icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 momentos mais sombrios do Homem-Aranha

POR Erik Ely EM Fatos Nerd 17/03/20 às 15h08

capa do post 7 momentos mais sombrios do Homem-Aranha

Desde 1962, Peter Parker, após ser picado por uma aranha radioativa se tornou um dos super-heróis mais populares de todos os tempos. Dessa forma, ele se tornou um modelo e um personagem amado por crianças, adolescentes e até adultos ao redor do mundo. Contudo, nem tudo, ao longo de sua existência, foram flores. Por isso, separamos os 7 momentos mais sombrios do Homem-Aranha.

Se você precisar da ajuda de alguém, pode contar com o amigo da vizinhança. Entretanto, para os momentos que vamos citar aqui, quem precisou de ajuda, na verdade, foi o próprio Homem-Aranha. Se envolvendo com mortes, assassinatos e doenças, esses são os momentos mais sombrios do personagem.

1 - Ele bateu na Mary Jane

Durante a saga do clone, Mary Jane estava tentando consolar Peter, por conta de tudo que estava acontecendo. Contudo, por conta de seu temperamento, ele bateu em Mary Jane, jogando-a para o outro lado do quarto. Sua intenção era apenas afastar sua mão, mas por conta de sua força como herói, ele perdeu o controle e a fez voar pelo quarto. Além disso, na época, Mary Jane estava grávida. Mas, isso não afetou o bebê e os dois se resolveram posteriormente.

2 - Ele matou Kraven, o Caçador

Nas histórias do Aranha, Kraven, o Caçador, é um vilão que está sempre caçando o herói como um animal em busca da presa. No entanto, em uma história, essa caça vai longe de mais. Com isso, Kraven mata Kaine Parker, um clone de Peter, e Martha "Mattie" Franklin, a Mulher-Aranha. Ao descobrir do ocorrido, Peter fica furioso e busca vingança, mantando Kraven em seu próprio jogo. Depois disso, Peter é expulso de "Os Vingadores" e começa a se torna um procurado da polícia.

3 - A morte de Gwen Stacy

Em um dos momentos mais importantes na história do personagem, Peter Parker não consegue salvar Gwen Stacy, sua namorada, e ela acaba morrendo em seus braços. Na história, ao vê-la caindo do alto de um prédio, nosso herói solta suas teias para salva-lá. No entanto, o efeito de chicote da teia fez com que Gwen quebrasse seu pescoço. Mesmo que evitando uma morte muito mais sangrenta, a cena marcou um dos momentos mais sombrios na carreira do personagem.

4 - Ele fez um pacto com o Demônio

Em um dos piores momentos do Homem-Aranha, Peter encontra Mephisto, o Diabo da Marvel, e precisa escolher entre seu casamento com Mary Jane ou salvar a vida de sua tia. Sem ter para onde correr, Peter escolhe salvar sua tia May e isso faz com que todas as lembranças de seu casamento com Mary Jane sejam apagadas.

5 - Sendo um zumbi, ele devorou a tia May e Mary Jane

Em uma realidade alternativa, todos os heróis da Marvel são infectados com um vírus horrível que os transforma em zumbi. Nessa história, Peter tenta avisar Mary Jane e sua tia May sobre os riscos do vírus, mas é tarde demais. Ao encontrá-las, ele perde o controle e as devora de uma forma horrível.

6 - Peter fez com que Mary Jane contraísse câncer

Em um futuro sombrio do personagem, Peter é assombrado pela culpa de muitas de suas ações. Com o tempo, descobrimos que se sente culpado por matar Mary Jane com seu esperma radioativo. Na história, as relações sexuais de Peter continham altas quantidades de radiação, fazendo com que Mary Jane tivesse câncer e morresse.

7 - Ele foi molestado

No anos 1980, uma das histórias do Homem-Aranha tentava conscientizar contra o abuso sexual. Contudo, ao mesmo tempo, a história também mostrava o jovem Peter sendo abusado por um amigo da família. Embora nada seja explícito na cena, fica bastante claro, o que o leitor havia acabado de ler.


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest