Entretenimento

7 das maiores performances do cinema mundial

0

O cinema é, sem dúvida, uma das artes que mais fascina e retém admiradores no mundo todo. As pessoas costumam assistir filmes pelos simples ato de assistir. Mas há casos em que a opção se dá por hobby, por conhecimento, mero entretenimento e até por verdadeiro amor às produções. E algumas dessas produções acabam ganhando reconhecimento e fama mundial. E assim, acabam dando verdadeiro destaque às performances neles exibidas.

Tanto pela qualidade com que são produzidos, quanto pelo show de interpretação que atores e atrizes conseguem exprimir em seus papéis. A verdade é que um bom filme tem tudo a ver com quem contracena nele. Confira a seguir, uma pequena lista de exemplos memoráveis da sétima arte.

1 – Abraham Lincoln por Daniel Day-Lewis

Apesar do grande renome histórico de Lincoln, detalhes como manias, jeito de andar e timbre de voz acabam ficando por conta da imaginação popular. Porém, na produção de Steven Spilberg, em 2012, o ator Daniel Day-Lewis obteve uma performance reconhecida mundialmente. Dando vida a detalhes da existência de Abraham, de uma forma que poucas pessoas poderiam imaginar. Incluindo questões como voz de tom agudo e nasal.

A interpretação rendeu ao ator elogios de historiadores e críticos que classificaram o trabalho como o melhor do ano. A produção rendeu para Lewis ainda a estatueta de ouro do Oscar.

2 – Elizabeth II por Helen Mirren

Com uma responsabilidade duplamente potencializada, a atriz Helen Mirren interpretou a personificação da figura histórica e ainda, o momento delicado vivenciado pela Rainha Elizabeth II durante a morte da princesa Daiana.

Produção de Stephen Frears no ano de 2006, o filme “A Rainha” teve o papel principal na responsabilidade de Mirren. O enredo mostra Elizabeth II como um ser humano real, além de suas excentricidades.

3 – Edward R. Murrow por David Strathairn

Não diferente dos outros exemplos dessa lista, David deu um show de interpretação ao viver o jornalista Edward Murrow. Além de detalhes, como voz e aparência corporal, o ator deu vida real e palpável ao personagem. Apreciadores dessa arte, ao assistir a interpretação de David, disseram ter a sensação de assistir ao próprio Edward durante as cenas do filme. Prova da genialidade do trabalho do ator é a indicação ao Oscar no ano em que o filme foi lançado.

4 – Elizabeth I por Cate Blanchett

Do alto de seus 28 anos, Blanchett deu um verdadeiro show de interpretação ao vivenciar Elisabeth I. A performance chamou a atenção de todo o mundo e seu trabalho foi comparado à ascensão da, já consagrada, Meryl Streep. Dando vida à força e ferocidade que reafirmam a história da rainha, a atriz ganhou os holofotes cinematográficos do mundo inteiro. Junto com o reconhecimento e admiração de fãs e críticos da sétima arte. Particularmente, é impossível observar o trabalho de Cate Blanchett e não sentir palpitações e suspiros, não é mesmo?

5 – Anne Sullivan por Anne Bancroff

No drama The Miracle Worker, a professora Sullivan desempenha um papel essencial na vida de um jovem que passa por momentos cruciais em sua formação. E vivida por Bancroff, a personagem, de uma paciência sutil e significativa força física, acaba carregando e conduzindo todo o filme à sua volta. A performance genuína e essencial da atriz rendeu ao filme grandes bilheterias e críticas de causar inveja a outros profissionais e concorrentes da área. Anne Bancroff recebeu ainda mais reconhecimento como atriz.

6 – Harvey Milk por Sean Penn

Retratado com maestria por Sean Penn, a figura icônica de Milk no movimento pelos direitos dos homossexuais ganhou visibilidade e reconhecimento no mundo cinematográfico.

Dando vida ao personagem com classe, sensibilidade e respeito, Penn teve um desempenho considerado brilhante e recebeu elogios de renomes do cinema. Além disso, o ator proporcionou entendimento e respeito ao movimento a que seu personagem defendia. E através de sua interpretação, Penn fez com que mais pessoas se tornassem sensíveis à causa do momento.

7 – Antonio Salieri por F. Murray Abraham

O longa, que recebe o nome de Amadeus, retrata a vida de Antonio Salieri. Compositor que vivia à sombra do personagem que deu nome ao filme. Por sua vez, Murray, ao dar vida a Salieri, retratou brilhantemente a personalidade invejosa, manipuladora e autodestrutiva do personagem. Com uma atuação precisa e controlada, o ator trouxe o público para dentro da mente do personagem, aproximando-os de seus atos e comportamentos com maestria.

7 celebridades que atacaram seus próprios fãs

Matéria anterior

7 coisas que você não sabia sobre os Nefilins, os gigantes citados na Bíblia

Próxima matéria

Você pode gostar