Infelizmente, há o pensamento de que a história foi feita por grandes homens, em grandes poderes. Eram eles quem decidiam as coisas, assinaram os documentos importantes e lideraram as guerras. No entanto, as coisas não são bem assim. Apesar de diversos obstáculos, existem várias mulheres brasileiras que ocupam lugares de destaque na história do nosso país. Essas, jamais devem ser esquecidas, justamente por causa dos seus feitos. Algumas contribuíram para a dramaturgia, como é o caso da grande atriz Fernanda Montenegro, enquanto outras se destacaram na medicina, como Nise de Silveira ou até mesmo no setor empresarial, vide Luiza Helena Trajano (Magazine Luiza).

Não dá para negar que a nossa história foi escrita também por mulheres incríveis. E foi pensando um pouco nisso, que decidimos trazer essa matéria mais do que especial para você, caro leitor. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou algumas brasileiras que se destacaram na vida por estarem à frente do seu tempo. Se você se lembra de alguma outra que não listamos aqui, manda pra gente nos comentários aí embaixo. Agora, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

Brasileiras que fizeram história

1 - Chiquinha Gonzaga

Chiquinha Gonzaga nasceu no ano de 1847, no Rio de Janeiro. Precisou enfrentar uma sociedade onde os direitos femininos ainda eram bastante restritos. Tudo isso para se dedicar à música e viver um novo amor. Resolveu deixar o marido e, logo, uma vida cheia de privilégios. Chiquinha enfrentou grandes preconceitos, mas ainda compôs temas como Ó Abre Alas, que certamente trouxeram elementos da música brasileira como conhecemos hoje. Ela foi uma das primeiras brasileiras a viver profissionalmente da música no País. Ainda se engajou em causas sociais, trabalhando com afinco para a abolição da escravatura.

2 - Tarsila do Amaral

Publicidade
continue a leitura

Tarsila foi uma das brasileiras com maior destaque da história. Vinda de uma família abastada de São Paulo, teve oportunidade de estudar fora ainda na adolescência. Aos 16 anos, foi para a Europa estudar pintura. Desde então, tornou-se uma espécie de "desbravadora". A pintora ficou conhecida por destacar, em seu trabalho, aspectos populares, paisagens e traços muito brasileiros. Além de tudo, Tarsila não hesitou em deixar para trás um casamento infeliz em 1920 e procurou por novos amores.

3 - Ruth de Souza

Ruth faleceu em 2019, mas deixou um grande legado. A atriz carioca nasceu em 1921 e é conhecida por ser a primeira dama negra do teatro, tendo estreado o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, menos de 60 anos após a abolição da escravatura. Desde então, conseguiu grandes papéis de destaque, além de conseguir bolsa para estudar Artes Cênicas em Harvard. Ao longo de sua vida, construiu um currículo no teatro, cinema e televisão.

4 - Nise da Silveira

Publicidade
continue a leitura

Nise da Silveira foi uma médica psiquiatra revolucionária. Foi a responsável por humanizar o tratamento em centros psiquiátricos. Nise nasceu em 1905, em Maceió e estudou na Faculdade de Medicina da Bahia. Ela foi a única mulher entre os formandos de sua turma. Na sua época, os pacientes psiquiátricos eram confinados e tratados de forma questionável. Desta forma, ela se sentiu na obrigação de encontrar uma maneira de reabilitar as pessoas. Foi criadora do "Museu de Imagens do Inconsciente", tendo sido também pioneira nas pesquisas sobre os efeitos da relação dos pacientes com os animais de estimação. Além disso, a brasileira foi a primeira profissional da área a utilizar a psicologia junguiana no Brasil.

5 - Cora Coralina

Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, ou melhor, Cora Coralina, nasceu em Goiás, em 1889. Quando precisou ir à escola, seus pais decidiram que ela seria educada em casa. Cora, então, cursou apenas os primeiros anos do primário. O curioso é que a escritora publicou o seu primeiro conto quando tinha apenas 14 anos de idade. Ela dividiu sua vida entre a profissão de doceira e seus trabalhos no mundo das letras. Com 76 anos, decidiu publicar pela primeira vez seus escritos (Poemas dos Becos de Goiás e estórias mais).

6 - Rita Lee

Publicidade
continue a leitura

Rita, a rainha do rock brasileiro está aposentada dos palcos após um grande percurso na música. A cantora nasceu em 1940 e mostrou, em suas músicas, em sua atuação e shows, que lugar de mulher é onde ela quiser. Ao lado dos Mutantes e de Gilberto Gil, Lee causou furor no 3º Festival de Música Popular Brasileira da TV Record. Isso, quando introduziu de vez por todas a guitarra na nossa MPB e ao se apresentar com um look peculiar. Lee é uma verdadeira lenda.

7 - Fernanda Montenegro

Fernanda tem história! Seu nome verdadeiro é Arlette Pinheiro Esteves da Silva, nascida em 1929, no Rio de Janeiro. Fernanda iniciou sua carreira no rádio ainda jovem. No começo dos anos 1950, fez sua estreia no teatro. Seu reconhecimento veio logo, com a peça A Moratória. Desde então, a atriz não parou mais. Com sua impecável atuação em Central do Brasil, de 1998, foi a primeira e até hoje a única atriz indicada a um Oscar.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Publicado em: 02/10/20 13h19