• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 lagos e rios que seres humanos nunca devem tocar

POR Bruno Destéfano    EM Mundo Afora      10/05/19 às 18h39

Viver no arredores de um ambiente litorâneo deve ser mágico, mesmo que eu não tenha propriedade no assunto para afirmar com todas as palavras (infelizmente). Visitar os paraísos aquáticos durante as férias é o deleite de uma vida toda. Parece que faz valer a pena todos os perrengues passados ao longo de nossa rotina. No entanto, a mágica também pende para um lado negativo. Bom, ao menos em algumas regiões do mundo. A água é a essência da vida e nós temos a plena consciência disso. Só que, em alguns casos, as pessoas precisam ficar o mais longe possível de certos lagos e rios. Imagine só correr risco de vida pelo simples ato de tocar em águas contaminadas e perigosas? O medo é completamente compreensível, porque não estamos falando de ficção. Conheça 7 lagos e rios que seres humanos nunca devem tocar.

A natureza é uma caixinha de surpresas e precisamos estar preparados para o pior. Mesmo que a água seja indispensável para a nossa existência, ela também pode nos levar ao óbito. Não acredita? Confira os casos a seguir e pense duas vezes antes de nada em marés desconhecidas.

1. Andaluzia, Espanha

Andaluzia, o rio tinto da Espanha, é uma mistura tóxica de subprodutos de mineração ??e drenagem ácida. Desde mais ou menos 3.000 a.C., as áreas ao redor do rio foram exploradas por seus ricos depósitos de ouro, prata, cobre e outros minerais preciosos. Surpreendentemente, embora as águas sejam perigosas demais para os seres humanos, elas não são desprovidas de vida. As bactérias anaeróbias extramófilas, que não precisam de ar e são capazes de viver em condições extremas, vivem na região.

2. Citarum, Indonésia

O rio Citarum, localizado na Indonésia, é um dos rios mais poluídos do mundo. Isso ocorre porque centenas de indústrias diferentes criaram o hábito de contaminá-lo, despejando resíduos de fabricação de têxteis. Contraditoriamente, ele serve como abastecimento para as casas de 28 milhões de pessoas, e é aí que o perigo mora.  Por isso, em 2011, 4 bilhões de dólares foram gastos para salvar o rio e as pessoas que dependem dele.

3. Boiling, Dominica

Quer se refrescar? Não venha para este lago termal. Na verdade, não chegue nem perto. Boiling, localizado na Dominica, é o mais quente de todos. Ele chega a atingir temperaturas que variam de 180 a 197 graus Fahrenheit, o que equivale a 82/92 graus Celsius. Toda essa loucura resulta em bolsões vulcânicos na região. Bem, esse é um dos 7 lagos e rios que seres humanos nunca devem tocar.

4. Lagoa Azul, Reino Unido

A Lagoa Azul do Reino Unido, originalmente chamada Pedreira de Far Hill, não é realmente uma lagoa. Na verdade, é o resultado de uma ex-pedreira que foi inundada desde o seu fechamento. A coloração azul da água vem das substâncias químicas tóxicas encontradas nas rochas, que dão à lagoa seu 11,3 pH. Além disso, a água também contém lixo, excrementos e animais mortos. Ainda assim, por alguma razão, isso não impediu que as pessoas dessem um mergulho por lá.

Não faça isso.

5. Horseshoe Lake/Califórnia, Estados Unidos

O Horseshoe Lake, localizado na área de Mammoth Lakes, nos Estados Unidos, está repleto de dióxido de carbono e sulfeto de hidrogênio altamente concentrados. Ele é potencialmente um tóxico coquetel de veneno que não só matou 170 acres de árvores, mas também humanos. Em 1998, um caminhante saudável de 58 anos pereceu ao entrar em contato com a água. Já em 2006, os gases eliminaram três patrulheiros de esqui.

6. Lago Kivu, entre Ruanda e a República Democrática do Congo

O Lago Kivu é extremamente mortal pelo fato de conter imensos depósitos de gás metano e dióxido de carbono. Os gases, por si só, são razoavelmente inofensivos. No entanto, não podem entrar em contato com agitações vulcânicas. Acontece que existem muitos vulcões na área, fazendo de Kivu uma bomba-relógio e um perigo para as milhões de pessoas circuncidantes. Cuidado, porque esse é um dos lagos e rios que seres humanos nunca devem tocar.

7. Mono Lake/Califórnia, Estados Unidos

O Mono Lake é um dos lagos mais antigos dos EUA e um dos mais mortíferos. Grandes quantidades de sais foram depositadas nele, tornando-o quase três vezes mais salgado que os oceanos. Embora todo esse sal tenha resultado em algumas incríveis colunas de calcário, também tornou o lago um pouco perigoso. Camarão de salmoura, moscas e um certo tipo de alga são as únicas coisas que vivem lá. Quer avaliar o nível de periculosidade?  Basta conferir as inúmeras aves mortas ao longo de suas margens. Acho que já é o suficiente.

Agora você sabe do que alguns lagos são capazes e estamos satisfeitos em repassar as informações. Acredite: isso pode te salvar um dia.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+