• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


6 curiosidades polêmicas sobre Simone de Beauvoir

POR A Redação    EM História      27/10/15 às 15h37

Simonde de Beauvoir foi uma importante filósofa francesa, além de escritora, intelectual, ativista política e teórica social. A filosofa viveu entre os anos 1908 e 1986, sendo que nasceu e morreu na cidade de Paris. Um dos seus livros mais famosos é "O Segundo Sexo", publicado em 1949, que analisa a opressão sofrida pelas mulheres. Beauvoir,escreveu vários romances, ensaios monografias, biografias e até uma auto-biografia.

Ao todo, ela publicou cerca de 22 livros e foi a pessoa mais jovem a receber o título Agrégation de filosofia, aos 21 anos de idade. Antes dela, apenas 8 mulheres obtiveram este grau. Além dos seus trabalhos acadêmicos, que eram considerados brilhantes, ela também ficou conhecida por sua vida pessoal, já que vivia um relacionamento com outro filosofo e intelectual, Jean-Paul Sartre. A dupla chocou a sociedade francesa da época com seus ideais de liberdade.

1 - Ela tinha um relacionamento com o filósofo francês Jean-Paul Sartre

satre

Beauvoir e Sartre tinham o que chamavam de "casamento intelectual", eles se relacionavam, mas eram livres para conhecer outras pessoas. Por causa disso, os dois tiveram vários amantes ao longo da vida, muitos deles a três. Apesar disso, Simone e Jean-Paul permaneceram unidos até a morte.

2 - Ela seduzia mulheres para Sartre

si

Sartre se considerava muito feio para conseguir as próprias conquistas, por isso era a sua companheira quem dava uma "ajudinha" na vida amorosa dele. Como o relacionamento dos dois era aberto, ela tentava se aproximar de outras mulheres e seduzi-las, apresentando-as a Sartre em seguida.

3 - Beauvoir e Sartre retratavam as vítimas das suas conquistas em seus próprios livros

livr

Muitos personagens retratados tantos nos livros de Beauvoir, quanto de Sartre, eram pessoas reais, que haviam passado pela vida do casal. Como foi o caso da russa Olga Kosackiewicz, de apenas 17 anos, que foi retratada no livro de Simone "A convidada" (1943). Olga era aluna da filósofa e se envolveu amorosamente com ela e mais tarde com Sartre. A estudante também foi retratada em um dos livros do homem "A Idade da Razão" (1945).

4 - Ela foi apaixonada pelo escritor norte-americano Nelson Algren

nelson

Durante uma viagem realizada a Chicago, Beauvoir se apaixonou pelo escritor norte-americano Nelson Algren, mas o caso não foi apenas passageiro. Quando retornou ao seu país, os dois continuaram mantendo contato. Apesar da paixão fervorosa que sentia por Algren, Simone recusou seu pedido de casamento e optou ficar ao lado de Sartre. No entanto, a escritora usou um anel mexicano que recebeu de presente de Nelson Algren até o fim da vida. No momento de sua morte, enquanto agonizava, pediu para ser enterrada ao lado dele.

5 - Simone e Sartre foram amantes de uma brasileira

cristina

O casal já esteve no Brasil e durante a viagem conheceram a jornalista Cristina Tavares, que acabou se envolvendo com eles. Depois de retornarem a Paris, os três permaneceram trocando correspondência.

6 - O casal permaneceu em suas mansões quando o exército alemão invadiu a França

Paris

Enquanto o exército nazista circulava por Paris, Beauvoir e Sartre permaneceram em suas mansões, sem se posicionarem contra, ao contrário do que se esperava dos intelectuais conhecidos da época. Sartre comprava comida do mercado negro e chegou a retribuir os comprimentos de militares alemães que elogiaram uma peça teatral que escreveu.

Fontes: Estadão, IstoÉ

Próxima Matéria
A Redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+