7 cachorros que sacrificaram a vida por seus donos

POR PH Mota    EM Mundo Animal      16/12/16 às 16h44

Muitos defendem que o melhor amigo do ser humano não é nenhum ser de nossa própria espécia, mas sim encantadores animais de quatro patas: os cachorros. É comum que eles sejam percebidos e tratados como membros da família de quem tem algum em casa.

Alguns cães dedicaram suas próprias vidas para salvar os humanos que eles amavam como forma de retribuição. São histórias que envolvem o último sacrifício das criaturas, desde a disputa com objetos e máquinas a conflitos com outros animais.

Conheça a história destes verdadeiros heróis que foram até o limite da vida para proteger seus donos e amigos humanos.

1 - Simon, o cão-guia

1

Em setembro de 2013, um deficiente visual levava seu filho de apenas quatro anos para a escola quando um veículo na rua ignorou uma sinalização de pare e atravessou um cruzamento. Tudo poderia estar perdido para Dave Furakawa e seu filho não fosse pelo cão-guia do homem. De acordo com testemunhas, o cachorro Simon empurrou o garoto e seu pai, sendo atingido no lugar dos donos. O garoto ficou ileso, Dave quebrou a perna e sofreu alguns ferimentos enquanto o cachorro acabou morrendo antes de chegar no veterinário, assim que o menino chegou em casa em segurança.

2 - Gander, o cachorro de guerra

2

Gander foi cachorro que serviu com soldados canadenses durante a Segunda Guerra Mundial. Em dezembro de 1941, na mesma semana do ataque a Pearl Harbor, a unidade de Gander foi enviada para Hong Kong, para defender o território dos japoneses. Em duas ocasiões, Gander atacou tropas inimigas que avançavam na direção de seu exército, salvando a vida de tropas feridas. Numa terceira ocasião, uma granada foi lançada em sua unidade e Gander a levou para longe, morrendo com a detonação da arma. Desde a sua morte, ele recebeu diversas honras e homenagens do exército canadense.

3 - Rocco, o cão policial

3

Em janeiro de 2004, o Delegado John Herb encontrou um homem suspeito numa das ruas de Pittsburgh, nos Estados Unidos. O homem atacou o policial e conseguiu fugir. Mais tarde, ele foi encontrado num porão nos arredores do local. Durante a fuga, o criminoso forjou uma faca, que utilizou para atacar um dos policias e o cachorro. O animal passou por duas cirurgias e múltiplas transfusões de sangue, mas desenvolveu pneumonia, sofreu com sangramentos internos e morreu dois dias depois. O cachorro foi enterrado com honras e homenagens e inspirou uma lei que carrega o seu nome. Agredir um cão policial agora pode levar a 10 anos de prisão e uma multa de até US$ 25 mil.

4 - Nero

4

Quando um incêndio atingiu a residência da família Eliseo, em Nova York, o cão Nero acordou a mãe Maria e sua filha Marie. A mulher, no entanto, se escondeu num dos quartos da casa por ter dificuldade para fugir por conta da recuperação de uma cirurgia no quadril até que foi resgatada pelos bombeiros. Segundo a mulher, ela nunca teria percebido o fogo se não tivesse sido alertada pelo cachorro. A princípio, a família achou que o animal também tinha escapado, mas as cinzas do animal foram encontradas com os destroços da casa.

5 - Troy

5

A família Doherty estava de passeio num parque florestal na Irlanda do Norte com seus quatro Labradores quando foram atacados por um pitbull. A princípio o pitbull atacou um dos cães, mas quando os donos tentaram salvar o animal, também foram atacados. Quando a criatura foi para cima do menino mais novo, de apenas 10 anos, um dos labradores, Troy, se antecipou para lutar. O animal ficou gravemente ferido e morreu logo em seguida, mas garantiu que as crianças ficassem em segurança.

6 - Toby

6

Em algumas regiões da América do Norte, é comum que ursos pardos apareçam perto de residências e comunidades. Em maio de 2014, Chris Wacker passeava com seu labrador Toby quando se deparou com dois filhotes de ursos em seu caminho. Imediatamente, o cão Toby partiu para cima das criaturas num conflito. A batalha não deu nenhuma chance ao cachorro, mas permitiu que seu dono, Chris, escapasse com segurança. Dez minutos mais tarde, Toby ainda conseguiu voltar para casa, completamente ferido, e foi levado ao veterinário, onde ainda sobreviveu por alguns dias, mas não resistiu.

7 - Chief

7

Os pitbulls podem ser considerados uma das raças perigosas e agressivas por muita gente, mas educados da forma apropriada, os animais se tornam corajosos, leais e protetoras. No caso de Chief, sua devoção se provou quando uma cobra invadiu a casa de Maria Frontreras, nas Filipinas, ameaçando a mulher e sua avó. A cobra estava em condição de matar as duas mulheres com facilidade, mas o cachorro atacou o animal até que provocasse sua morte. Durante o processo, no entanto, a cobra também conseguiu atacar o cachorro, que não resistiu ao veneno e morreu.

Se emocionou com as histórias? Qual delas você achou mais impressionante? Conte para a gente nos comentários.

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+