icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 pessoas que acidentalmente salvaram suas próprias vidas

POR Bruno Dias EM Curiosidades 04/02/20 às 16h11

capa do post 7 pessoas que acidentalmente salvaram suas próprias vidas

A morte é uma certeza na vida de todas as pessoas, mas também uma certeza. Como o ditado diz a única certeza da vida é a morte. Mas mesmo que seja algo considerado natural, ela não deixa de mexer com os sentimentos mais profundos do ser humano. Por mais que seja uma coisa difícil de se medir, a Organização Mundial de Saúde estima que 102 pessoas morram por minuto no globo.

A maioria das pessoas tem medo de morrer. É algo que vai acontecer com todos. E em algumas situações, parece que a hora de alguém chegou, mas por algum milagre, essas pessoas não morrem. Existem pessoas que conseguiram salvar as próprias vidas acidentalmente. Mostramos aqui alguns desses casos.

1 - Ronald Reagan

Em 1981, esse ex-presidente dos EUA foi quase morto por John Hinckley. Ele só não morreu por causa de Jerry Parr, funcionário do seu Serviço Secreto, que o levou rapidamente para o hospital.

Parr salvou a vida de Reagan, por causa de um filme chamado "Código do Serviço Secreto". Ele viu esse filme quando criança e ficou tão fascinado com o filme, que o longa o inspirou a fazer parte do Serviço Secreto. Curiosamente, a estrela desse filme era Ronald Reagan. E se não fosse por esse, que o próprio diz ter sido o seu pior papel, ele poderia não ter sido salvo por seu funcionário.

2 - William Seward

Esse Secretário de Estado também foi alvo de uma tentativa de assassinato. O assassino Lewis Powell passou por um servo, errou um disparo de pistola e tentou esfaquear Seward até a morte.

Uma semana antes desse atentado, ele sofreu um acidente de carruagem e teve que colocar uma atadura em sua mandíbula. Então, quando ele foi atacado as facadas de Powell não conseguiram atingir Seward. Justamente por esse acidente, a lesão de Seward não foi mais grave.

3 - Seth MacFarlane

O criador do desenho "Family Guy" quase perdeu sua vida. Em 2001, ele iria voar de Boston para Los Angeles, mas ele saiu na noite anterior e acabou perdendo a hora do seu voo. O dia do voo era o fatídico 11 de setembro e o voo, no qual ele ia, foi um dos quatro que foram sequestrados. Por conta de sua saída no dia anterior, ele perdeu esse voo que seria fatídico para ele.

4 -  Theodore Roosevelt

Em 1912, Roosevelt quis concorrer de novo à presidência e montou o seu próprio partido nesse processo. Quando o candidato estava fazendo sua campanha em Milwaukee, ele foi perseguido por John Schrank. O homem teria sido informado, pelo suposto fantasma de William McKinley, de que teria que matar Roosevelt pelo crime de ser um presidente melhor. O algoz foi até onde o candidato estava discursando e atirou nele.

Felizmente, para Roosevelt, a bala atingiu exatamente onde ele guardava a caixa de óculos de metal e seu papel com o discurso, que estava dobrado. E eles acabaram amortecendo o impacto da bala. O candidato fez o discurso e disse: "É preciso mais do que isso para matar um alce".

5 - James Doohan

Esse ator, que interpretou Scotty em Star Trek, serviu nas forças armadas canadenses na Segunda Guerra Mundial. Ele era o líder de alguns homens durante a invasão da Normandia, quando um soldado canadense atirou nele seis vezes.

Quatro tiros atingiram sua perna, um tirou seu dedo e o outro acertou em uma parte crítica do peito. Coincidentemente, a bala atingiu bem onde estava uma cigarreira de prata, que o irmão de Doohan tinha dado para ele. Ela parou a bala e salvou a sua vida.

6 - Luís XV

Luís XV podia ser o rei da França em 1757, mas enfrentava muitas divergências em casa, por causa de suas políticas impopulares. E um ex-servo decidiu levá-lo para fora. Quando entraram no castelo de Versalhes, ele conseguiu esfaquear o rei. A maioria das pessoas achava que ele tinha morrido. Mas o rei sobreviveu com apenas uma ferida.

Isso aconteceu porque Luís XV usava camadas de roupa para mostrar sua riqueza e foram as camadas que amorteceram a facada e salvaram sua vida.

7 - Ian Thorpe

Esse homem é um dos maiores, se não o maior, nadador da Austrália de todos os tempos. E no dia 11 de setembro de 2001, ele estava em Nova York, para um evento e decidiu conhecer a cidade. A primeira parada dele foi no World Trade Center. Ele foi de manhã até as torres, mas esqueceu sua câmera no hotel, e então voltou para buscá-la.

Quando ele chegou no seu quarto e ligou a TV para ver o clima, ele viu as notícias do ataque. E foi salvo pelo seu próprio esquecimento.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest