Entretenimento

7 pequenas coisas que se tornam um pesadelo para quem é possessivo

0

Existem uma linha tênue entre o amor e a possessão. Para quem está de fora de um relacionamento não é tão difícil identificar essa diferente. Mas, para quem está envolvido na situação, é bem complicado de conseguir enxergar. Não apenas, existem dois tipos de possessividade, a agressiva e a inocente.

O problema de um relacionamento possessivo é que eles podem acarretar uma série de problemas, como infelicidade, raiva, ansiedade, podendo chegar a abuso físico e emocional. Quando uma pessoa diz se preocupar demais, querer proteger demais, nem sempre quer dizer que isso fará com que ela realmente cumpra sua palavra. Pelo contrário, essa “atenção” pode acabar se tornando um grande pesadelo.

É importante lembrar que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que interessarem pelo conteúdo.

Agora, e o outro lado? Como será que funciona? Para entender um pouco como funciona a cabeça das pessoas que são possessivas, nossa redação selecionou uma listinha com 7 pequenas coisas que se tornam um pesadelo pra quem é possessivo.

1 – Não ser atendido logo na primeira quando liga

01

Se você estiver tomando banho, fazendo o número dois, recebendo uma bronca dos pais, esqueceu o celular no carro, acabou a bateria… enfim, os motivos são inúmeros, e não atender a ligação imediatamente, a pessoa irá pensar (apenas) um milhão de coisas até, efetivamente, conseguir falar com você.

2 – Não receber resposta de mensagens em menos de um minuto

02

O mesmo acontece com as mensagens. Hoje em dia é mais fácil as pessoas mandarem mensagem primeiro e, apenas em casos extremos, depois ligar. Para um possessivo a lógica é contrária. Isso porque ela precisa ter certeza de que é com você que está falando ao telefone. Se isso não acontecer, ela vai continuar te ligando e mandando um milhão de mensagens.

3 – Estar no mesmo ambiente que a/o ex da/o atual

03

Quando você e seu/sua digníssimo/a estão num barzinho ou na balada ou no cinema ou em qualquer lugar do universo, se seu/sua ex aparece a certeza é que a saída virará um inferno. Para uma pessoa possessiva, estar no mesmo ambiente que a/o ex da/o atual é a morte, pois pensar que algum dia essas duas pessoas tiveram algo é inadmissível.

4 – Não ser quem toma as decisões sobre o que comer

04

A pessoa precisa escolher absolutamente tudo o que comer, assim como o que a outra pessoa vai comer. Caso contrário, vai fazer birra e, até, não comer. Criando um mundo de brigas consecutivas pelos mais diversos motivos.

5 – Nem sobre o que vestir

05

Se não poder escolher o que vocês vão comer te deixa possesso, então não poder escolher com que roupa a pessoa vai sair é outro pequeno motivo que fará com que se sinta raivoso. É claro que pessoa precisa estar exatamente do jeitinho que você quer.

6 – Ver a/o parceira/o conversar com qualquer pessoa enquanto te espera

06

Por que uma pessoa que é sua deveria estar conversando com outra pessoa? O que tem de tão interessante no outro que não pode ser deixado pra lá? Tudo o que a pessoa precisa falar pode (e deve) ser dito para você, apenas.

7 – Não ouvir “eu te amo” de volta

07

É ruim para qualquer pessoa, mas (!) para uma pessoa possessiva, não ouvir “eu te amo” de volta pode ser algo bem constrangedor, deixando a pessoa em questão pensando um milhão de coisas, como: ele/a não gosta mais de mim, não se importa comigo, não me ama, não me quer…

Então pessoal, vocês são pessoas possessivas? Acham que esses itens são verdadeiros ou são exageros? Já namoraram com uma pessoa assim? Como foi o relacionamento de vocês? E só como casal ou com a família e amigos também? Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com alguma dúvida? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

20 antes e depois de galãs famosos que vão te mostrar que todo mundo envelhece

Matéria anterior

33 produtos que você só compraria por conta da embalagem

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.