• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 coisas que você não sabia sobre Ramsés II, o Grande

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      17/05/19 às 17h40

Como filho e neto de generais, o faraó Ramsés II foi criado para liderar e vencer. Em suas mãos, o Egito se tornou um grande império. Ele comandou o Antigo Egito durante o século XIII a.C. Por muitas vezes, ele foi chamado de Ramsés, o grande. Ele foi o terceiro faraó a governar a 19ª dinastia do Egito.

Nos livros de história e antiguidades, ele é lembrado pelas grandes expedições militares que liderou. Embora Ramsés II fosse uma grande figura na civilização egípcia, muito pouco se sabe sobre sua vida. Pensando nisso, hoje, listamos alguns fatos surpreendentes e fascinantes que vocês provavelmente não sabiam sobre o líder egípcio. Confira!

1 - Ele não era o próximo na linha de sucessão do trono

Ramsés II nasceu em 1303 a.C. Ele era filho do faraó Seti I e da rainha Tuya. Ele foi nomeado após o grande faraó Ramsés I, que era seu avó, morrer. Ele tinha cinco anos de idade quando seu pai assumiu o trono. Ele foi preparado por ele para se tornar um futuro líder. Porém, Ramsés II não foi o único a receber esse tratamento.

Entre o trono e Ramsés II, havia seu irmão mais velho, que como filho mais velho do faraó, se tornou príncipe. No entanto, por alguma razão desconhecida, o jovem morreu aos 14 anos de idade. Assim, com a morte de seu irmão, Ramsés II se tornou príncipe e, aos 25 anos de idade, se tornou faraó.

2 - Ele quase morreu na Batalha de Kadesh

Após se tornar príncipe, Ramsés II ajudou seu pai em expedições militares. Aos 22 anos, já liderava o exército egípcio. Quando faraó, Ramsés II travou diversas batalhas para proteger as fronteiras do Egito. Seu comando sobre o exército era notável. Ele liderou uma tropa de cerca de 20 mil homens contra o magnifico exército Hitita, no que ficou conhecido como a Batalha de Kadesh.

O faraó egípcio lutou bravamente, escapando da morte para recuperar as províncias perdidas para seus inimigos. Ramsés II entrou para os livros de história como um dos heróis de guerra mais corajosos e estratégicos.

3 - A arquitetura egípcia floresceu em seu reinado

Ramsés II tinha um verdadeiro fascínio pela arquitetura. Em seu longo governo, foram construídas e reformadas estruturas, monumentos e templos. Durante seu reinado, aconteceram diversas realizações arquitetônicas em termos de diversidade e design. Duas grandes obras que podemos citar como exemplo, e que emergiram enquanto ele esteve no poder, são os templos de Ramesseum e Abu Simbel.

4 - Ele governou por 66 anos

Aos 14 anos, Ramsés II foi declarado príncipe e, aos 25, se tornou faraó, como já mencionamos acima. Seu reinado aconteceu de 1279 a.C. a 1213 a.C., totalizando 66 anos e dois meses no poder. Ramsés II viveu até os 90 anos de idade. Acredita-se que, no fim de sua vida, o líder egípcio sofria de artrite e de outras doenças. O reinado de Ramsés II foi um dos mais longos de um faraó no Antigo Egito.

5 - Sua rainha favorita era Nefertari

O faraó egípcio foi casado com suas rainhas quando ele ainda era um príncipe. Sua primeira e mais amada foi a rainha Nefertari. Acreditam que ele tivesse muitas esposas e muitos filhos por aí. Porém, quem passou a governar ao lado de Ramsés II foi Nefertari. Ela foi referida como a Esposa Real do Faraó. Depois que ela morreu, uma tumba foi erguida para homenageá-la. A tumba, a QV66, é considerada uma das peças mais incríveis da arquitetura decorada na civilização egípcia.

6 - Ele capturou os piratas Sherden em seu segundo ano de reinado

Os piratas Sherden eram uma enorme ameaça aos negócios marítimos dos antigos comerciante do Egito. Esses comerciantes eram severamente afetados pelo terror que esses piratas infligiam. Quando teve conhecimento do que estava acontecendo, Ramsés II decidiu colocar um fim nisso. O faraó traçou um plano estratégico, interrompendo uma de suas tentativas de incursão naval. Com tal atitude, Ramsés II ganhou maior apoio e se tornou ainda mais popular entre seus cortesões.

7 - Ramsés II é lembrado por assinar o primeiro tratado de paz da História

Tratados de paz se tornaram bastante populares no século XIX. Porém, o faraó Ramsés II sempre esteve muito a frente de seu tempo. Ele foi o primeiro governante do mundo a assinar um tratado de paz. O tratado assinado entre ele e os Hititas é o mais antigo registrado no mundo. Como a Batalha de Kadesh não chegou a uma conclusão definitiva, os líderes de cada lado da disputa recorreram ao tratado de paz. No entanto, os detalhes desse acordo são desconhecidos, mas os Hititas não pisaram mais em território egípcio.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.




Matérias selecionadas especialmente para você

Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+