• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 casos mais insanos de histeria coletiva

POR Lucas Curado    EM Mistérios & Horror      18/01/18 às 16h13

Histeria coletiva é a palavra utilizada para "explicar" um fenômeno que envolve um grande número de pessoas que sofrem de sintomas similares, porém sem explicação. Na história temos vários exemplo de estérias, algumas mais bizarras que as outras. O gatilho de uma histeria coletiva pode ser um nível de tensão muito alto na sociedade.

Todavia, o termo também é utilizado para explicar "doenças fantasmas" e fenômenos inexplicáveis. Uma histeria coletiva se identifica por um distúrbio psicológico e comportamental em um grupo de pessoas. Em vários casos, esses comportamentos são estranhos e até antigamente relacionados com o sobre natural.

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você alguns casos de histeria coletiva que vão te deixar sem entender o que exatamente está acontecendo. Por mais espantoso e absurdo que pareça, esse tipo de coisa pode acontecer. Um dos maiores exemplo é o pânico de 1938, onde pessoas acharam que a Terra estava sendo invada por alienígenas. Conheça hoje 7 casos mais insanos de histeria coletiva.

1 - Mar de água "doce"

Em Mumbai no ano de 2006, muitos devotos hindus começaram a acreditar sem nenhum motivo que as águas do rio Mahim estavam "bebíveis" de novo. Não só isso, como as águas do mar da praia de Teethal também. Várias pessoas começaram a recolher frascos com as águas, mesmo que o rio Mahin seja conhecido como um dos rios mais poluídos do mundo, devido a enorme quantidade de esgoto lançada em suas águas. Bem, antes que o governo começasse a ficar mais preocupado do que já estavam, a histeria terminou.

2 - Epidemia de riso

Tudo começou em 1962 em uma escola de uma aldeia na Tanzânia. Um grupo de alunos que moraram em uma pequena aldeia começaram a rir. A risada "contaminou" outras pessoas e logo a aldeia inteira estava rindo. O riso foi se espalhando para toda área da região, até que finalmente, entre 6 e 18 meses, o fenômeno bizarro acabou.

3 - Histeria na fábrica

Aparentemente 1962 foi um ano bem histérico em uma fábrica de têxteis americana. Algumas pessoas começaram a ficar doentes e culparam um misterioso inseto. De acordo com os funcionários, quem o inseto picava ficava doente. A notícia se espalhou de forma tão rápida que 62 funcionários ficaram doentes, sem nem mesmo haver o tal inseto. Eles sentiam náuseas, tonturas, vômitos e dormência e foi constatado que isso foi uma histeria.

4 - A mulher tóxica

Glória Ramirez foi apelidada pela mídia de "A mulher tóxica" devido um incidente em um hospital. Ela possui um condição onde seu sangue possui um cheiro "afrutado" e por algum motivo, todo mundo que atendia ela desmaiava ou passava mal... Eles relacionaram isso com o cheiro, pois após ser feita uma investigação, todos os médicos e enfermeiras estavam normais. A conclusão foi que o que ocorreu se tratava de uma histeria coletiva.

5 - A guerra dos mundos

Em 1938, o famoso Orson Welles narrou e interpretou em uma rádio uma adaptação para A Guerra dos Mundos. A consequência foi um pânico geral de pessoas que realmente acreditaram que o mundo estava sendo atacado por alienígenas. Ruas ficaram congestionadas e pessoas entraram em pânico. Nesse dia a polícia foi acionada diversas vezes sem motivo.

6 - Cuidado que some!

Essa é bem bizarra. Em 1967, em regiões da África e Ásia, houve uma histeria coletiva onde vários homens começaram a acreditar que seus pênis estavam encolhendo e iriam desaparecer. Sim, simplesmente isso! Na época vários casos foram relatados de pessoas amarrando seus orgãos com barbantes, fios e até usando agulhas para não deixaram o "dito cujo" encolher até sumir.

7 - Dança da Morte

Em 1518 na França, uma mulher começou dançar loucamente no meio da rua. Não havia música nem nada, e mais pessoas começaram a dançar com ela. No terceiro ou quarto dia, ela havia morrido de exaustão, e as pessoas continuaram dançando. Passou-se um mês e já havia 400 pessoas na dança da morte. O fenômeno durou meses e nesse tempo várias morreram de exaustão, ataque cardíaco e derrames. Esse fenômeno foi chamado de "A praga da dança".

Próxima Matéria
Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+