• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você acha que funcionam, mas que na verdade não são bem assim

POR Arthur Porto    EM Entretenimento      15/07/19 às 16h06

Diariamente, estamos em contato com infinitas coisas distintas. Passamos o dia exercendo mil funções, e na maioria das vezes, algum de nossos atos envolve estar em contato com algum objeto e claro, lidar com o modo como esses itens funcionam. Talvez até de modo automático de tão rotineiro que algumas atividades se tornam. Já parou pra pensar sobre isso? Já pensou sobre como essas coisas funcionam? Ou que pelo menos você acha que funcionam?

Pela manhã, por exemplo, depois de despertar, necessitamos de que? Café, claro. Mas para podermos usufruir de um belo café, necessitamos, primeiro, de uma cafeteira. Depois, de uma xícara. Para ir trabalhar, de carro ou ônibus. Para entrar na empresa, o crachá de identificação. Para anotar algo importante, o celular ou uma caneta.

Estar em contato com o que nos rodeia é mais que essencial. Parece, na verdade, até obrigação aprender a manusear as coisas. Mas é para facilitar o exercício de todas as nossas atividades rotineiras que tantos objetos existem. Muitas dessas ferramentas são extremamente úteis e sabemos utilizá-las como ninguém. No entanto, existem alguns aparelhos que acreditamos conhecer, mas a forma como funcionam é totalmente diferente do que imaginávamos. Você sabe quais são eles?

1 - Termostatos em quartos de hotel

Muitos termostatos de hotéis não funcionam como você imagina. Se você é do tipo que utiliza o termostato para ajustar a temperatura do quarto do hotel, pare. Alguns termostatos funcionam como detectores de calor e de movimento. Outros ajustam automaticamente a temperatura para qual foi programado. Por isso, muitas vezes, pensamos ter ajustado a temperatura do ambiente, mas mesmo assim o calor ou o frio continuam ali. Existem também aqueles que fazem com que o ar-condicionado pare de funcionar quando não há nenhum hóspede no quarto. Independente de qual modelo seja, procure se informar.

2 - Barras de progresso

Sabe aquelas barras de progresso que mostram a porcentagem ou o tempo restante para concluir uma transferência ou download? Essas que aparecem quando descarregamos arquivos em nossos telefones, computadores e outros aparelhos elétricos? Pois é, elas também não funcionam como imaginamos. Por exemplo, se uma barra de progresso marca 50%, isso não significa que metade de um arquivo tenha sido baixada. Quase todo o arquivo poderia ter sido baixado. Ou, pior, nenhum. As barras de progresso não são precisas porque downloads e transferências envolvem variáveis ??além do controle do sistema. A incapacidade de determinar corretamente essas variáveis ??é a razão pela qual os programadores definiram "marcos" para medir transferências e downloads. O sistema atualiza a barra de progresso à medida em que esses marcos são atingidos. Assim, caso a barra de progresso atinja 50%, isso significa apenas que um "marco" predeterminado foi atingido.

3 - Botão de pedestres em sinaleiros

Apertar o botão de pedestres dos semáforos serve para alguma coisa? Depende da ocasião. Em cruzamentos com muito fluxo, por exemplo, os semáforos são programados para que não atendam as solicitações da "botoeira" sempre que pressionados. Tal comando varia de acordo com o horário. Por outro lado, há vias que só fecham se o pedestre pressionar a botoeira: caso ninguém aperte, o fluxo continua exclusivo para carros e outros veículos. Seja qual for a situação, o botão dos semáforos não tem efeito imediato. Isso ocorre porque os semáforos trabalham em ciclos. Ao apertar o botão durante um ciclo já iniciado, o sinal só se fecha quando um novo ciclo começar.

4 - Relógios fitness

Esses relógios só funcionam bem se você estiver preocupado em monitorar sua frequência cardíaca. Mas se você estiver preocupado em medir a quantidade de calorias que você queima durante um determinado exercício, esqueça. Um estudo, realizado em 2017, por pesquisadores da Universidade de Medicina de Stanford revelou altas margens de erro quando os aparelhos são usados ??para medir a queima de calorias depois da execução de um exercício. O erro está presente no Apple Watch, no Fitbit Surge, no Microsoft Band e no Samsung Gear S2.

5 - Botões de abrir-fechar em metrôs

Não, os botões de abrir-fechar nos metrôs não funcionam. As portas são controladas pelos maquinistas. Os botões deixaram de funcionar na década de 1990. Foi nessa época, que os operadores descobriram que os trens passavam menos tempo nas estações quando o motorista controlava as portas. Além disso, o controle dos maquinistas permitiam maior segurança aos passageiros.

6 - Protetor solar

O protetor solar, supostamente, não nos protege de raios ultravioletas. Deveriam, mas não é bem assim. De acordo com estudo realizado pelo Environmental Working Group (EWG), apenas um em cada quatro protetores realmente funciona. Em 2017, o grupo revelou que apenas 73% dos 880 protetores solares testados funcionaram como anunciado.

7 - Repelentes eletrônicos contra insetos

Os repelentes eletrônicos são uma forma moderna de manter insetos e outros animais indesejados distantes. Esses dispositivos utilizam ondas de ultrassom para manter os possíveis invasores longe de casa. No entanto, especialistas dizem que a frequência emitida pela aparelho não é suficiente para espantar os indesejáveis insetos.

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Imagens List Verse
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+