• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

20 costumes indianos que são muito estranhos

POR Júlia Marreto    EM Entretenimento      25/04/16 às 20h25

Como será o outro lado do mundo? Você já viajou para lá? Visitou os monumentos e conheceu a cultura oriental? É, deve ser bem interessante, não?! E a Índia, o que você sabe sobre esse país exótico e misterioso? A história da Índia, data mais ou menos de 3300 a.C., quando as primeiras civilizações começavam a se formar às margens do Rio Indu. E é daí que vem o nome do país.

As tribos árias, que eram povos nômades, provavelmente vindos do Irã, invadiram a Índia em meados de 1500 a.C., ocuparam a região e dominaram a civilização hindu, que ali estava se formando. Assim teve início o Período Védico, que se estendeu até 500 a.C.

Esse período ficou marcado na história por causa das escrituras compiladas de hinos escritos em sânscrito, que foram posteriormente chamados de Vedas, que significa saber sagrado. Quatro Vedas foram escritos: Rig-VedaYajur-VedaSama-VedaAtharva-Veda. As descrições contidas nesses escritos nos deram uma noção de como era a vida e sociedade da época. O Período Védico encerrou-se no final do século IV, quando mudanças aconteceram no país e surgiram novas religiões e ideologias.

Dentro do contexto indiano, o aparecimento do Budismo e do Jainismo trouxeram novas orientações ao Hinduísmo, religião até então única estabelecida na região. E com a chegada dos árabes, afegãos e turcos, o Islamismo foi implantado naquela região.

A Dinastia Mughal prevaleceu entre os século XVII e XIV e contribuiu com suas marcas, principalmente, na arquitetura que estão presentes até hoje em Nova Déli, em um bairro afastado chamado de Velha Déli. Alguns dos exemplos são o Mosteiro da Índia, Jama Masjid, construído pelo período de 1644 e o Taj Mahal, entre 1630 e 1652.

Quando em época de navegações e colonizações, os portugueses foram os primeiros a chegar e estabelecer no país, mesmo que não tenham feito papel de colonizadores do país. Já a partir de 1858, os ingleses utilizaram a Companhia Inglesa das Índias Orientais como recurso para se estabeleceram de forma pacífica no país, de forma a administrar mais da metade do território, através de um vice-rei, dando assim, origem ao termo Índia Britânica. Enquanto isso, o resto era governado por hindus ou muçulmanos, chamados Marajás.

Mahatma Gandhi, no início do século XX, disseminou o sentimento nacionalista na Índia, e através do movimento de "descolonização", em 15 de agosto de 1947, depois do fim da Segunda Guerra Mundial a Inglaterra devolveu aos indianos a administração das regiões que tomava posse e reconheceu tanto a Índia quanto o Paquistão.

Após saber um pouquinho mais da história da Índia, que tal conhecer 20 costumes indianos que são muito estranhos para nós ocidentais? Confira com a gente.

1. Trânsito

01.

O trânsito é caótico, quase não existem sinalizações no asfalto, nem faixas de pedestre, semáforos ou placas. E mesmo assim, os acidentes são bem raros, o que nos fazem acreditar que em meio aquela bagunça existe uma certa lógica.

2. Buzinas

02.

Se você acha que no Brasil as pessoas não utilizam as setas é porque ainda não foi para a Índia. Lá tudo é na base da buzina. Muitos veículos tem escrito em suas traseiras Horn Ok Please (buzine por favor).

3. Banheiros

03.

Lá não existe papel higiênico, sendo assim, aqueles que possuem um nível social mais elevado possuem um tipo de spray de água, conhecemos como ducha higiênica. Beleza, mas a dúvida chega quando "e para se secar?" Já nas casas de famílias simples ele tem uma torneira e um balde, e eles se limpam com as mãos mesmo.

4. Comer

04.

As pessoas utilizam as mãos para comer, na verdade a mão direita, porque a esquerda é a utilizada no banheiro para se limpar. Inclusive nas grandes cidades como Nova Déli e Mumbai é extremamente comum ver pessoas comendo com as mãos arroz e molhos.

5. Pratos

Não necessariamente dispensável, mas no Brasil temos o costume de usar para comer, quase em todas as refeições, um prato, inclusive nos fast foods (temos a bandeja), mas lá um pedaço de jornal qualquer pode substituir.

6. Jejuns

06.

Por vários motivos é muito comum encontrar, pelo país inteiro, pessoas fazendo jejum. E não é só às vezes, é sempre. Além disso, existem vários tipos de jejum: aqueles que não se come absolutamente nada, apenas de frutas, vegetarianos, coisas que crescem acima do solo, só até às 18h...

7. Lavanderias

07.

Bastante comum nas casas brasileiras, na Índia não existem lavanderias, as roupas das famílias são levadas para fora da casa e lavadas pelos dhobi, pessoa que lava as roupas.

8. Chuveiro

08.

Os chuveiros possuem duas torneiras, uma para tomar banho e outra só para lavar os pés. Deve ser bem útil. Agora, a parte ruim é que ele fica entre a pia e o vaso sanitário, sem box ou cortinas.

9. Tomadas

09.

Todas as tomadas tem um "disjuntor" para ligar e desligar a energia. Provavelmente para economizar energia.

10. Estupros

10.

Os roubos, assaltos e sequestros não são tão comuns quanto no Brasil, mas infelizmente existe muita violência contra a mulher. A quantidade de estupros relatados nos noticiários é gigantesca.

11. Sexo do bebê

baby booties

É proibido aos médicos revelarem o sexo do bebê aos pais. É uma maneira de evitar os abortos, tão comuns quando se vai ter uma menina. Elas são vistas como despesa por causa do pagamento do dote de casamento. Ao contrário dos meninos, que levarão o sustento para o lar.

12. Horários de trabalho

12.

As pessoas começam a trabalhar muito tarde, mais ou menos a partir das 10h30 ou 11h. Não se encontra uma padaria aberta de manhã cedinho, jamais! O comércio em geral não abre antes disso também.

13. Namoro

13.

Não se vê casais de namorados se beijando ou andando de mãos dadas nas ruas, é uma proibição cultural. Mas é bastante comum ver amigos homens de mãos dadas.

14. Crianças

To go with story 'India-health-social-toilets' (FILES) In this photograph taken on August 10, 2012, 60 year old manual scavenger Kela collects human waste while cleaning a toilet in Nekpur village, Muradnagar in Uttar Pradesh, some 40 kms east of New Delhi. For nearly four decades, Kela Devi worked for a pittance emptying her high-caste neighbours' toilets with her bare hands in the small Indian village where she lives. But in the last two years she has turned her life around, learning to read and write and opening her first bank account. Devi is among 21 women in the village of Nekpur who managed to escape their desperate situation with the help of the charity Sulabh International, which provided shelter and a basic education.  AFP PHOTO/ Prakash SINGH/FILES

Não é nada raro ver crianças correndo nuas pelas ruas e defecando por ali mesmo.

15. Segurança

15.

As lojas e shoppings tem um mecanismo para se revistar bolsas através de raios-x, igual dos aeroportos. A preocupação dos indianos com a segurança é muito grande. Provavelmente se deve ao fato do atentado de Mumbai em 2011.

16. Pizza

16.

Se você adora orégano vai amar ou odiar as pizzas de lá. Ele não é salpicado na pizza como estamos acostumados, mas sim colocados em um saquinho separado.

17. Os restaurantes

17.

São divididos em Veg e Non-Veg. Isso acontece porque grande parte da população é vegetariana, muitas vezes por opção e outras por religião.

18. Paan

18.

É uma combinação de ervas de coloração avermelhada. As pessoas tem muito costume de mastigá-la e depois cuspí-la no chão, tanto é que em muitos lugares públicos existem placas de "proibido cuspir".

19. Cricket

19.

Futebol que nada, isso é coisa de brasileiro. A paixão nacional é o Cricket.

20. Castas

20.

Até hoje, muitas pessoas acreditam nos sistemas de castas, principalmente nas cidades pequenas. Apenas através do nome é possível saber a qual casta uma pessoa pertence.

E aí? Gostaram dessas diferenças culturais? Conhecem mais algumas? Comentem com a gente!

Próxima Matéria
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+