7 coisas que a Igreja Católica proibiu ao longo da história

POR Magno Oliver    EM História      04/02/16 às 16h06

Na idade média, a igreja católica foi considerada como uma das instituições mais ricas e poderosas em propriedades de terras da história que os próprios senhores feudais.

Naquela época, a religião era considerada como uma forma de crença que tinha uma grande importância na vida dos europeus.

E até hoje muitas das "regras" e imposições feitas pela Igreja Católica repercutem no mundo todo e muita gente ainda busca seguir, como a questão do aborto, o celibato, o sexo antes do casamento, entre outros.

Separamos para você uma matéria listando algumas coisas que a Igreja Católica proibiu ao longo da história. Confira quais são elas:

1 -  Aborto

1

A Igreja Católica é considerada como uma das religiões mais severas contra o aborto. Ela considera que o feto(não importa o tempo de vida que possui) tem vida desde o primeiro momento de sua concepção.

2 - Quebra de Celibato dos padres

2

A Igreja Católica também é bem rigorosa com padres que cometem quebra de Celibato. Ela os afastam e analisam qual será o fim para um caso de quebra de celibato.

3 - Cultos a outras entidades e religiões na época da Idade Média

3

Atualmente, o quadro é de um pouco mais de mudança e aceitação, mas na Idade Média, a igreja católica tinha tolerância zero com pessoas que tinham outro tipo de crença que não fosse ao que ela pregava e considerava as religiões afro, por exemplo, como manifestações diabólicas.

4 - Segundo casamento

4

As pessoas divorciadas tem sido linhas de debate do Papa Francisco com os altos escalões eclesiásticos para que suas regras fosse relaxadas. A Igreja Católica não permite que os católicos divorciados retornem de forma plena à vida religiosa, mesmo que tenham se casado de novo.

5 - De não pagarem o dízimo pois geravam punições cruéis

5

 

A Lei de Moisés prescrevia que o pagamento obrigatório dos rendimentos dos fieis, em forma de bens e mantimentos, seria de 10%. Nos tempos da Idade Média, não contribuir com a oferta do dízimo era passível de punição para os fíeis. Hoje, o quadro tem mudado e ela se tornou mais flexível quanto às ofertas de dízimo de acordo com a necessidade das pessoas.

6 - As Touradas Espanholas

6

O Vaticano sempre condenou as corridas de touros na Espanha. E, com o passar do tempo, alguns clérigos chegaram a adulterar os textos para que as touradas passassem a também ser erradicadas na Península Ibérica. Nos tempos atuais, temos notado o afastamento da Igreja Católica em relação à prática tauromáquica.

7 - A quebra da castidade antes do casamento

7

A quebra da castidade de uma pessoa antes mesmo do casamento é um ato que João Paulo II escreveu, em suas catequeses intituladas "Teologia do Corpo" , que a conjunção carnal pode ser mentirosa. A Igreja considera o sexo como algo mais além do que uma união carnal e sim de união da alma e, por isso, não pode ser feita antes do casamento.

Qual é a sua opinião a respeito desses assuntos que a igreja católica proibiu? Mande seu comentário para gente!

Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+