Os Comensais da Morte são um grupo formado de bruxo e bruxas seguidores de Lord Voldemort. Eles são defensores das ideias absurdas propagadas pelo Senhor das Trevas. Seus serviços foram muito utilizados durante a Primeira Guerra Bruxa. Eles servem como espiões e soldados para a causa, são considerados o exército de elite de Voldemort. Todos os integrantes possuem um símbolo no antebraço esquerdo, conhecido como Marca Negra.

Assim como qualquer exército, eles possuem vestimentas bem características, com máscaras e longas capas pretas. Embora suas identidades sejam mantidas em segredo entre si, durante os livros e os filmes, nomes e rostos são relacionados aos misteriosos integrantes. A seguir, separamos algumas curiosidades sobre os Comensais da Morte.

1 – As marcas nos braços

Logo no começo do reinado de Voldemort, muitas pessoas ficavam com medo, pois não sabiam em quem poderiam confiar. O bruxo das trevas tinha Comensais espalhados em todos os lugares. Uma das formas usadas para eles se identificarem é a famosa Marca Negra presente do antebraço esquerdo. O símbolo da caveira com uma serpente saindo de sua boca era colocado por Voldermot em cada um dos integrantes da organização. A marca não era questão de escolha, mas sim de regra.

2 – Identidades secretas

Publicidade
continue a leitura

Com o tempo, tantos os leitores como os espectadores descobrem os nomes e faces de alguns Comensais da Morte. Contudo, entre si, suas identidades são mentidas em segredo. Por isso eles usam máscaras e sobretudos, a fim de preservar a individualidade. Essa era uma forma de prevenir qualquer tipo de delação. Seja por meio da captura de algum membro ou por meio de um agente infiltrado.

3 – Nem todos eram puro sangue

Voldemort criou os Comensais da Morte não apenas para ter um grupo para servi-lo, como também para espalhar a supremacia puro sangue. Eles defendiam a falsa ideia de que bruxos mestiços eram inferiores aos ditos puros. O problema é que nem mesmo eles eram completamente “puros”. A começar pelo próprio Voldemort, filho de um bruxo com uma trouxa. Coincidentemente, havia mais pessoas dentre os Comensais com a linhagem mestiça.

4 – O chamado ardente da Marca Negra

Publicidade
continue a leitura

Cada Comensal da Morte carrega a Marca Negra da ordem em seu antebraço esquerdo, feita pelo próprio Senhor das Trevas. Além de ela servir como identificação, ela também funciona como meio de comunicação entre eles e Voldemort. Todas as vezes que deseja reunir com todos, ele faz o chamado. Então, todos que possuem a marca sentem uma forte ardência no braço, como se ele estivesse queimando. Foi o que eles sentiram, por exemplo, quando seu Senhor voltou ao mundo dos vivos.

5 – Precisam ser humanos

Voldemort não tem apenas dos Comensais ao seu lado. O Senhor das Trevas também conta com a ajuda de diversas criaturas do mundo mágico. Ao longo do tempo, ele acumulou aliados e formou alianças duradouras. Uma delas são os Dementadores, enviados por ele onde bem desejar. Apesar do leque de opções, nenhuma outra criatura, não humana, pode ser um Comensal da Morte.

Publicidade
continue a leitura

6 – São uma ameaça a si mesmos

Não é segredo que Voldemort utiliza quaisquer meios para garantir a lealdade de seus seguidores. Para tanto, ele está disposto a usar seus Comensais contra eles mesmo. Por exemplo, ele mandou Draco Malfoy castigar Thorfinn Rowle por este ter falhado na captura de Harry. Draco teve de usar a Maldição Cruciatus para punir Thorfinn, já que seu mestre não queria sujar as mãos.

7 – A Marca Negra está conectada à saúde de Voldemort

Durante o primeiro domínio de Voldemort, as Marcas Negras nos braços dos Comensais da Morte eram escuras do jeito que o Batman gosta, como a noite! As coisas mudaram depois de sua queda. O Senhor das Trevas ficou cada vez mais fraco com o tempo, em consequência, os símbolos começaram a se apagar. Assim como ele, a tinta ficava mais opaca. Tanto que, quando ele ressurgiu, a marca brilhou como nunca.

Publicado em: 23/10/18 16h24