• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas encontradas fora do lugar impossíveis de acreditar como foram parar lá

POR Isabela Ferreira    EM Curiosidades      17/10/17 às 16h30

Vivemos falando aqui que nosso mundo é cercado por mistérios. A própria existência humana continua como um enigma que alguns acreditam já ter a resposta, mas questionamentos sempre aparecem. O fato é que existem muitas coisas que aparentam ser impossíveis de acontecer, mesmo assim acontecem. Não existem explicações do porque cada coisa está em tal lugar, ou porque funciona de tal forma.

As vezes acabamos descobrindo, mas nem sempre. Somos movidos pela curiosidade, mas é bem provável que nunca seremos capazes de descobrir a resposta para tudo nessa vida. Ao longo de nossa história, muitas coisas foram encontradas em lugares que supostamente eram impossíveis, e pensando nisso, separamos alguns desses casos abaixo. Confere aí!

1 - Peixe pré-histórico extinto, encontrado vivo dentro de um barco de pesca

Foi em dezembro de 1938 que Marjorie Courtenay-Latimer, um dos responsáveis pelo Museu de História Natural de Londres, se deparou com algo surpreendente. Um pescador havia capturado algumas espécies de tubarões e peixes e decidiu ligar para Latimer, na expectativa de alguma das espécies pudesse ser levada para exposição no museu.

Ao chegar no local, o homem teve uma enorme surpresa. Realmente encontrou algo que o interessava muito: um celacanto. Nada mais é do que uma espécie de peixe que está extinta há cerca de 70 milhões de anos... Ninguém no mundo poderia pensar em encontrar um desses.

Com a ajuda de um colega, Latimer pôde comprovar que se tratava do peixe pré-histórico. Depois da descoberta, outros acabaram sendo encontrados. O fato é que os peixes habitam as mais profundas águas dos oceanos, por isso acreditava-se que estavam extintos. No entanto, ainda são bastante raros e as dúvidas se continuam existindo ou não, são reais.

2 - Cálice de 1.600 anos com nanotecnologia

A nanotecnologia é tudo do que temos de mais inovador atualmente. O Museu Britânico recebeu na década de 1950, o Lycurgus Cup, que nada mais é que um cálice feito há muitos anos. O que não conseguiam entender de forma alguma, é que ele mudava de cor quando exposto à luz. De um lado ficava verde, do outro, vermelho.

Foi apenas por volt de 1990, quando a tecnologia já havia avançado o suficiente, que puderam observar com um super microscópio, que a mudança de cor era provocada por uma tecnologia que estamos apenas começando a entender. Seria uma das coisas mais impossíveis de acreditar... Era de fato, nanotecnologia. O cálice tem origem romana. A precisão com que foi feito dá a entender que eles sabiam exatamente o que estavam fazendo.

3 - Cemitério de navio no deserto

Naturalmente. uma das coisas mais impossíveis de encontrar no deserto seriam navios, não é mesmo? Bom, talvez não seja bem assim. Próximo à cidade de Moynaq, no Uzbequistão, é possível encontrar navios abandonados, e podem estar fazendo qualquer coisa no local, menos navegando.

A verdade é que no local em que se encontram, já existiu um dia o quarto maio mar do mundo. Conhecido como Mar de Aral, tem sido uma das piores vítimas da poluição, desrespeito ambiental e  tantas outras coisas ruins. Tudo isso fez com que ele começasse a mudar, aumentando drasticamente seu teor de sal. Isso fez com que os peixes que ali habitavam não sobrevivessem. Em seguida, começou a secar.

Os navios que trabalhavam nas cidades de porto acabaram encalhados na areia enquanto o a água recuava. O mar ainda não desapareceu por completo, mas serve como uma lembrança dos males que o ser humano é capaz de causar à natureza.

4 - Comboios subaquáticos

Se é estranho encontrar navios na areia, o que diria de trens sob o fundo do oceano? Mais uma das supostas coisas impossíveis de nossa lista. No ano de 1985, duas locomotivas ainda do período da Guerra Civil, foram encontradas em uma profundidade de 27 metros nas águas da costa de Nova Jersey.

Ninguém sabe ao certo como eles foram parar lá. Uma das  hipóteses é que durante a Segunda Guerra Mundial eles estavam sendo transportados por um navio que acabou sendo torpedeado. O único problema nisso é que não existe nenhum vestígio de navio afundado por ali. Uma outra explicação que surgiu é a de que os trens simplesmente foram jogados no oceano, com o propósito de aliviar o peso da carga. Mas seria bastante estranho...

Podem ser encontrados 2 trens, e ambos estão em pé, como se apenas estivessem esperando seus passageiros embarcarem para sair. Se tivessem sido jogados ali, as possibilidades de que pelo menos um deles estivesse tombado seriam grandes... Enfim, é um mistério.

5 - Lápides do século 19 em praia de São Francisco

Vamos lá, quais seriam as coisas mais impossíveis de se encontrar em uma praia? Certamente lápides não estão na lista. No ano de 2012, quem passou pela praia de São Francisco, Estados Unidos, teve uma vista nada normal. Incríveis lápides do século 19 estavam ali, como se guardassem alguém por baixo delas. Algumas delas ainda estavam bastante preservadas.

Inclusive, era possível ler a quem pertenciam. Uma delas era de Emma Bosworth, falecida no ano de 1876. Mas o que teria acontecido então? Elas sempre estiveram ali e por 120 anos ninguém percebeu? Nada disso. Na virada do século, os cemitérios que se encontravam nos limites da cidade foram fechados. Isso fez com que os corpos precisassem ser transferidos, mas muitas lápides foram deixadas para trás.

Na época foram recicladas em um projeto de construção, mas com o tempo acabaram cobertas pela areia. No entanto, as erosões começaram e fizeram o que sabem fazer de melhor: revelar coisas. Foi nesse dia que as lápides foram descobertas.

6 - Tubarão vivo em um campo de golfe

E se um tubarão simplesmente caísse do céu? Consideraria isso como uma das mais impossíveis coisas que um dia pode acontecer? Bom, foi exatamente isso que aconteceu no dia 22 de outubro de 2012, em um campo de golfe. Sorte que ninguém ali sofria com problemas do coração. Na verdade era um pequeno filhote, mas estava bem vivo. O que teria acontecido então?

De acordo com uma pessoa que estava presente na hora do incidente, o animal apresentava feridas, como se fossem arranhões. Acredita-se que um pássaro tenha o capturado em algum lugar próximo e voado com ele por alguns metros antes de decidir soltá-lo. A história teve um final feliz. O pequeno tubarão foi tratado e libertado em seu habitat natural.

7 - Mais coisas impossíveis? Aranhas que vivem sob a água!

Muita gente por aí tem pavor de aranhas, e não é pra menos. São criaturinhas nada amigáveis mesmo. Mas se você acha que está livre delas só porque está nadando, se engana muito. Segundo a Wired, ao nadar nas águas doces na Ásia ou Europa, você pode dar de cara com um grupo de aranhas mergulhando ao seu lado. Agradeça por não ser no Brasil!

Depois de nascer, essas aranhas começam a construir o que seria uma espécie de bolha subaquática. Constroem suas linhas de seda (teias) até a superfície e coletam ar em bolhas, colocando-as sobre suas teias, até construir uma verdadeira casa. É, parece ser muito trabalho...

E então pessoal, o que acharam? Qual das coisas aqui mencionadas parecem ser mais impossíveis para vocês? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+