Curiosidades

7 fatos que nunca te contaram sobre os motéis

0
Roadside motel neon sign in Oregon

Motel é um estabelecimento de hospedagem que se diferencia dos demais porque as pessoas geralmente vão até ele com o objetivo de manter relações sexuais. A maioria de vocês sabe como funciona os motéis: não se cobra o valor de uma diária, mas sim por um valor de permanência de algumas horas (períodos).

Mas, mesmo que você já tenha ido várias vezes em um motel, tem muita coisa que foge do seu conhecimento. Bom, por isso resolvemos criar essa matéria para contar alguns segredos que pouca gente sabe sobre os quartos de motéis, confira:

1 – O lucro vem de infidelidade

Você sabia que a maior parte do lucro dos motéis vem da infidelidade? Isso porque muitos encontros que acontecem lá são programas ou encontros de pessoas infiéis. Pelo fato de ser discreto, fica muito fácil dar uma ‘puladinha de cerca’, se é que vocês entendem.

2 – A limpeza

E quem garante que em todos os motéis a limpeza é feita como deveria? Claramente não são todos os casos, mas existem muitos motéis que não fazem a higiene adequada, como a esterilização de hidromassagens ou limpeza da água da piscina. Sendo assim, o melhor é procurar os motéis famosos por ter um serviço de qualidade.

3 – A hidromassagem

Há que citamos a limpeza no item passado, agora vamos falar sobre a hidromassagem. Sabia que na hidromassagem pode ter mais germes do que no banheiro? Pois bem, é nesse lugar que as pessoas ficam de molho por horas, o que gera uma grande acumulação de germes. Além disso, a limpeza desse lugar dificilmente é feita da maneira correta, pois existem muitos ‘cantos’ que são propícios para a proliferação de microrganismo.

4 – A coisa mais suja do quarto de motel

Ah, então agora vamos falar da coisa mais suja dos motéis. Bom, o banheiro e a hidromassagem realmente são imundos, mas a coisa mais suja do motel é o controle remoto. Imagine que todas as pessoas que passaram por lá colocaram a mão nele, principalmente depois de fazer o que foram fazer. Será que as faxineiras limpam os controles remotos? Provavelmente não.

5 – Corredores secretos

Por trás dos quartos, caros leitores, existem os corredores ‘secretos’. Nos bastidores é que podemos ver a cozinha, a lavanderia e onde as camareiras ou camareiros passam para dar a geral nos quartos. Ah, são por esses corredores secretos que às vezes eles, sem querer, pegam os clientes de surpresa.

6 – Fuja dos quartos com piscina

Mais uma vez alertamos: não podemos generalizar. Muitos motéis tem o tratamento de piscinas igual ao de clubes, spas e academias. A água é tratada com cloro, assim como determina da legislação específica, e os filtros ficam ligados 24 horas todos os dias. Mas isso nem sempre acontece. Será que todos os motéis trocam a água da piscina a cada vez que ela foi usada por outros casais? Considere que entrar em piscina de motel pode não ser uma boa ideia.

7 – As camas são encapadas com couro

Você já se perguntou por que as camas são encapadas com couro? Durante o ato sexual, muitos fluídos saem dos corpos do casal e vão parar no colchão. Sendo assim, a melhor forma desses fluídos não ficarem acumulados nos tecido do colchão é encapando eles com couro.

Mas e vocês, já sabiam de todos esses ‘segredos’ dos motéis? Comentem!

Apesar dessa matéria ter sido feita com a ajuda de profissionais que trabalham em motéis a Associação Brasileira de Motéis entrou em contato pedindo o direito de resposta, confira:

Primeiramente, destacamos que há alguns anos o setor moteleiro vem demonstrando com vigor a sua capacidade de reinvenção, buscando novidades e tendências, principalmente em termos de qualidade, modernização das instalações e equipamentos, além da utilização de tecnologias de última geração nas suítes.

É um setor sério e comprometido, que, para se ter uma ideia da grandiosidade, somente na semana dos Namorados deste ano recebeu mais de oito milhões de hóspedes em todo o país. Além disso, estima-se que os motéis hospedem cerca de 100 milhões de pessoas por ano.

Para receber toda essa demanda, a ABMOTÉIS incrementa frequentemente sua agenda de treinamentos e palestras a fim de orientar o moteleiro na busca pela excelência técnica, padrão de qualidade e da constante evolução do segmento, considerando que o setor emprega, em média, 50 funcionários por motel ou quase 250 mil funcionários diretos. Indiretamente empregam mais de 300 mil pessoas, que prestam serviços terceirizados ou são empregados de empresas fornecedoras.

Comentamos os tópicos da matéria:

Tópico 1 – O lucro dos motéis vem da infidelidade

Um estudo feito pela agência de pesquisa de mercado e inteligência Hello, em parceria com o Guia de Motéis, e divulgada em Junho de 2018, destaca o seguinte: 95% das pessoas que já foram em um motel ao menos uma vez na vida, apenas 10% usaram-o para terem relações extraconjugais.

