• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 fatos chocantes sobre grandes figuras históricas

POR Natália Pereira    EM História      06/02/18 às 16h15

Os escândalos sempre rondaram as pessoas do alto escalão. Temos a tendência a acreditar que, por estarem em uma posição de visibilidade, essas pessoas estão à cima de nós e não devem se meter em questões "humanas" normais como conflitos, desejos ou outras situações reprováveis. Ainda sim, independente da sua posição, todos eles enfrentam problemas e acabam se colocando em conflitos como nós. As vezes até piores devida visibilidade e repercussão que tomam.

Agora, já imaginou nos problemas que pessoas realmente importantes do passado conseguiram se meter? Essas figuras históricas já foram amadas e odiadas por muitos no decorrer dos anos, mesmo depois de deixarem essa vida. Agora imagina todo o caus que elas causariam se estivessem nos dias de hoje. Com a fácil circulação de informações que dispomos hoje em dia, questões como essa poderiam trazer novos olhares para esses ícones. Esses são alguns dos fatos que circundaram as grandes figuras históricas no passado.

1 - Adolf Hitler fugia de impostos

Pessoas de autoridade como Hitler sempre conseguem um jeito de se privilegiarem com seus cargos. Depois de analisarem artigos antigos do famoso Führer da Alemanha descobriram que ele acumulou uma enorme quantia de dívidas, referentes a impostos, depois que virou chanceler em 1934. Elas chegavam a 405.500 milhões de Reichsmarks - moeda da época. O que totaliza cerca de 6,3 milhões de Dólares, em cotação recente. Esse valor foi isentado depois que ele foi eleito. Além disso ele evitou pagar 600 mil Reichsmarks de impostos que seriam cobrados sobre o valor ganho pelo seu livro, Mein Kampf. A obra fez com que ele arrecadasse 1,2 milhão de Reichsmarks.

2 - Mahatma Gandhi era maníaco por sexo

Alguns pontos abordados por Gandhi podem ser bem contraditórios se você parar para analisar seus princípios e seu comportamento. Ele foi um grande exemplo para os indianos e de certa forma isso pode ter sustentado algumas de suas atitudes impróprias. O hinduísta acabou aderindo o celibato depois de sua idade adulta, por volta dos 36 anos. O porém nessa história é que, apesar de ser a favor dos rigorosos métodos celibatos nos quais a pessoa renuncia ao sexo e todos os desejos carnais, ele mesmo não os seguia dessa forma. Ele tinha o costume de passar a noite com mulheres nuas, que dividiam a cama com ele. Sendo que a maioria eram novas, entre os 16 anos. Além disso, algumas vezes a sua cama era dividida por mais de uma mulher.

3 - Thomas Jefferson renegava os mestiços

Como um importante presidente dos Estados Unidos era esperado que seus pensamentos fossem um pouco mais elevados quanto a essas questões. Afinal, o país também foi formado pela união de diversas etnias. Apesar disso, Thomas Jefferson era contra qualquer prole mestiça entre brancos e negros. Ele acreditava que essa não era uma união pura e que portanto não deveria ser aceita por nenhum homem de caráter. Mais um ato de hipocrisia já que o próprio homem tinha relações sexuais com sua escrava Sally Hemings e negava o fato. Futuramente um teste de DNA foi feito e provou que um dos filhos de Sally eram de Thomas.

4 - Charlie Chaplin era abusivo e mulherengo

Pode ser realmente decepcionante imaginar que alguém tão divertido e descontraído, em suas encenações, seja na verdade abusivo com as mulheres. Ele se casou várias vezes e sempre com mulheres novas, principalmente se comparadas a ele. Grande parte delas menores de 18 anos, enquanto ele tinha 50. Se você acha que esses não são pontos realmente chocantes a seu respeito é porque ainda não considerou os outros fatos. A primeira de suas esposas, Mildred Harris, chegou a receber propostas para atuar enquanto eles estavam juntos mas de acordo com Chaplin ela era muito nova para isso.

Outra de suas esposas, Lita Gray, com quem ele teve filhos, relatou abusos advindos de Chaplin durante o seu divórcio. Além disso ele chegou a propor que ela abortasse seus filhos antes de tê-los e quando isso não deu certo não deu muita importância para eles.

5 - Caravaggio era um assassino

O famoso pintor Caravaggio ficou muito conhecido pelas suas obras, principalmente pela que recebeu o nome de "Judite e Holofernes". De acordo com algumas informações ele teria sido responsável pela morte de Ranuccio Tomassoni em 1606. As suspeitas de que ele seria o culpado já rondavam pela época mas seus motivos eram desconhecidos. Porém, depois de juntarem mais informações, acreditasse que isso tenha sido causado por uma mulher chamada Fillide MelandroniCaravaggio teria deito uma pintura usando ela como modelo e logo se apaixonou.

A prostituta estava sob os comandos de Ranuccio. Isso teria feito com que Caravaggio tentasse defender a honra da mulher e então o matado. Um costume romano da época afirmava que para defender sua mulher deveria-se castrar aquele que a desrespeitasse. ao tentar fazer isso Caravaggio teria o matado acidentalmente.

6 - Aristóteles era misógino

Todos conhecem o famosos e renomado filósofo. Seus ditos ainda são disseminados e ensinados nos dias de hoje e você já deve ter estudado sobre ele. Mas, o que você pode não saber é que ele era completamente misógino. Seu preconceito contra as mulheres ia muito além do sexismo básico. Ele acreditava que as mulheres eram inferiores e mal podiam ser consideradas seres humanos. De acordo com Aristóteles as mulheres eram homens deformados e incompletos. Além disso, apesar de serem elas a darem a luz física aos filhos os mesmos só poderiam ser formados "humanamente" pelos homens.

7 - Winston Churchill era racista

Winston Churchill foi muito importante e chegou a ser considerado o mais importante da Grã-Bretanha pela BBC em 2002. O problema é que ele era extremamente racista e isso ficava claro em algumas de suas afirmações. De acordo com um pronunciamento feito por ele, a escravização do índios nativos e negros africanos não era errada. Já que ele considerava que essa se tratava de uma ordem natural, os brancos - seres "superiores" - teriam chegado e dominado os inferiores como na ordem natural da sobrevivência do mais forte. Além disso, ele ainda teria se pronunciado a favor do uso de gás venenoso em judeus ao dizer; "Eu não entendo a sensação de uso de gás. Sou fortemente a favor do uso de gás venenoso contra tribos não civilizadas".

Depois de ver os relatos de alguns comportamentos questionáveis desses ícones famosos acabamos entrando em um impasse. Alguns deles já não eram bem vistos por grande parte da população, como Hitler, porém exemplos como Chaplin acabam sendo decepcionantes. O que acham?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+