• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

10 curiosidades insanas e sangrentas sobre a 1ª Guerra Mundial

POR Mateus Graff    EM História      02/02/16 às 15h18

A Primeira Guerra Mundial começou em 28 de julho de 1914 e durou até 11 de novembro de 1918. Na guerra, mais de 70 milhões de militares, incluindo 60 milhões de europeus, foram mobilizados em uma das maiores guerras da história. A guerra teve um grande marco no mundo e deixou várias histórias curiosas que as pessoas adoram ouvir.

Para você que gosta de curiosidades sobre guerras. nós fizemos uma pesquisa vasta pela internet e tentamos selecionar as curiosidades mais insanas de bizarras sobre a Primeira Guerra Mundial, e existem algumas dela que vão deixar vocês impressionados. Então, confira agora a nossa lista com 10 curiosidades insanas e sangrentas sobre a Primeira Guerra Mundial, veja:

1 - Soldados britânicos não usavam capacetes

galipoli-desembarque-soldados-britanicos-praia

Quando a guerra começou, os soldados britânicos entraram em combate com apenas um boné de pano para proteção. Felizmente, os capacetes de aço foram introduzidos em 1915. O exército alemão não gostou muito da ideia porque os capacetes eram desconfortáveis, mas sabiam que tinham de usar para protegê-los.

2 - Ferimentos faciais

shiloh-confederate-soldiers

Muitas pessoas sofreram ferimentos faciais na primeira guerra mundial e como os médicos ainda não eram especialistas em cirurgia plástica, alguns artistas começaram a criar máscaras de cobre para ocultar as lesões. As máscaras foram feitas e pintadas para combinar com o tom de pele de cada soldado e faziam até cílios com metal enrolado.

3 - Zeppelins

article-2117162-123C3BCA000005DC-458_966x609

Aviões ainda eram muito novos no ao de 1914 e por isso, os alemães faziam os bombardeios em Londres usando os famosos Zeppelin. Os canhões britânicos tentaram derrubá-los, mas as balas não causavam nenhum dano. Em 1917, novas balas foram inventadas e conseguiram causar uma explosão usando o gás do Zeppelin, e eles não foram mais problemas para os britânicos.

4 - Americanos e afro-americanos serviram a guerra

black-soldiers-2

Apesar do fato de que os afro-americanos não teriam conseguido a cidadania nos Estados Unidos até 1924, cerca de 13.000 nativos americanos lutaram na guerra, cerca de 200.000 afro-americanos também serviram, mas penas 11% em combate e em divisões separadas.

5 - Uma explosão no campo da França foi escutado em Londres

s_w33_10119027_thumb2

Quando a guerra se alastrou, estava acontecendo algo diferente em baixo da terra. Um grupo de mineiros, operando em total sigilo, cavaram vários túneis para plantar bombas e detonar em baixo do inimigo. Grande parte da linha de frente da Alemanha foi destruída e as explosões foram ouvidas 140 milhas de distância pelo primeiro-ministro britânico em Downing St.

6 - As mulheres ficaram com a pele amarela

wwomen-farm_2994112k

Enquanto os homens iam para a guerra, mais de um milhão de mulheres tomaram a frente no mercado de trabalho. Elas trabalhavam longas horas, em condições precárias e com produtos químicos perigosos. As chamadas "canárias" eram as mulheres que trabalhavam com TNT, que causava ictéria tóxicas e deixavam a pele das mulheres amarela.

7 - O pombo Cher Ami

13

Em 1918, um pombo chamado Cher Ami, um dos cerca de 100.000 pombos-correio usados durante a guerra, conseguiu salvar 500 soldados americanos. Apesar de ter sido baleado por soldados alemães, o pombo conseguiu entregar a mensagem aos soldados que tinham sido contados por trás das linhas inimigas. Ele perdeu um olho e uma perna, mas os médicos do exército americano salvaram a vida dele e ainda fizeram uma perna de madeira.

8 - Máscaras para gás

Art-Craft-Resin-Handcraft-CS-Fallout-Terrorist-font-b-Mask-b-font-Ghost-Radiation-font-b

Não existia máscaras eficazes contra gases tóxicos no início da guerra. A única proteção dos soldados contra ataques com gás eram um pano, muitas vezes trapos velhos, como uma meia velha, molhados em sua própria urina.

9 - Escassez de alimentos

7e54f790-e1d8-11e3-84ab-454c842bb745_8

Devido a escassez de alimentos, os britânicos foram proibidos de jogar arroz nos casamentos e alimentar os pombos. Eles também foram proibidos de falar ao telefone e uma língua estrangeira, a comprar binóculos e chamar um táxi à noite.

10 - O soldado britânico mais novo

9jul2014--em-foto-sem-data-da-primeira-guerra-mundial-soldados-franceses-ajudam-companheiro-ferido-durante-a-batalha-do-somme-proxima-ao-rio-somme-na-picardia-franca-1404934596588_726x500

Sidney Lewis tinha apenas 12 anos quando mentiu sobre sua idade e se juntou ao exército durante a Primeira Guerra Mundial. Ele foi um dos milhares de meninos menores de idade que se alistaram e acabaram lutando ao lado de adultos. Alguns eram motivados pelo patriotismo e outros eram como se fosse uma fuga de suas vidas pobres e tristes.

E aí amigos, sabem de mais alguma curiosidade da Primeira Guerra Mundial? Comentem aqui pra gente!

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+