• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 histórias bizarras envolvendo videogames

POR Maria Ritha Paixão    EM Curiosidades      23/04/19 às 17h51

Especialistas em jogos de videogame dedicam seus tempos criando histórias para prender a atenção dos gamers. É um trabalho literário intenso de muita pesquisa. Mas, o que dizer das criações de jogos violentos? É ou não influência para os jogadores?

É possível que a imersão no mundo dos jogos influencie diretamente no comportamento dos jogares no mundo real. Há pais precavidos, que proíbem o contatos dos filhos com esses tipos de jogos, mas não por muito tempo. Sei que parece besteira, mas leia as 7 histórias de pessoas que tomaram atitudes estranhas por causa de videogames.

1 - Chuang

Taiwan é casa dessa desagradável história. O garoto Chuang de 18 anos resolveu alugar um quarto exclusivo para jogar Diablo 3 por 40 horas seguidas, sem intervalo. O ato resultou em uma tragédia. Adormecido na mesa, o jovem foi encontrado desacordado. Após ser desperto, deu alguns passos e caiu no chão. Ao chegar no hospital já era tarde, o garoto estava morto. O diagnóstico foi que o tempo sentado pode ter ocasionado um coágulo de sangue.

2 - Alexandra Tobias

Moradora da Flórida, Alexandra tinha um filho. Alexandra gostava muito de jogar e seu filho, um certo dia, começou a chorar enquanto ela jogava. A raiva pela interrupção a fez tomar uma atitude seríssima em relação à criança. A mulher sacudiu violentamente a criança, o que fez com que ela se machucasse seriamente na cabeça. Para tentar se acalmar, saiu para fumar um cigarro, mas voltou e continuou com a atitude agressiva. Resultado. A criança foi parar no hospital com traumatismo craniano. A mãe tentou mentir, mas foi descoberta e presa.

3 - Tyrone Spellman

Mais um outro caso de violência preenche a história dos viciados em games. Tyrone tinha 26 anos e morava com sua filha. A criança para chamar a atenção do pai começou a mexer do cabo do Xbox. Furioso com a atitude da filha, o homem acabou cometendo o maior erro da sua vida. Cego de raiva, levantou e agrediu a criança cinco vezes na cabeça. O crânio do bebê foi quebrado em várias partes e a levou à morte. Condenado a 45 anos de prisão por homicídio, ele agora cumpre pena pelo ato bárbaro contra sua própria filha.

4 - Pavel Mateev

O vício dos games para crianças é muito mais perigoso. Pavel Mateev tinha o hábito de jogar por horas no seu computador. A mãe dera um jogo no qual ele se dedicou por um bom tempo. Mas a introspecção da criança por causa do game não gerou uma boa notícia. O garoto de 15 anos, vislumbrado com o jogo, foi para o quintal de sua casa e cortou a própria cabeça com uma motoserra. Investigadores palpitam que o menino foi incitado a cometer suicídio devido ao jogo.

5 - Patricia Waible

Essa enfermeira agiu de forma incompreensível durante o seu turno de trabalho. Um paciente recém operado não conseguiu chamá-la para ajuda-lo. O vício no videogame foi tão grande de Patricia deixou de olhar Bill e não prestou socorros devidos ao paciente. O falecimento da vítima fez com que a enfermeira fosse transferida para um reformatório e dispensada após pagamento. O caso manchou completamente a reputação do hospital.

6 - Kim Jae-beom e Kim Yun-jeong

Os dois coreanos se conheceram em um chat online e depois de casados tiveram uma filha. O amor incontrolável do casal fazia com que ficassem por 10 horas conversando pela internet. O tempo de conversa era o mesmo que a criança ficava sozinha. Depois de 12 horas foram olhar a criança e já encontraram o bebê morto. Relatos dados à polícia pelo casal não enganaram as autoridades. A criança estava desnutrida e mal cuidada.

7 - Malik Terrell

Os irmãos de Malik Terrell suspeitaram que um garoto de 15 anos havia roubado o seu sistema de videogame. Malik foi atrás de vingança e agrediu o suspeito na cabeça até a morte e colocou o seu corpo em um carrinho de lixo que ia até uma casa abandonada. Após o assassinato, Terrell tentou fugir, mas foi preso em seguida.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Maria Ritha Paixão
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+