parceiro)?

Uma hora ou outra, o relacionamento se tornará insustentável. Ambos devem, juntos e de mãos dadas, ultrapassar qualquer desafio que chegue no caminho dos dois (cada um com suas responsabilidades específicas). Esse é um dos 10 comportamentos que, segundo os psicólogos, mantêm o amor vivo.

7- Confiança no que construíram juntos, mesmo que estejam distante em corpo

A confiança é parte do fundamento básico de qualquer relacionamento de qualidade. Os "acordos" realizados entre as pessoas envolvidas devem ser seguidos em prol da prosperidade da relação. Quais comportamentos são éticos e morais? Isso cabe aos dois (em conjunto) decidirem. Ambos os parceiros precisam confiar que manterão esses comportamentos mesmo quando não estiverem na presença um do outro.

8- Prudência

Todo mundo tem dias ruins que desestimulam interações. Eles são parte da vida. No entanto, o seu parceiro não é esponja para absorver todos os seus problemas ou ser sobrecarregado com energias negativas. Infelizmente, algumas pessoas acham que têm autonomia para ferir quem amam no sentido de descontar a raiva acumulada do dia a dia. Parece justo para você? O respeito e a prudência com os sentimentos de quem está ao seu lado devem ser levados em conta, não importa o grau de intimidade.

9- Auto-reflexão

A melhor maneira para aprofundar o relacionamento é estar em dia com suas reflexões internas. Já te falaram que, para amar o outro, é necessário amar a si mesmo para começo de conversa? Pois é, essa premissa deve ser seguida ao longo de todo o relacionamento, caso você queira estabilidade.

Compare o que faz com o que é preciso fazer. Saiba quais são as suas limitações. De acordo com suas crenças culturais, espirituais, intelectuais, físicas e emocionais... o que o torna uma pessoa boa? O que é necessário fazer para manter-se nesse caminho?

10- O compromisso de se tornar um "casal alfa"

O casal alfa é conhecido por sua capacidade de manter a estabilidade emocional sob estresse. Assim, conseguem resolver problemas com acuidade e justiça. Homens e mulheres alfa tratam seus parceiros com respeito e os ajudam a se sentirem amados e seguros, sem indulgência ou falsidade.

Eles são honestos, diretos, responsáveis ??por seus próprios erros, abertos para novas ideias e dispostos a assumir riscos para o aprimoramento do relacionamento. Eles não se "quebram" facilmente e sacrificam suas próprias necessidades se a parceria precisar desse apoio no momento.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+