Curiosidades

7 países com nomes originais diferentes dos que conhecemos dos mapas

0

O nosso mundo é uma imensa caixinha de surpresas e podemos conhecer coisas novas a todo o momento. A diversidade nos atrai e encanta, visto que cada país possui suas culturas, seus climas, seus formatos e etc. Por esse motivo, diversas pessoas sonham em viajar os quatro cantos do planeta e conhecer o máximo que conseguirem. Infelizmente, essa é uma realidade de poucas pessoas, mas ainda podemos nos programar para conhecer um ou dois países que sempre sonhamos. Mas, antes de finalmente realizar uma viagem internacional, é preciso se atentar a algumas coisas, obter informações sobre o lugar. Inclusive, para não fazer feio lá fora.

E uma coisa que poucas pessoas sabem é que os nomes que conhecemos dos países nem sempre correspondem aos originais que lhes foram dados pelos povos originários desses lugares. Você, provavelmente, não sabia que alguns países, como esses que vamos listar, não têm os mesmos nomes que encontramos nos mapas. Sendo assim, confira conosco os verdadeiros nomes desses lugares e surpreenda-se. Aproveite para compartilhar com seus amigos desde já e, sem mais delongas, vamos lá.

Nomes originais de alguns países

1 – Áustria (Ostarrîchi)

O nome Österreich é original do alemão arcaico e significa “reino oriental”. O nome que conhecemos, “Áustria”, é uma versão latinizada do nome original. Por isso, causou uma certa confusão, visto que öst em alemão significa “leste” e auster em latim, “sul”.

2 – Armênia (Hayq)

“Armênia” vem do antigo nome da região, Armi. De acordo com outra versão, o topônimo surgiu graças ao nome do rei urartiano Aram. Não importa o que é, o que chama a atenção é que o nome Armênia não tem nada a ver com essas palavras que soam como Hayq. O país era conhecido, na Idade Média, como Hayastan. A origem do nome têm diversas versões. Uma delas tem ligação ao nome do líder mitológico dos armênios, Haico, que, de acordo com a lenda, derrotou o exército do rei babilônico Bel, em 2.492 a.C.

3 – Butão (Druk-Yul)

Acredita-se que o nome “Butão” tenha vindo da língua tibetana de raízes bod (“Tibete”) e anta (“periferia”), ou melhor, “Periferia do Tibete”. O nome teria então passado para várias línguas indianas até chegar a nós como “Butão”. O país, na verdade, é chamado de Druk-Yul, que significa “Terra do Dragão”.

4 – Alemanha (Deutschland)

O nome Alemanha é chamado de várias formas em diferentes lugares do mundo. Por exemplo: Allemagne, em francês; Saksa, em finlandês e Tyskland, em dinamarquês. No entanto, os próprios alemães chamam o país de Deutschland. De acordo com as histórias, a palavra significa algo como “ligado ao povo”. Esse nome surgiu graças aos nomes usados para designar as tribos que viviam por lá.

5 – Groenlândia (Kalaallit Nunaat)

Groenlândia (“Terra Verde”) foi inventado pelo viking Erik, o Vermelho. Com esse nome, esperava atrair novos moradores, embora a severa ilha do norte não pudesse ser chamada de verde. Mas, o país mesmo se chama Kalaallit Nunaat “Terra dos kalaallites”, um dos povos esquimós groenlandeses.

6 – Irlanda do Norte (Tuaisceart Éireann)

Em irlandês o nome do país é Tuaisceart Éireann. Não existe nada de muito diferente. O topônimo tem uma tradução bastante simples: “Ilha do Norte”.

7 – País de Gales (Cymru)

País de Gales, na verdade, tem outro nome: Cymru. Esse vem da palavra kom-brogi, que significa “compatriotas”. A palavra “Gales” originou-se do antigo nome inglês da tribo gaulesa que habitava o lugar.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Vacina contra demência por Alzheimer será testada em humanos

Matéria anterior

Esse é o quadro preferido dos ladrões

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.