icone menu logo logo-seriesesagas.png


7 atores que odiaram a morte de seus personagens

POR Letícia Dias EM Séries e Sagas 15/09/20 às 14h37

capa do post 7 atores que odiaram a morte de seus personagens

Se tem uma coisa que aprendemos ao observar a indústria do entretenimento é que é impossível agradar todo mundo. No entanto, isso não significa que temos de nos contentar com qualquer coisa. Inclusive, é extremamente importante expressarmos insatisfações e críticas construtivas sempre que possível, mas com moderação, lógico. Assim, um dos principais responsáveis por polarizar opiniões do público é o desfecho de certas narrativas. Não adianta nada uma série ou filme ser excelente ao longo de seu desenvolvimento e ter um encerramento insatisfatório. Contudo, você já parou para se perguntar como os atores lidam com essa conclusão? Aliás, como eles lidam com a experiência de descobrirem que os personagens que interpretam vão morrer?

Bom, essa é uma boa pergunta. É óbvio que as reações variam de acordo com a pessoa e com a situação. Contudo, nessa lista em específico, resolvemos compilar alguns astros que se sentiram insatisfeitos ou decepcionados com a morte de seus personagens. Você pode conferir as polêmicas logo abaixo.

7 - Conleth Hill, Lorde Varys em Game of Thrones

Game of Thrones é conhecida por suas mortes controversas, então era de se esperar que houvesse um ou dois interpretes da série nessa lista. Seguindo as expectativas, abrimos essa seleção com Conleth Hill, o famoso Lorde Varys. Embora tenha se mostrado um dos maiores estrategistas por trás do jogo dos tronos, Varys encarando um belo "dracarys!" no penúltimo episódio de GOT. Após ter sido sido acusado de traição por Daenerys, o Aranha pereceu sob as chamas de Drogon bem antes do resto da população de Porto Real.

Pois bem, após a conclusão da série foi lançado o documentário The Last Watch, responsável por mostrar os bastidores de GOT. Surpreendentemente, em uma das cenas vemos que ao saber da morte de Varys, Hill descarta seu roteiro com desdém, cruza os braços e parece incrivelmente decepcionado. Não podemos julgá-lo, né? Contudo, posteriormente ele falou sobre o momento que acabou viralizando nas redes sociais. Em uma entrevista para a EW, Hill contextualizou seus sentimentos no momento.

"Eu levei isso para o lado pessoal. Eu levei isso como pessoa, não como ator ou artista. Eu entendi as reações de atores anteriores que estavam na mesma posição muito mais do que eu na época. Você não pode evitar sentir que você falhou de alguma forma, que não correspondeu a alguma expectativa que não conhecia", compartilhou o ator. Segundo ele, é impossível deixar de pensar que seu trabalho foi insuficiente de alguma forma.

6 - Vincent Ward, Oscar em The Walking Dead

Juntamente com Game of Thrones, The Walking Dead conta com uma enorme lista de personagens mortos. Inclusive, dentre os vários nomes, encontramos Oscar, um prisioneiro que sobreviveu ao surto inicial e rapidamente se tornou um favorito dos fãs. Entretanto, infelizmente, Oscar só participou de sete episódios da terceira temporada. Sua morte aconteceu durante uma tentativa de infiltrar Woodbury, onde ele foi letalmente ferido. Como resultado disso, Maggie (Lauren Cohan) não teve outra opção que não atirar em sua cabeça para impedi-lo de reviver.

Os fãs ficaram um tanto quanto insatisfeitos com essa decisão. Além deles, Vincent Ward, interprete de Oscar, também compartilhou sua decepção. "Eu nem sabia que iria ser morto. Eu fiquei chateado. E o motivo disso foi porque ninguém me avisou. Eu estava maquiado e vi um roteiro ali, peguei o roteiro e a primeira coisa o que você faz é procurar seu nome. Cheguei ao final e dizia: 'Oscar morre'. Eu fiquei tipo, 'O quê ?!' Peguei o roteiro e simplesmente joguei no chão", disse Ward.

Apesar de hoje o ator garantir que não guarda rancor, ele partilha dos sentimentos e Hill. Visto que havia conseguida uma boa recepção diante dos fãs, Ward acreditou que seu personagem teria mais oportunidades.

5 - Stephen Amell, Oliver Queen em Arrow

Durante o recente evento Crise nas Terras Infinitas, o maior crossover da CW até então, testemunhamos a morte de Oliver Queen, o Arqueiro Verde. Desempenhando sua função de super-herói, Queen se sacrificou para salvar o mundo. Contudo, parece que Stephen Amell não gostou nadinha do fim de seu personagem. Posteriormente, em uma participação no podcast Inside of You de Michael Rosenbaum, ele detalhou seus problemas com a cena da morte de Oliver.

Segundo o ator, a cena de morte de seu personagem foi uma bagunça total, onde eles tentaram incluir Caity Lotz e Grant Gustin de forma aleatória. Do ponto de vista de Amell, o crossover como um todo conta com problemas em outras cenas. "Há muitas cenas em que estou atuando e simplesmente não há outros atores lá, e essa não é uma maneira aceitável de criar o melhor produto na minha perspectiva. Acho que é um pouco desrespeitoso com os atores e seus processos, falando pessoalmente".

Além de Amell, fãs e críticos consideraram a morte de Queen nada satisfatória. Foi uma despedida decepcionante para o personagem tão amado.

4 - Kevin Spacey, Frank Underwood em House of Cards

House of Cards foi o primeiro grande sucesso da Netflix e dentro da série é possível encontrar Kevin Spacey como o implacável político democrata Frank Underwood. Ao longo das cinco primeiras temporadas da série, Spacey apresentou uma performance frequentemente aclamada. Contudo, uma avalanche de alegações de má conduta sexual afundou sua carreira da noite para o dia.

Buscando se distanciar da polêmica situação de Spacey, a Netflix rapidamente suspendeu a produção na sexta temporada de House of Cards. Em seguida, o roteiro foi reescrito e desenvolvido para matar Frank e passou a se concentrar em sua esposa, Claire (Robin Wright). Embora as reações à morte de Frank tenham sido divididas, Spacey postou um vídeo logo após a sexta temporada ir ao ar. No material em questão, ele incorporou Frank e expressou um desdém nada sutil pela forma como ele foi morto.

Spacey também pontuou que os fãs nunca viram Frank morrer e, como resultado de sua ausência, eles foram privados de uma conclusão adequada para a série. De qualquer forma, é certo que a Netflix tomou a única decisão viável sob as circunstâncias que lhe foram dadas.

3 - Isaac Hayes, Chef em South Park

O Chef Jerome McElroy, originalmente dublado por Isaac Hayes, morreu logo na estreia da décima temporada de South Park. Embora controversa, sua morte foi simultaneamente chocante e hilária. Segundo rumores, a saída de Hayes da animação está ligada a sua oposição à forma como Matt Stone e Trey Parker queriam representar a Cientologia. Visto que Hayes é adepto da crença, ele não se sentiu confortável com a satirização da mesma. Sendo assim, seu personagem acabou sendo morto de uma forma extremamente humilhante e seu diálogo foi remendado a partir de gravações pré-existentes.

Posteriormente, Hayes acabou sofrendo um derrame e perdendo a capacidade da fala. Contudo, de acordo com seu filho, Isaac Hayes III, a saída do interprete de Chef não foi nada amigável. Stone e Parker, criadores de South Park, criticaram Hayes na época, descrevendo sua saída como hipocrisia. No entanto, Hayes III afirmou que seu pai "não era tão hipócrita para fazer parte de um programa que constantemente zombava de afro-americanos, judeus, gays - e só desistiu quando se tratou de Cientologia. Ele não seria tão hipócrita".

2 - Lena Headey, Cersei em Game of Thrones

Se Conleth Hill pareceu insatisfeito com a morte de Varys, Lena Headey também não se conteve ao discutir a morte de sua personagem Cersei Lannister. Assim como Varys, a rainha também foi morta no penúltimo episódio da série. Embora muitos aguardassem ansiosamente a morte de Cersei, a mesma acabou acontecendo de uma forma inimaginável e decepcionante. Em suma, a Fortaleza Vermelha desabou sobre ela e seu irmão Jaime.

Visto que Cersei era uma das personagens mais complexas e elaboradas da série, seu fim deveria ter sido equivalente, mas não foi. Cersei morreu sem oferecer qualquer tipo de luta ou resistência, algo que foge de seu feitio. Isso não passou despercebido por Headey que se mostrou explicitamente insatisfeita.

"Eu queria uma morte melhor. Obviamente, você sonha com sua morte. Você poderia morrer de qualquer maneira naquela série. Então eu estava meio decepcionada. Eu queria que ela tivesse alguma grande parte ou brigasse com alguém", compartilhou a atriz.

1 - John Fiore, Gigi Cestone em Família Soprano

Assim como Tywin Lannister, Gigi Cestone, interpretado por John Fiore em Família Soprano, morreu no banheiro. Contudo, ao invés do patriarca da Casa Lannister, o mafioso não foi assassinado. Na verdade, Cestone foi vítima de um ataque cardíaco fulminante durante a terceira temporada do programa.

Fiore ficou arrasado não só com a notícia de que Gigi iria morrer, mas também pela forma que seu personagem se despediu da série. Segundo o ator, ele chegou a ligar para o criador da série e implorar pela vida de seu personagem. "Eu aceitei isso como uma morte. Eu implorei [ao criador David Chase], eu fiz, eu implorei pela minha vida. Ele me disse que era uma ligação que ele odiava, mas jurou não sacrificar o plano mestre por um personagem, não importa o quanto ele gostasse dele. Eu não acreditei nele, mas foi o que ele disse", compartilhou Fiore.


Próxima Matéria
Via   WhatCulture  
Imagens HBO Netflix CW
avatar Letícia Dias
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest