• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 tipos raros e bizarros de irmãos gêmeos

POR Ana Luiza Andrade    EM Ciência e Tecnologia      07/07/17 às 16h51

Eles podem ser idênticos ou nem tão parecidos assim. Quando vemos uma mulher com uma barriga enorme, de gravidez, a primeira coisa que pensamos é que a futura mamãe provavelmente terá gêmeos. Se a resposta for sim, a segunda coisa que nos vem à cabeça é se são univitelinos ou bivitelinos.

Os univitelinos se desenvolvem a partir de um mesmo óvulo, que foi fecundado por um único espermatozoide, e portanto, eles serão gêmeos idênticos. Se forem bivitelinos, quer dizer que dois óvulos diferentes foram fecundados por dois espermatozoides diferentes, ou seja, eles vão ser parecidos como outros irmãos (que não são gêmeos) se parecem, mas não serão idênticos. Inclusive nesse caso é que nascem os gêmeos de sexo masculino e feminino.

É inegável a ligação desenvolvida entre eles, até porque gêmeos passam nove meses dividindo o mesmo espaço, o útero da mãe. Eles costumam chorar juntos, ficar felizes juntos, sentir tudo o que o outro sente. Algumas mães insistem em vesti-los de maneira idêntica para afirmar ainda mais que eles são de fato, gêmeos, mas não é porque um é o espelho do outro que eles sejam iguais também em personalidade. O físico pode ser igual, mas a essência de um ser humano é desenvolvida individualmente.

Dito isso, nem todos os gêmeos, mesmo quando são idênticos, vão se desenvolver da mesma maneira. Então aqui vai uma lista com 7 casos bizarros e raros de irmãos gêmeos.

1 - Gêmeos de pais diferentes

Sim. Isso é possível e se chama superfecundação heteropaternal. Isso acontece quando a mulher libera mais de um óvulo durante o seu período fértil. Se durante esse período ela tiver relações com mais de um homem, em um curto espaço de tempo, realmente as chances de acontecer isso, podem aumentar.

Foi o que aconteceu com Mia Washington, uma mãe norte americana, que começou a perceber a diferença anormal entre os filhos. Um exame revelou que os dois meninos tinham 99,999% de chances de serem filhos de pais diferentes. Em entrevista a rede BBC, Mia contou sua história.  "De todas as pessoas nos Estados Unidos, e de todas as pessoas no mundo, foi acontecer comigo. Estou chocada", ela desabafa.

Na verdade, este caso é raro porque a nossa sociedade cultiva em maior número a monogamia. Se fossemos sexualmente mais liberais, haveriam mais casos de gêmeos com pais diferentes.

2 - Idênticos, mas de sexo diferente

Os espermatozoides possuem cromossomos, eles podem ser X ou podem ser Y. O que vai delimitar o sexo do bebê acontecerá na fusão entre esses cromossomos, com o óvulo, que é X. Se o espermatozoide for Y e se unir ao óvulo X, será um menino XY (masculino). Da mesma maneira, se o espermatozoide for X, ele vai se unir ao óvulo X e então será uma menina, XX (feminino).

Esse caso de gêmeos idênticos com sexo diferente é raro, pra não dizer raríssimo e está associado a anomalias genéticas. Para que um caso assim aconteça deverá contecer a fecundação de um menino XY, que perderá o cromossomo X gerando assim um gêmeo. Essa criança gerada de apenas um cromossomo sexual será uma mulher, X0, e como ela foi desenvolvida de uma anomalia ela terá a Síndrome de Turner.

Nesses casos, a menina terá uma puberdade tardia, baixa estatura e algumas dificuldade de aprendizagem. Se ela quiser engravidar, um tratamento de fertilidade será necessário.

3 - Superfetação

Imagine essa situação, você é mulher e descobre que está grávida. Você fica feliz e se prepara para a chegada do bebê. Alguns meses depois, durante um exame de rotina, o médico identifica que você engravidou novamente. Isso é possível?

É, e esse fenômeno se chama superfetação. Estima-se que ocorreram cerca de 10 casos como esse no mundo, que tenham sido documentados pelos médicos.

Flávia D'angelo, uma italiana de 20 anos está entre essas 10 pessoas do planeta. Em 2001 ela estava prestes a dar à luz a uma menina, com 9  meses, quando seu médico descobriu que paralelamente a mãe gestava não apenas gêmeos, como TRIGÊMEOS. E eles estavam com 6 meses, o que comprovou a fertilização em períodos diferentes.

