21 arrepiantes imagens incríveis de olhares ao redor do mundo
Tempo de leitura:1 Minutos, 31 Segundos

21 arrepiantes imagens incríveis de olhares ao redor do mundo

Por meio do olhar, é possível perceber as mais variadas emoções humanas, ainda que eles não sejam acompanhados de nenhuma palavra. Não é à toa que os olhos podem ser considerados a janela da alma para muitos. Um simples registro dos olhos pode ser capaz de provocar reflexões e sensações que algumas palavras não conseguem.

Inspirado por este conceito mundialmente famoso, o fotógrafo francês Réhahn decidiu registrar o olhar de diferentes pessoas que ele conheceu durante viagens por mais de 35 países ao redor do mundo. Natural da Normandia, o fotógrafo vive em Hoi An, no Vietnã. Além de se especializar em fotografar o país em que vive, também é reconhecido por seus trabalhos registrados em outros territórios como Cuba, Índia e Malásia.

Sua especialidade é capturar a alma de seus modelos por meios de seus registros, geralmente bem centralizados e focados nos rostos e olhares deles. Réhahn tem o hábito de passar muito tempo com as pessoas que conhece, para realmente estabelecer uma relação com cada um dos modelos que acabam aparecendo em suas fotografias. Geralmente utiliza sua motocicleta para viajar por tribos e vilarejos, conhecendo pessoas de culturas diferentes e registrando seus olhares.

O projeto Eyes of the World, ou olhos do mundo, em português, capturou os olhares de habitantes de diferentes tribos em suas fotografias. O resultado é uma coleção de olhares profundos e hipnotizantes capazes de provocar arrepios com a as emoções que passam. Naturalmente, sem explicações ou discursos, cada imagem irá transmitir algo bem singular a cada observador, mas a verdade é que, independente do sentimento, fica difícil se manter indiferente e não sentir nada depois de se deparar com este incrível trabalho realizado por Réhahn.

1

4

3

2

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

E aí, o que essas imagens te provocaram? Qual delas foi a sua favorita? Conte a sua opinião para a gente nos comentários.