E quantos horrores de tortura vocês já leram aqui na Fatos Desconhecidos? Alguns exemplos disso são as nossas matérias com as 6 piores torturas e punições que os escravos sofreram no Brasil e quais foram os piores tipos de tortura da Santa Inquisição, e hoje não será diferente, nessa matéria nos iremos mostrar para vocês como eram os métodos de torturas mais cruéis usados na Roma Antiga.

Bom, algumas delas já são bem conhecidas por vocês, outras vão deixar alguns dos nossos leitores um tanto horrorizados com a crueldade das pessoas na hora de torturar os prisoneiros e os motivos pelos quais eles torturavam. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com os 6 métodos de tortura mais cruéis da Roma Antiga:

1 - Crucificação

1

Uma das maneiras de tortura preferidas em Roma, onde os escravos condenados ficavam pelados e eram açoitados. Na hora de crucificar, os pés e mãos era cravados na cruz e eles deixavam os escravos morrerem lentamente. Para ser um pouco mais cruel, alguns preferiam crucificar os escravos de cabeça para baixo.

2 - Enterrados vivos

Publicidade
continue a leitura

2

Se uma mulher quebrava o voto de castidade, como a sacerdotisa Rubria, eram castigadas de um jeito muito cruel e bizarro. Essas pessoas eram enterradas em cavernas minúsculas, e ficavam lá até morrer de fome e de sede. Os homens que morriam desse jeito era perfurados por estacas antes, para que sofressem com os machucados.

3 - Membros sexuais atados

1

O imperador Tibério tinha algumas lendas, e uma delas é que ele chamava seus inimigos para beber vinho, os deixava bêbados e depois amarrava seus genitais com tanta força que eles não conseguiam urinar. Depois de um tempo, a inflamação na bexiga lhes causava dores insuportáveis.

Publicidade
continue a leitura

4 - Virar comidas para porcos

1

Esse método era atribuído ao Papa Gregório I, onde ele torturava às jovens da cidade de Heliópolis que perdiam a virgindade antes do casamento. Depois de serem despidas em público, ter as barrigas rasgadas, elas eram preenchidas com cevadas para servirem de alimento para porcos selvagens.

5 - Caldeirão

2

Publicidade
continue a leitura

Essa tortura se baseia em amarrar a pessoa e colocar sobre sua barriga um caldeirão com algum animal faminto dentro, que geralmente eram roedores. Depois, o carrasco colocava uma chama por fora do caldeirão para deixar o animal completamente desesperado. Sendo assim, o animal abria caminho pelo único lugar possível de sair, as estranhas do condenado.

6 - Cesta de abelhas

1

Uma bizarra forma de tortura envolvia colocar uma pessoa pelada dentro de uma cesta e amarrá-la a uma árvore com colmeias. A partir daí, as abelhas eram irritadas e atacavam a pessoa presa na cesta, que podia até morrer com as picadas. Os condenados sofriam com dores por horas, salvo casos em que as vítimas morriam rapidamente em razão de alergias às picadas das criaturas agressivas e provocadas.

E aí, caros leitores, qual desses métodos vocês acharam o mais cruel? Comentem!

Publicado em: 28/12/16 16h09