Craft, o médico responsável por Flávia e os bebês, explicou na época em entrevista a BBC, que esse fenômeno ocorre normalmente com animais. E que a probabilidade de nascimento de trigêmeos é de apenas um a cada seis mil partos. Então juntando a raridade da superfetação com a raridade de se ter trigêmeos, Flávia se tornou um caso único na história e espantou o médico, além da sua capacidade científica.

"Qual a possibilidade de termos essas duas combinações juntas? É mais fácil ganhar na loteria", comentou o médico.

O perigo de gestações assim é realizar o parto da primeira criança enquanto outras estão sendo geradas dentro do útero. Nesse caso, as crianças geradas depois da primeira gestação normalmente nascem prematuras.

4 - Os Semi-Idênticos

Eles são muito, muito parecidos, mas não são idênticos. Nesse caso específico de gêmeos semi-idênticos, as crianças são geradas da fertilização de um único óvulo, mas por dois espermatozoides diferentes. Assim eles são idênticos por parte da mãe, mas diferentes pela parte do pai, pois só compartilham metade dos genes masculinos.

Esses gêmeos semi-idênticos foram chamados pela classe médica de "quimeras". Isso significa que suas células não são uniformes, pois cada espermatozoide contribuiu com genes diferentes para as duas crianças.

5 - Gêmeos-Espelho

Apesar de rara essa condição, esta é a mais comum de todas as "anormalidades". Estima-se que a cada 4 pares de gêmeos, 1 terá a condição de ser um "espelho". Isso significa que um será o oposto do outro, como se eles se olhassem literalmente, num espelho.

Por exemplo, se um é destro, o outro será canhoto. Se um tem um defeito no lado direito, o outro terá o mesmo defeito físico só que do lado esquerdo.

Um caso desse tipo foi registrado pelo programa Fantástico da Globo. Guilherme e Matheus são gêmeos-espelho. Um tem todos os órgãos do lado correto, e o outro tem os órgãos invertidos. Inclusive, um tem o coração no lado esquerdo, e o outro tem o o coração do lado direito.

Essa condição acontece quando o óvulo se separa entre a 7ª e 12ª semana. Quando ele se separa antes disso, são gêmeos idênticos, apenas.

6 - Gêmeos de "raças" diferentes

Parece estranho, mas isso acontece.  E com a diminuição do racismo e, portanto, o aumento das relações inter-raciais, esse caso tem se tornado cada vez mais comum.

Ele pode acontecer de duas maneiras, a mais difícil e rara é por meio da super fecundação heteropaternal, ou seja, gêmeos de pais diferentes. Assim cada bebê vai carregar de cada pai, o código genético da cor da pele. Se um dos pais for asiático e o outro negro, cada bebê vai nascer respectivamente com características asiáticas e negras. Além da mistura do código genético da mãe.

A segunda opção mais comum é quando os pais dos gêmeos são de etnias diferentes, a  mãe é branca e o pai negro, por exemplo, e eles tem gêmeos bivitelinos, ou seja, vão mesmo nascer diferentes e isso pode incluir o tom da cor da pele.

7 - Gêmeo-Parasita

Esse caso é talvez o mais chocante. Um gêmeo-parasita é uma espécie de gêmeo que não se separou corretamente durante a divisão do óvulo. Assim, um dos gêmeos vai se desenvolver dentro do irmão. Pode ser um braço a mais, ou uma cabeça a mais, ou então apenas um caroço disforme.

É importante saber que esse "gêmeo" que não chegou a se formar, não tem consciência e não pode ser considerado um ser. É um feto que não chegou a ter vida, simplesmente porque não se desenvolveu corretamente. Ele parasitou o irmão e se desenvolveu parcialmente, mas está morto.

Em alguns casos é possível retirar o órgão mal formado, mas às vezes a cirurgia pode ser arriscada demais, e praticamente impossível. E desta forma, o irmão tem de viver com o parasita dentro de si.

Impressionante, não é mesmo? A formação dos gêmeos vai muito além de serem ou não parecidos.

Aliás, você conhece algum gêmeo que tenha nascido em um desses casos raros? Não esqueça de deixar um comentário com a sua história. Se você tiver for um gêmeo vai ser ainda melhor.

Próxima Matéria
Ana Luiza Andrade
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+