8 duras realidades sobre o Reino Animal que você não gostaria de saber
Tempo de leitura:2 Minutos, 54 Segundos

8 duras realidades sobre o Reino Animal que você não gostaria de saber

O Reino Animal é cheio de hábitos e espécies curiosas e bizarras até hoje sendo descobertas. Uma das coisas mais intrigantes, são aqueles hábitos perturbadores que a gente nunca imagina que uma criatura pode ter. Alguns bichinhos fofinhos como pandas e coelhos, por exemplo, podem ter hábitos terríveis que vão mudar sua visão sobre eles.

Animais que comem os próprios filhotes ou sempre atacam a mesma vítima. Comunidades cheias de canibais ou baseadas no sexo estão no mundo animal e podem parecer chocante para os humanos. Imagina você ter proteger seus bebês de outras mães que querem comê-lo?

Essas realidades do mundo animal vão te deixar chocados. Acompanhe algumas situações do mundo animal que a que a Fatos Desconhecidos separou nessa lista.

1 – Pandas são mães terríveis

1

Por mais que você ache os pandas criaturas incríveis e encantadoras, a espécie tem seu lado negativo. As mães desse tipo de urso costumam ter mais de uma cria, mas escolhem apenas uma delas. Ao reconhecer o bebê panda mais forte, a mãe irá ignorar o outro para se dedicar a apenas um.

2 – Coelhos comem os filhotes

2

Certamente você acha os coelhos um dos animais mais fofinhos do mundo animal, mas eles também pode ser bem duros. Os coelhos podem comer seus filhotes por diversos motivos diferentes. Para conseguir copular com a fêmea por mais vezes, por exemplo, os machos podem comer todos os filhotes.

3 – Águias negras fazem rinha com seus filhotes

3

Quando vários filhotes de águia negra precisam dividir o mesmo ninho, as criaturas recém nascidas costumam brigar entre si. Pela atenção da mãe, por mais alimento ou mesmo para mostrar que é mais forte, às vezes um dos filhotes pode até matar o outro, enquanto a mãe apenas assiste.

4 – As abelhas vivem em comunidades canibais

4

Para reduzir a competitividade genética dentro da colmeia, as abelhas comem os ovos uma das outras. Além da competição de comilança, ainda tem a alimentação da abelha-rainha, que inclui o ovo de qualquer abelha dentro da colmeia.

5 – Golfinhos sofrem de insônia

5

Os golfinhos são os animais mais inteligentes da Terra, depois dos humanos. Além do intelecto bem desenvolvido, eles também compartilham outras características com nossa espécie. Mesmo quando dormem, os golfinhos ainda mantém metade do cérebro acordados. Além disso, depois que tem filhos, as mães podem ficar meses sem dormir completamente.

6 – Morcegos perseguem a mesma vítima

6

Um hábito ainda não compreendido pela ciência, mas percebido e comprovado envolve os morcegos. Depois que atacam uma criatura, os morcegos-vampiro tem a tendência a voltar toda noite atrás da mesma vítima para tomar seu sangue. O mais aterrorizante é que a espécia também consegue reconhecer humanos somente pela respiração.

7 – O sapo peludo quebra os próprios ossos

7

Para se defender de predadores e ameaças, o sapo peludo pode quebrar alguns pequenos ossos para simular garras em suas patas. Além de quebrá-los, os pedaços são projetados para fora, como se o sapo fosse um pequeno Wolverine.

8 – As sociedades de bonobo giram ao redor do sexo

8

Apesar de ter os mesmos ancestrais que os humanos, os bonobos vivem nas comunidade mais pacíficas do reino animal. O relacionamento entre os primatas é tão bom que para resolver disputas, trocar comidas e até mesmo apenas se cumprimentar, os bonobos fazem sexo. Pode envolver desde masturbar um ao outro ou até mesmo a copulação de fato.

Realmente esses animais tem hábitos bem esquisitos, hein? Imagine destruir os próprios filhotes ou passar meses sem dormir. Que terror!