icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


5 situações em que Pica-Pau assassinou a infância das pessoas

POR A redação EM Curiosidades 28/09/15 às 14h59

capa do post 5 situações em que Pica-Pau assassinou a infância das pessoas

Ok, a gente assume, o tema é polêmico e mexe nostalgicamente com a infância de praticamente todo mundo que chegou a clicar nessa matéria. Mas de antemão já avisamos que hora alguma estaremos fazendo uma apologia contra a animação criada na década de 40 e que arrebatou um sucesso mundial logo de cara.

Tá que sempre soubemos que o protagonista, Pica-Pau, não é nenhuma flor que se cheire, no que se diz respeito à integridade e moralidade. Mas queremos convidá-los à refletir sobre algumas posturas dos roteiristas, diretores e pessoas relacionadas à execução da animação, lhes perguntando se é realmente necessário o uso de alguns dos artifícios abaixo, ainda mais se levarmos em consideração, que o público do desenho é quase que majoritariamente infantil.

Confira esses 5 momentos onde Pica-Pau praticamente assassinou a infância de seus telespectadores:

1- Pica-Pau ensina as crianças a furtarem gasolina

Além de nesse episódio a ave ensinar como furtar a gasolina alheia, a cena inicial é um tanto quanto ainda mais macabra. Ao se deparar com um letreiro dizendo: "Economize gasolina e pneus. Essa viagem é realmente necessária?"

Ele ao recitá-la se declara como um "diabo necessário", e seu semblante se transforma em algo completamente sombrio e soturno.

Veja você mesmo e tire suas próprias conclusões:

2- Pica-Pau "Seu Melhor Duende" (1958)

O pequeno duende representando pelo Pica-Pau em miniatura na cor esverdeada ao longo do episódio faz várias referências ao tinhoso. Inclusive no rodopio inicial de sua apresentação para Pica-Pau, com o sinal de mãos remetendo ao diabo. Pica-Pau manda o duende para o inferno e ele simplesmente vai, e se depara com a figura do demônio.

Confira:

3- 666 e derivados

Crendice ou não, com o intuito de formar histeria coletiva ou não, o desenho é recheado de símbolos que remetam ao número 666, considerado o número da besta na tradição cristã. Com o perdão da imagem de baixa qualidade, temos esse registro:

Não entraremos em mérito algum de religião, mas esse tipo de mensagem é realmente necessário? Isso fica a critério pessoal.

4- Ritual de Voo-Doo

Nesse episódio em questão, a religião Voo-Doo é um destaque desde o início da apresentação da animação. E por mais que ela também tenha nuances positivas, como as propriedades xamânicas e o curandeirismo, o que é explicitado é o lado voltado para a "mão esquerda" da crendice afro-latina:

5- Registros de armas, cigarros e bebidas

Não são em um episódio em si, mas em diversos deles. Pica-Pau, já foi censurado e obrigado a se "adequar" ao seu público-alvo diversas vezes, por conta da incidência de mensagens e contextos visuais um tanto quanto impróprios para tal faixa de pessoas pertinentes a quem sempre assistiu a animação.

É possível constatar uma série de sinais que não seriam legais de se colocar uma criança em plena fase de formação psicológica assistir, ainda mais tendo em vista, a ótica de que ele é o "mocinho" de suas histórias e no final sempre terminar bem.

Já havia notado essa faceta oculta de Pica-Pau? Você acha que esse tipo de mensagem explicitada é adequada ao público ao qual o desenho é indicado?

 


Próxima Matéria
avatar A redação
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest