Curiosidades

7 funerárias mais estranhas do mundo

0

Há um ditado que diz: “Só temos duas certezas na vida: a morte e os impostos”. Bom, não podemos discordar do mesmo e, talvez, seja esse o ditado mais realista de todos. Basicamente, tudo o que compramos, sejam produtos ou serviços contratados, pagamos uma quantia de impostos. E quanto à morte, essa não podemos evitar. Uma vez que chega a nossa hora, simplesmente, vamos embora. Após morrer, muitas coisas podem acontecer, mas as crenças variam entre si. No entanto, há diversas formas de se despedir da melhor maneira dos seus entes queridos. As funerárias são responsáveis por nos oferecer um bom serviçopara isso.

As funerárias estão longe de ser um lugar confortável e agradável. Tudo o que mais queremos é não precisar ir a esses lugares. No entanto, são lugares essenciais no processo da vida. Como falamos anteriormente, existem diversas formas criativas de se despedir dos nossos entes queridos. E, foi pensando um pouco mais sobre isso, que decidimos trazer essa matéria para você, caro leitor. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou algumas funerárias bizarras. Confira conosco a seguir e surpreenda-se.

Funerárias mais bizarras do mundo

1 – Para animais de estimação

Os humanos não são as únicas criaturas que merecem homenagem depois da morte. O crematório Samasara Eternity em Soignies, na Bélgica, concorda com isso. Os clientes do lugar contratam o serviço para seus amados animais. Os bichinhos podem ser cremados ou enterrados em um cemitério de animais. Ou ainda podem optar pelo empalhamento, assim tornando-os eternos em nossas casas. Esse serviço começou em 1995, quando o fundador Patrick Pendville decidiu investir no meio.

2 – Bar irlandês

Quando o sino do McBride’s Irish Pub, em Providence, Rhode Island, toca, é sinal dos últimos cumprimentos. Esse pub fica ao lado da Casa Funerária Monahan. Desde sua inauguração, em 2011, o lugar conta com uma cerimônia em homenagem ao falecido. Muitas pessoas contratam os serviços do bar para fazerem a despedida de um ente querido.

3 – Drive-through

Os americanos passam tempo demais em seus carros. Sendo assim, diversos serviços são disponíveis em forma de drive through. Isso vai de fast-food a cupcakes e bebidas alcoólicas. O Oliver & Eggleston Funeral Establishment em Farmville, na Virgínia, decidiu inovar. Eles oferecem um serviço diferente. A despedida pode ser feita no estilo drive-through, onde o caixão fica dentro de uma sala com uma grande janela panorâmica. O mesmo é iluminado por luzes, com temporizador para controlar o tempo de cada um.

4 – Adega

Uma grande e elegante sala com painéis de madeira, cheirando a couro e cheia de mesas feitas de barris de vinho. Pensamos imediatamente em um hotel chique, né? É apenas a Casa Funerária Hodges em Naples, Flórida. Os donos da funerária mudaram a sala comunitária para uma adega. Em vez de fazer com que os parentes e amigos chorem por uma morte, eles os estimulam a beber para celebrar a vida.

5 – Funerárias modernas

A maioria das funerárias são construídas segundo o conceito vitoriano de arquitetura. Podemos encontrar diversas colunas góticas brancas com osso, tapetes escuros e arandelas de ouro. A Casa Funerária e Jardim em Pinoso, na Espanha, é diferente. O lugar parece uma casa extremamente chique no estilo moderno de meados do século. O exterior é preto vítreo e ostenta grandes quantidades de janelas que permitem a entrada de luz natural. O interior é lindo, branco brilhante e cuidadosamente projetado com móveis elegantes espalhados. Até a capela é pintada de cor branco puro e brilhante.

6 – Para ricos e famosos

Existe uma funerária voltada para ricos e famosos. Trata-se da Frank E. Campbell Funeral Home em Manhattan. Se você quer se despedir como grandes celebridades, é preciso desembolsar uma boa quantia. Um caixão na funerária custa $ 90.000. O lugar oferece muita segurança para lidar com os fãs inconformados que podem invadir o funeral.

7 – Funerárias velhas

Existem diversas funerárias antigas que passaram de geração em geração. No entanto, nenhuma, pelo menos nos Estados Unidos, bate a Bucktrout de Williamsburg, na Virgínia. Isso porque a funerária foi inaugurada em 1759, tendo mais de 260 anos. O lugar não começou como uma casa funerária, mas eles produziam caixões de madeira e providenciavam enterros em sua fazenda. Com o tempo, se tornou uma empresa mais formal. Foi também o primeiro lugar a possuir e operar um crematório. Em 2011, a funerária foi comprada pela família Altmeyer que restaurou e renovou o lugar histórico.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Qual é o tempo de jogo de Assassin’s Creed: Valhalla?

Matéria anterior

Nova temporada de Dexter ganha primeiros detalhes

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar