• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 mistérios bíblicos que conseguimos resolver

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      14/06/19 às 19h14

Diversos são os mistérios bíblicos os quais ainda não conseguimos encontrar respostas ou explicações para eles. Principalmente, quando estamos lidando com o sobrenatural, encontrar provas científicas para validar esses eventos, se torna uma missão quase impossível. No entanto, a fé não depende de explicações científicas e muitas pessoas estão satisfeitas com as explicações do livro sagrado.

Entretanto, existem aquelas pessoas mais céticas e que fundamentam suas crenças, muitas vezes, em fatos científicos. Ou, simplesmente, que desejam comparar à luz das ciências tais fatos. Pensando nisso, hoje, listamos para vocês alguns mistérios bíblicos que já foram resolvidos pela ciência. Confira!

1 - O Santo Sudário é verdadeiro?

Segundo dois evangelhos, o corpo de Jesus estava envolto em uma mortalha antes de ser enterrado. Tal artefato foi posteriormente chamado de Santo Sudário. O sudário teria aparecido pela primeira vez em 1354. No entanto, testes realizados no final da década de 1980 trouxeram grandes revelações a seu respeito.

De acordo com estudo publicado na revista Nature, os cientistas concluíram que havia 95% certeza de que o sudário era medieval, datando entre 1260 e 1390. Exames realizados, em 2018, descobriu que as manchas de sangue no tecido são provavelmente falsas devido à diversas inconsistências.

2 - Sodoma era um lugar real?

Apesar dos escritos bíblicos, alguns cientistas queriam garantir que a cidade de Sodoma realmente existiu. Em 2015, um lugar descoberto na Jordânia, conhecido como Tall el-Hamman, se encaixava na descrição bíblica de Sodoma. Além de que, o lugar teria chegado a um "final súbito e inexplicável". Segundo os arqueólogos, no final da Idade do Bronze, a cidade havia se tornado inesperadamente um deserto por 700 anos. Teria sido essa a destruição descrita na Bíblia? Pelo o que indicam as evidências, é bem possível que sim.

3 - O grande dilúvio realmente aconteceu?

A história de Noé e o grande dilúvio é uma das histórias mais famosas da Bíblia. Segundo a ciência, nunca houve uma inundação que tivesse acometido todo o planeta. Entretanto, houve sim uma catastrófica inundação em uma determinada localidade e que matou milhares de pessoas, o que pode ter servido como inspiração para a história bíblica.

Essa tal inundação teria sido responsável pela formação do Mar negro, como conhecemos hoje. Devido ao derretimento de enormes geleiras, no fim da última era glacial, o Mar Mediterrâneo aumentou tanto que sua água invadiu a faixa de terra onde hoje está localizada Istambul, na Turquia, e correu para o Mar Negro, que na época era apenas um pequeno lago de água doce. Isso há cerca de 5 mil anos atrás. A descoberta foi realizada pelo arqueólogo submarino Robert Ballard.

4 - Onde Jesus foi condenado?

Em 1999, foi encontrado, em Jerusalém, os restos do palácio do rei Herodes. Apesar dele ter aparecido na história de Jesus, ele já havia morrido quando o Messias foi julgado na frente de Pôncio Pilatos. Segundo um arqueólogo, Jesus pode ter sido julgado nesse palácio.

Segundo a revista Jewish Magazine, algumas evidências sustentam tal possibilidade. Um professor ainda acrescentou que, com as informações que sabemos até o momento sobre o palácio de Herodes, os "relatos arqueológicos, históricos e evangélicos - tudo se encaixa e faz sentido".

5 - O Sol se permaneceu estático?

Supostamente, em uma batalha narrada em Josué 10, o Sol e a Lua são ordenados por Deus a ficarem estáticos no céu. No entanto, a palavra judaica "dôm" costumava ser traduzida como "parou de se mover", e deve ser interpretada como "parou de brilhar". Isso poderia indicar que um eclipse ocorreu durante a batalha.

6 - Como o rei Salomão e a rainha de Sabá ficaram tão ricos?

Se de fato o rei Salomão e a rainha de Sabá existiram de fato, o que não é uma certeza, resta a grande dúvida de como eles ficaram tão ricos. Segundo o portal Live Science, existiam vastas minas de cobre em Israel. Em escavações, foi descoberto que essas minas são do mesmo período do rei Salomão. Datação por radiocarbono de artefatos mostraram que eles se alinhavam perfeitamente com seu reinado.

Já em relação à rainha de Sabá, o The Guardian, em 2012, publicou um artigo sobre uma escavação que encontrou uma antiga mina de ouro, no que território que teria pertencido à ela. Inscrições na língua que a rainha supostamente falava fomentam a veracidade de tal evidencia.

7 - Como Moisés abriu o mar vermelho?

Segundo a Bíblia, quando Moisés estendeu as mãos sobre o Mar Vermelho, Deus fez o mar se abrir e os judeus puderam atravessar, os possibilitando escapar da tirania do faraó egípcio. Entretanto, segundo o Washington Post, o engenheiro de software, Carl Drews, fez uma análise de tal evento para sua tese de mestrado. Em 2010, suas descobertas foram publicadas na revista especializada PLOS One.

Segundo o artigo de Drews, separar o Mar Vermelho era completamente possível. O primeiro grande segredo por trás disso é onde isso de fato aconteceu. Segundo arqueólogos, o provável local foi o Lago de Tanis. Segundo ele, rajadas de vento de aproximadamente 100 km/h devido a um evento atmosférico teriam afastado a água, o suficiente para deixar a terra seca e os judeus passarem. Tal evento já foi observado no Delta do Nilo e no Lago Erie.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Grunge  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+