Mais de 70% dos Heavy Users costumam ir aos motéis com o parceiro fixo, esposo(a) ou namorado(a), enquanto entre os Ocasionais esse número chega a 85%. Os motéis estão longe de ser espaço destinado para traição. Inclusive, os dias de maior movimento são sextas e sábados a noite com destaque para o Dia dos Namorados, que é o dia de maior movimento em todos os motéis do Brasil. Associar os motéis a infidelidade é uma visão estereotipada e que não reflete mais a realidade da maioria dos motéis.

O lucro dos motéis vem do fato dos hóspedes (casais casados e namorados) considerarem estes estabelecimentos uma opção de lazer, já que os motéis vêm se destacando entre as possibilidades de programa por oferecer opções mais completas, que chegam a representar uma economia de cerca de 50%. Isso porque nos motéis, os clientes podem jantar um prato refinado elaborado por um chef, ter à disposição uma carta de bebidas de alta qualidade, desfrutar de tranquilidade privativa, assistir a um filme em HD (High Definition) e repousar, tudo sem entrar em seu automóvel e pagar um valet a cada etapa.

Tópico 2 – A limpeza

Há alguns anos, os motéis de todo o País vêm passando por um processo de modernização do conceito e busca constante pela alta qualidade na prestação de serviços, seguindo os mesmos moldes oferecidos no setor hoteleiro. O mercado evoluiu.

Com o objetivo de que os motéis de todo o país invistam cada vez mais em hospitalidade e entretenimento, a ABMOTÉIS (Associação Brasileira de Motéis) vem capacitando de forma gradativa mais cinco mil estabelecimentos em todo o Brasil.

Os treinamentos são realizados durante workshops, que contam com a presença de representantes dos motéis e que disseminam as boas práticas aos demais membros da equipe quando in loco. Pontos como manipulação de alimentos, governança e atendimento ao cliente são abordados durante esses encontros.

Tópico 3 – A hidromassagem

As hidros são sempre higienizadas e esterilizadas em dois processos. A primeira etapa é a higienização da tubulação com um produto a base de cloro, já no outro processo é feito a esterilização de toda a superfície da banheira, utilizando os mesmos padrões empregados nas hidros de hotéis, pousadas, academias e SPAs. Utilizando os produtos adequados esses equipamentos são sim limpos e esterilizados em qualquer ramo de atividade que eles sejam utilizados, inclusive nos motéis.

Tópico 4 – A coisa mais suja do quarto de motel

Assim como outros locais públicos, se não forem bem higienizados, podem apresentar perigos de contaminação da mesma forma equipamentos, tais como: controles remotos de hotéis, pousadas, cadeiras e equipamentos de academias, cadeiras de praia, clubes e condomínios.

Tópico 5 – Corredores secretos

Os motéis têm corredores de serviços exclusivos para o uso dos colaboradores e nenhum hóspede consegue ter acesso a esses corredores, assim todo o atendimento da cozinha de room-service e higienização das suítes conseguem ser feitos 24 horas sem incomodar aos demais hóspedes.

Tópico 6 – Fuja dos quartos com piscina

As piscinas dos motéis são seguras, já que recebem exatamente o mesmo tratamento de piscinas de clubes, hotéis, spas, academias e condomínios. Vale ressaltar que água de piscina não se troca, mas sim se trata, esse é o procedimento padrão, não somente nos motéis, mas em todos esses estabelecimentos.
A água é tratada com cloro, conforme determinação da legislação específica, e os filtros ficam ligados 24 horas todos os dias. Em alguns motéis utilizam sistemas modernos de tratamento com ozônio ou sais naturais. Outro ponto de destaque é que, no caso dos motéis, a rotatividade na piscina é bem menor, se comparado com outros locais, que têm as suas piscinas utilizadas por um grande número de banhistas.

7 – As camas são encapadas com couro

Atualmente, a maioria dos motéis utiliza colchões e protetores de colchões utilizados em todos os meios de hospedagem, similares a linha doméstica. E aprofundando na questão dos enxovais, em muitos casos são lavados nas mesmas lavanderias terceirizadas, que fazem essa mesma higienização para outros meios de hospedagem. Ao colocarem os enxovais limpos na cama, o colchão também passa por um processo de higienização com produtos específicos. Para isso, a equipe de Governança recebe o treinamento adequado e que segue rígidos padrões de higiene.

Sobre a ABMOTÉIS

A ABMOTÉIS (Associação Brasileira de Motéis) – foi fundada em setembro de 2012 é a única representante dos motéis do Brasil. Atualmente, a sua diretoria é composta por representantes de 16 estados, mais Distrito Federal, cujo intuito é coordenar, orientar e defender os interesses dos seus associados, representados pelas empresas do ramo moteleiro em todas as regiões do Brasil. Tem no seu quadro de associados cadastrados mais de 1.000 estabelecimentos em todo Brasil. A ABMOTÉIS tem a missão de profissionalizar e desenvolver o segmento moteleiro, estimulando o empresário do ramo a investir e expandir suas empresas e gerar mais empregos. Para mais informações, acesse: www.abmoteis.com.br.

Esse vulcão gótico e sobrenatural solta lava preta

Matéria anterior

14 fotos surreais que vão te fazer acreditar no sobrenatural por um momento

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.