• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que poderiam ter salvado a temporada final de Game of Thrones

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      20/05/19 às 18h04

Após oito anos de incríveis jogos políticos, magníficas batalhas e incomparáveis personagens, Game of Thrones chegou ao seu fim. A oitava e última temporada da série foi lançada na segunda semana de abril e seu episódio de encerramento foi ao ar na noite de ontem. Grande parte da audiência encontra-se desolada, não pelo fim da produção da HBO, e sim pela forma como acabou.

Não é novidade que essa temporada vinha sofrendo várias críticas. A média geral da nota dos episódios no Rotten Tomatoes nunca foi tão baixa. A série que começou com um enredo grandioso, se despediu com um final decepcionante. Muitos fãs procuraram manter as expectativas baixas, afinal, até petição online para a retirada dos roteiristas rolou. No entanto, mais uma vez, fomos surpreendidos por GOT, e o final conseguiu ser pior do que poderíamos imaginar.

A essa altura do campeonato é mais perceptível do que nunca que, sem os livros de George R. R. Martin, David Benioff e D. B. Weiss se perderam em sua criação. Essa última temporada é o resultado de erros que vêm se acumulando desde a quinta. Não é possível saber o que se passava na cabeça dos roteiristas ao escreverem esse enredo, mas existem alguns pontos que se houvessem sido melhor desenvolvidos, teriam tornado o final mais satisfatório. Pensando nisso, selecionamos 7 coisas que poderiam ter salvado a temporada final de Game of Thrones.

1 - Uma exploração melhor do Rei da Noite e da Batalha de Winterfell

O Rei da Noite, seus Caminhantes Brancos e o Exército dos Mortos foram mostrados como a maior ameaça da série desde o episódio piloto. Até The Long Night, toda a audiência aguardava ansiosamente a batalha que definiria o destino de Westeros. Acontece que as decepções já começaram aí. Além dos problemas técnicos do episódio, o desfecho foi apressado e preguiçoso.

Como fãs de Arya Stark, foi incrível vê-la como a heroína do dia. Todavia, não precisa se esforçar muito pra começar a encontrar os erros. O arco da jovem guerreira não tinha nenhuma relação direta com o do líder dos caminhantes brancos. Mas, o principal problema foi a forma como ela conseguiu derrotá-lo. Arya é uma assassina altamente treinada, e suas habilidades nem sequer foram utilizadas. Se o tão temido Rei da Noite houvesse sido retratado da mesma forma com que foi sugerido, teria sido um grande ponto a favor dessa temporada.

2 - Arya Stark ter completado sua lista

Se tem uma coisa que essa temporada concluiu com êxito, foi desperdiçar o potencial de vários personagens. Da mesma forma que a jovem Stark teve suas habilidades apagadas na luta contra o Rei da Noite, Arya simplesmente deixou de lado sua vingança contra Cersei, o que foi decepcionante. Ela acabou indo até Porto Real com o Cão só pra ajudar na conclusão de arco de mesmo, porque tirando isso ela não fez nada, além de quase ser enterrada viva.

Depois do Rei da Noite, Cersei era a maior ameaça da série, e provavelmente uma das mais detestadas. A Lannister foi uma personagem muito bem desenvolvida e merecia um encerramento melhor. Teria sido muito interessante ver Arya riscando o nome de Cersei da lista após um monólogo tão emocionante quanto o que ela fez para Walder Frey. Não esquecemos de Jaime, até porque ele está ligado à rainha. O Regicida poderia ter sido soterrado enquanto chorava sob o corpo da amada. Um final com o mesmo resultado, só que muito melhor elaborado.

3 - Aegon Targaryen? Quem?

Ainda não entendemos qual foi o motivo da revelação da verdadeira origem de Jon Snow. Tirando o fato de ter deixado Daenerys desconfiada, qual foi o motivo dessa revelação? Jon continuou com o nome de bastardo, não tinha interesse no Trono de Ferro e ainda matou a última Targaryen. Essa história de Aegon Targaryen só serviu pra criar mais conflitos desnecessários, já que não foi algo utilizado no final.

Mesmo não gostando de Jonerys, é preciso admitir que ver os dois juntos, governando Westeros e dando continuidade à linhagem de Fogo e Sangue teria sido mais agradável e feito muito mais sentido do que aquilo que foi apresentado.

4 - Daenerys ter sido derrotada de uma forma digna

Não se sabe qual história de D&D com mortes envolvendo adagas e punhais, mas alguém deveria avisar que já está batido. Depois do Rei da Noite, foi a vez de Dany ser morta com uma facada. Já que quiseram criar uma imagem dela como louca, que pelo menos tivessem feito da rainha uma ameaça melhor explorada, assim como a morte dela.

Os Sete Reinos poderiam facilmente ter se unido contra a rainha após descobrirem o ocorrido em Porto Real. Era a oportunidade perfeita para explorar uma última grande e memorável batalha e ainda oferecer uma derrota digna à personagem e uma conclusão aceitável para os fãs.

5 - Matado as pessoas certas

Se todos os homens devem morrer, não faz sentido terem deixado Jon Snow e Tyrion vivos. Por que o Verme Cinzento não matou os dois assim que encontrou sua rainha morta? Por que Drogon derreteu o Trono de Ferro ao invés de queimar Jon Snow? São coisas que teriam acontecido nas primeiras temporadas de GOT e que não faz sentido terem deixado passar nessa.

A partir do momento em que Jon Snow foi ressuscitado por Melisandre, a narrativa do 'não bastardo' se perdeu completamente. Eis o problema em trazer gente dos mortos, a HBO deveria ter aprendido com os erros do Arrowverse. Drogon ficou todo emotivo ao encontrar a mãe morta, teria sido um bom uso do CGI se ele tivesse queimado Jon junto com o trono. Sem contar que Tyrion foi outro que ficou vivo só pra atrapalhar ainda mais a narrativa, afinal, foi dele a ideia de colocar Bran no trono. Algumas mortes bem elaboradas teriam sido melhores que esse final apático.

6 - Bran, o quebrado. Sério?

Já falamos anteriormente que a efetividade de Bran Stark como o Corvo de Três Olhos havia sido apresentada de forma ineficiente na série. É inegável que o garoto fez uma longa jornada, mas após isso, o que aconteceu? Na Batalha de Winterfell, todos esperamos alguma ação dele e nada. Poderia até ter ficado diferente quando ele se tornou rei, mas como pudemos ver, o poder ficou nas mãos de um conselho que nem se levava a sério.

É inegável que, pelo que foi sugerido, Bran tem habilidades favoráveis a um governante. Se isso houvesse sido explorado na série, provavelmente o final teria sido compreensível.

7 - Se a petição tivesse funcionado

Por mais que tentemos, é impossível apresentar mudanças que teriam salvado completamente essa temporada. Podemos no máximo sugerir alterações que a tornassem menos desagradável, mas pra realmente ficar boa, só se for reescrita. Se a petição tivesse funcionado, provavelmente, teríamos um resultado mais satisfatório. Porém, como isso é inviável, só nos resta aceitar o final e talvez torcer por um reboot assim que saírem os outros livros, se saírem.

Game of Thrones acabou mas tem alguns derivados da série em desenvolvimento. E então, o que achou do final? Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Imagens HBO
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+