icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 coisas assustadoras que estão acontecendo na China

POR Bruno Dias EM Curiosidades 16/01/20 às 15h12

capa do post 7 coisas assustadoras que estão acontecendo na China

República Popular da China, também conhecida simplesmente como China, é o maior país da Ásia Oriental. Além disso, a China é o mais populoso país do mundo, com mais de 1,38 bilhão de habitantes, quase um quinto da população da Terra. Além de ser o mais populoso do mundo, o território chinês é o terceiro maior do mundo em extensão territorial, com pouco menos de 9,6 milhões de quilômetros quadrados, atrás apenas da Rússia e do Canadá.

O país é milenar e bem bonito, mas exitem várias coisas bizarras que acontecem dentro do país que prejudicam a sua própria população. Pode até prejudicar a comunidade internacional e até mesmo os líderes. Mostramos aqui algumas dessas coisas assustadoras que estão acontecendo na China.

1 - Produtos farmacêuticos falsos

O governo chinês fez uma investigação em seus medicamentos mais recentes, em 2016. O foco foi nos produtos que estavam aguardando aprovação. Essa análise foi feita em 1.622 ensaios clínicos e outros dados como documentação de aplicação, ingredientes e cronogramas de criação dos medicamentos.

Os resultados mostraram que mais de 80% dos dados eram fraudulentos. As informações foram distorcidas até que elas provassem que os medicamentos funcionavam. E outras informações estavam incompletas, ou nem estavam nos relatórios.

Não que seja uma justificativa, mas os funcionários do setor farmacêutico têm uma pressão muito grande, para fazerem um trabalho inovador ou então são demitidos. E talvez por isso, acabem falsificando informações.

2 - Inimigo do presidente

Várias coisas são bloqueadas na China, coisas que podem parecer inocentes para o resto do mundo. Em 2017, o Ursinho Pooh foi censurado. O desenho foi proibido porque os cidadãos começaram a compará-lo com o presidente Xi Jinping.

O ursinho foi banido de todas as mídias sociais chinesas e os adesivos dele foram tirados dos aplicativos de bate-papo. Em 2015, uma imagem de Pooh aparecendo em um teto de um carro de brinquedo foi censurada na China. Porque lembrava Xi de pé em um carro de desfile.

3 - Lista misteriosa BreedReady

Em 2019, um pesquisador holandês encontrou um banco de dados chines assustador. Qualquer pessoa podia ter acesso a ele e nele tinham informações privadas de 1,8 milhão de mulheres chinesas. Além de dar o telefone e endereço dessas mulheres, a lista ainda as atribuía um status de "breedready", que traduzido quer dizer "pronta para ter filhos".

Algumas pessoas especularam a tradução da palavra. O banco de dados foi escrito em inglês e um chinês pode ter feito a palavra ser traduzida de forma errada. Talvez seria uma lista simplesmente para mostrar mulheres, que estavam em idade fértil. Mas esse banco de dados foi retirado do ar, assim que o pesquisador holandês colocou a informação para o mundo.

4 - Reencarnação obedece leis

O homem, de 83 anos, foi escolhido para ser Dalai Lama aos dois anos de idade. E nos últimos 60 anos, ele viveu na Índia depois de fugir dos chineses no Tibete. E recentemente, Pequim disse que a reencarnação de Lama deve cumprir suas leis.

Isso é chamado de "Novos Regulamentos sobre Assuntos Religiosos e Regras para a Gestão da Reencarnação dos Budas Vivos Tibetanos", e diz que a China tem o direito de aprovar a seleção da criança que será o próximo Dalai Lama. Isso seria perigoso porque o sucessor estaria sob o controle do Partido Comunista da China.

5 - Sistema de crédito

O governo chinês implementou, em 2018, um projeto de vigilância e controle populacional diferente de tudo o que já foi visto. O chamado "Sistema de Crédito Social" é uma pontuação atribuída a todos os cidadãos e empresas.

A pontuação é aumentada com atos, como pagar contas em dia, colocar coisas certas nas lixeiras de reciclagem, fazer caridade, entre outras coisas. Os benefícios que essas pessoas têm são taxas mais baratas nas viagens, melhor crédito e esperar menos nos hospitais. Mas existem pessoas que dizem que esse sistema é para "dificultar que os desacreditados deem um único passo".

6 - Guardando vírus letal

Desde o surgimento da gripe aviária H7N9, na China, em 2013, foi concordado com os EUA que amostras seriam regularmente fornecidas. Inicialmente, a China compartilhou as novas cepas e todos os resultados. Mas com o tempo a comunicação se deteriorou, até que parou.

Mas essa recusa é um desastre porque o H7N9 tem uma taxa de mortalidade de 40%. E os cientistas americanos precisam entender esse vírus para que consigam proteger as pessoas dessa pandemia. Mas desde que a comunicação parou, o mundo inteiro corre o risco de um surto.

7 - Comércio aterrorizante de órgãos

A China tem um grande número de pacientes, que precisam de transplante de órgãos, mas não existem doadores suficientes. Em 2016, cerca de 640 órgãos foram transplantados. Um tanto normal, até que se veja os reais fatos.

Essas operações aconteceram em 10 dias. Foram listados 30 doadores. Mas esse número é impossível por causa das 21 partes do corpo. No passado, o país tirava os órgãos de prisioneiros sem permissão dos mesmos. De acordo com a China, eles abandonaram esse hábito. Mas testemunhas disseram que essa prática ainda estava ativa.


Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens Listverse
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest