7 animais que são o verdadeiro 'patinho feio' da sua espécie

POR Isabela Ferreira    EM Mundo Animal      13/12/17 às 13h33

O mundo animal é realmente surpreendente, não é mesmo? Os animais habitam esse planeta há muito mais tempo que os humanos e já foram capazes de se adaptar e sobreviver a inúmeros desastres. Ao longo dos anos, passamos a nos tornar bem mais curiosos sobre a existência das espécies, fazendo com que grandes estudos acerca do reino animal começassem a ser desenvolvidos.

Atualmente já temos um grande acervo de descobertas. Dentre elas, também fomos capazes de descobrir espécies raras, ou até mesmo aqueles animais especificamente raros. Neste último caso, podemos chamá-los de "patinhos feios", não por possuírem beleza inexistente, mas sim por serem exceções na espécie. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo alguns animais com tais características... Dá uma olhada!

1 - Pavão branco e azul

Os pavões são animais realmente esplendorosos. Seria até possível dizer que compõem a espécie de aves mais bonitas do mundo. No caso dos machos, é comum que tenham suas penas longas e brilhantes, tudo para conseguirem atrair as fêmeas. Quando eles as exibem, são capazes de conquistar não apenas elas, mas até mesmo qualquer humano que observe. No entanto, o pavão acima representa um caso raro. Ele possui um tipo de albinismo, mesclado com a coloração de uma ave normal. Não é impressionante?

2 - Lagosta bicolor

Bom, com certeza esse é um daqueles animais que condizem com o ditado: "você é um em um milhão". É bem provável que você nunca tenha visto uma lagosta bicolor, e também é provável que veja apenas essa, por meio de uma foto. Ela foi encontrada acidentalmente por um pescador. É comum que lagostas de duas cores sejam hermafroditas, apresentando um órgão sexual de cada lado. No entanto, existe uma ainda mais rara: a lagosta branca.

3 - Canguru albino

Os cangurus são animais realmente incríveis. Por viverem predominantemente em território australiano, despertam a curiosidade de pessoas de todo o mundo, que possuem vontade ao menos chegar perto de um. Naturalmente, a pelagem em tom marrom ou acinzentada, permite que se camuflem em meio ao terreno ou que simplesmente não sofram tanto com as ações do sol. No caso do canguru albino, se torna muito mais vulnerável à queimaduras, visto que sua pele é muito frágil. Parecem enormes ratos de laboratório, não acha?

4 - Cervos brancos

Não, por incrível que pareça, esses animais não são albinos. São realmente uma exceção na espécie, verdadeiros "patinhos feios". Embora não carreguem o albinismo, possuem um conjunto de genes recessivos, fazendo com que sua pelagem tenha a cor branca. Entre os poucos já vistos, há um grupo deles vivendo em no Condado de Seneca, em Nova York. São os mais protegidos, visto que sua pelagem os torna mais propensos a ataques de predadores, por se destacarem mais que o restante da espécie.

5 - Zebra e o melanismo

Enquanto vemos muitos casos de albinismo por aí, pouco se fala no melanismo. É algo que também afeta os animais, fazendo com que tenham excesso de melanina no corpo. Desta forma, possuem alguns membros mais escuros que outros, ou até mesmo o corpo todo. É bem provável que você nunca tenha visto uma zebra assim, por exemplo. Observe o quanto ela se difere da mãe.... Um caso bastante raro, mas que ainda pode ser admirado.

6 - Lagartos e o melanismo

E para provar que o melanismo também pode atingir por completo o corpo dos animais, observe esses pequenos lagartos. São bastante raros, o que torna muito mais difícil encontrar algum deles que tenha tal característica. Mas vale lembrar que esse tipo de pigmentação não provoca nenhum tipo de dano aos animais, apenas os tornam ainda mais exóticos. Impressionante, não acha?

7 - Hipopótamo rosa

A natureza é realmente impressionante, concorda? Um hipopótamo rosa foi encontrado a pouco mais de dois anos no Quênia. É um animal extremamente raro. Ele possui uma rara condição chamada leucismo, fazendo com que sua pigmentação tenha níveis mais baixos que o normal. Parece ser albinismo, mas definitivamente é algo diferente.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+