Em 1998, As Meninas Superpoderosas tiveram a sua estreia oficial nas televisões dos Estados Unidos com o primeiro episódio de uma série própria. Quase 20 anos depois, as memórias sobre o programa ainda vivem entre os fãs, mas nem todos os detalhes são conhecidos.

Mesmo que as histórias de Florzinha, Lindinha e Docinho sejam lembradas tanto tempo depois, muitos detalhes passaram despercebidos na época e ainda são desconhecidos para a maioria dos fãs. São segredos escondidos ou referências que a série tinha e nós vamos apresentar para você.

Confira aqui alguns dos segredos que você ainda não conhecia sobre as meninas construídas com açúcar, tempero e tudo que há de bom.

1 - Inspiração em A Bela Adormecida

1

Para criar as três garotas, os criadores do show se inspiraram nas três fadas de A Bela Adormecida, da Disney. Além das cores, as meninas carregam as mesmas personalidades das senhoras: uma mais dócil, uma rebelde e uma durona. No original, em inglês, o nome das poderosas também é inspirado no das fadas. Enquanto as personagens de Bela Adormecida se chamam Fauna, Flora e Primavera, as garotas receberam os nomes Blossom, Bubbles e Buttercup.

2 - Problema com o vilão Ele

Publicidade
continue a leitura

2

Na hora de criar os vilões para a série, os criadores das Meninas Superpoderosas decidiram representar o próprio demônio. Apesar da aparência semelhante e dos poderes supremos, os diretores do Cartoon Network acreditaram que não seria interessante colocar uma figura demoníaca num show infantil, então decidiram alterar o nome do vilão, que acabou se chamando Ele.

3 - Conexões com Batman

3

Quem conhece o clássico seriado de TV do Batman dos anos 60 pode reconhecer alguns elementos semelhantes na história das Meninas Superpoderosas. Além do clima da série, o escritório do prefeito de Townsville e o telefone vermelho são inspirados no programa. Craig McCracken, criador do desenho, revelou que os tons humorísticos do programa foram inspirados no show do herói.

4 - Localização de Townsville

Publicidade
continue a leitura

4

“A cidade de Townsville”. É assim que a narração de cada episódio começava, antes da apresentação da aventura de cada programa. A resposta para a real localização da cidade veio no episódio As Charadas do Ele. Nele, as coordenadas 32º Norte e 212º Oeste (equivalente a 148º Leste), são apresentadas. No mundo real, no entanto, o local está localizado no meio do Oceano Pacífico, bem longe de qualquer pedaço de terra conhecido.

5 - Múltiplas referências

5

Ao longo dos vários episódios de Meninas Superpoderosas, personagens de outros desenhos e séries foram colocados por meio de referências, às vezes escondidas, mas às vezes bem óbvias. É possível ver Florzinha vestida como o personagem Cartman, de South Park, referências a Pokémon e até mesmo a participação de Fred Flintstone e Barney como ladrões de banco.

6 - Auto-retratos de artistas

6

Publicidade
continue a leitura

Além das referências a outras obras, os animadores por trás de Meninas Superpoderosas esconderam os próprios retratos em ilustrações pelo programa. Alguns deles também apareceram por meio de fusão de nomes, como Genndy McCracken, que mistura os nomes de Genndy Tartakovsky e Craic McCracken.

7 - Inspiração para Macaco Louco

7

Para criar Macaco Louco, a equipe por trás de Meninas Superpoderosas buscou inspirações na série japonesa Spectreman. O vilão tem traços que foram retirados do Dr. Gori, cientista louco que queria conquistar a Terra, mas foi derrotado por Spectreman.

Gostou das revelações sobre o clássico? Que outros desenhos você também queria conhecer mais?

Publicado em: 15/05/17 15h54