• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 vezes que linhas temporais alternativas foram criadas em Vingadores: Ultimato

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      19/06/19 às 13h46

É inegável que Vingadores: Ultimato subverteu todas as opiniões e expectativas relacionadas a filmes de super-heróis. O encerramento da franquia dos Vingadores e da fase 3 da Marvel foi algo inesperado e, até o momento, insuperável. O blockbuster é complexo, porém, bem planejado. Conseguimos entender o conceito de viagem no tempo e seus riscos sem precisar pegar um livro de física ou um dicionário. No entanto, uma coisa o longa deixou em aberto: as linhas alternativas criadas.

Pode ser que o MCU explore ou não essa deixa. Com a abertura do multiverso vindo por aí, o esperado são outras realidades e dimensões, mas isso não exclui uma variação do passado. Os Vingadores conseguiram recuperar todas as Joias do Infinito, usá-las e devolvê-las para suas linhas do tempo originais. No entanto, o assalto temporal provocou diversas reações. Pensando nisso, selecionamos 8 vezes em que uma linha temporal alternativa foi criada durante o filme de Joe e Anthony Russo.

8 - Quando Thor convocou o Mjolnir em Asgard

Quando Thor e Rocket voltaram para a Asgard de 2013, eles encontraram Frigga, a mãe do deus do trovão. O herdeiro de Asgard estava passando por um momento difícil devido às perdas e sua falha em matar Thanos. Além de ajudá-lo a lidar com seus questionamentos internos, a conversa entre mãe e filho proporcionou uma conclusão emocionante que antecede a morte da deusa. Antes de voltarem para 2023 com o Éter (poderíamos até chamar de Joia da Realidade mas Thor já explicou que esse nome não faz sentido), o guaxinim ficou esperando enquanto seu amigo asgardiano invocava Mjolnir. Assim que se viu digno novamente, Thor retornou para sua linha temporal.

A espera valeu a pena, porque foi graças à ela que vimos a épica cena do Capitão América portando o martelo. Contudo, essa ação de Thor pode ter desencadeado diversas consequências, já que sua versão de 2013 não tinha sua principal arma. Como será que o herói se virou para enfrentar os Elfos Negros, Ultron e Hela sem Mjolnir? Pelo menos, no último caso, o martelo não faria muita diferença.

7 - Quando o Máquina de Guerra nocauteou o Senhor das Estrelas

Um dos momentos mais hilários do filme foi quando Máquina de Guerra e Nebula ficaram assistindo o Senhor das Estrelas cantar, desafinadamente, Come and Get Your Love do Redbone. O ladino foi nocauteado enquanto se preparava para entrar no Templo da Joia do Poder. Por mais cômica que a cena tenha sido, pode ter resultado uma linha temporal sombria para Peter Quill. Sem o Orbe roubado, Quill jamais se reuniria com os Guardiões da Galáxia. Alguns fãs ressentidos disseram que isso foi uma punição cósmica pelo Senhor das Estrelas não ter matado Thanos. O que acabou favorecendo o vilão em seu objetivo de eliminar metade da vida no universo.

6 - Quando o Homem-Formiga provou um ataque cardíaco em Tony Stark

Sabe aquela sensação de não saber que você precisava de uma coisa até vê-la? Foi isso que sentimos ao assistir Thor utilizando Mjolnir como desfibrilador em Tony Stark. O Homem de Ferro de 2023 foi o responsável por planejar o ataque cardíaco em sua versão de 2012, e o Homem-Formiga, o executor. Porém, vale lembrar que, independente do ano, Tony Stark continua sendo um gênio (bilionário, playboy e filantropo também).

Portanto, é de se esperar que ele tenha investigado com cautela o motivo da falha no reator de seu tórax. Ao rever as imagens de segurança, ele acabaria encontrando sua versão futura em um péssimo disfarce e a três metros de distância dele. Sendo assim, bingo, ele teria evidências de que é possível viajar no tempo. Além de adiantar o "assalto no tempo", essa interferência também pode ter provocado o transtorno de estrese pós-traumático que Tony viria a sofrer em Homem de Ferro 3.

5 - Quando Tony Stark roubou a Joia do Espaço da SHIELD

Na década de 1990, a Dra. Wendy Lawson desceria do espaço, se infiltraria na SHIELD e eventualmente faria pesquisas com o Tesseract. O resultado dos experimentos levaria Carol Danvers a adquirir suas habilidades cósmicas, se tornando, futuramente, a Capitã Marvel. Isso também envolveria outras variáveis como os Kree, os Skrull e a suposta guerra entre eles. Como Tony Stark roubou o Tesseract da SHIELD nos anos 1970, nada disso aconteceu. Imagine um mundo onde a Capitã Marvel não desce do estratosfera destruindo naves espaciais. Sim, seria triste.

4 - Quando rolou o "Hail Hydra"

O Capitão América de 2023 voltou para o presente deixando o Steve Rogers de 2012 inconsciente no passado. Como sua versão do futuro, saudou a Hydra no elevador, Brock Rumlow e todos os outros capangas acreditaram que o herói tinha conhecimento sobre o domínio perverso da Hydra sobre a SHIELD. Isso adiantou a jornada de Rogers em dois anos. Ele acordará em 2012, totalmente despreparado para enfrentar os nazistas infiltrados na SHIELD e em desvantagem para sair correndo.

3 - Quando Loki fugiu com o Tesseract

Todos as estratégias do assalto no tempo funcionaram perfeitamente, tirando um detalhe em 2012. O Hulk recebe a Joia do Tempo da Anciã, o Capitão América toma posse da Joia da Mente, contudo, o Homem de Ferro e o Homem-Formiga falham com a Joia do Espaço. O Tesseract é arremessado em direção à Loki que, como bom oportunista e deus da trapaça, agarra a joia e foge para outra dimensão. Isso criou uma linha do tempo inteiramente nova para o anti-herói. O lado bom é que, o que quer que tenha acontecido, será desenvolvido na série do personagem no Disney+.

2 - Quando Tony Stark estalou os dedos

Os Vingadores triunfaram no final, e a vitória trouxe consigo um custo muito alto. Tony Stark roubou as Joias do Infinito da manopla do Titã Louco e estalou os dedos, eliminando Thanos e todo seu exército. No entanto, o vilão morto era de 2014, não de 2023. Isso significa que existe uma linha temporal onde os eventos da Saga do Infinito simplesmente não aconteceram. Nesse caso, os maiores heróis da Terra salvaram duas realidades diferentes.

1 - Quando Steve Rogers voltou no tempo para ficar com Peggy

Foi garantido pelos Irmãos Russo que Steve Rogers devolveu cada Joia do Infinito para seu espaço-tempo de origem. Após cumprir sua missão, o Capitão decidiu ficar lá pelos meados da década de 1950 ao lado de sua amada Peggy Carter. O final pode até ter sido feliz e merecido, mas também criou uma nova linha do tempo. Os diretores alegaram que o marido de Peggy, mencionado em Capitão América: O Soldado Invernal, era na verdade Steve. Então, como o herói consegue retornar a seu tempo inicial e dar seu escudo à Sam Wilson? Os Russo explicaram que toda versão de Rogers, independente da jornada, volta no tempo para se casar com Peggy. Isso explica o porquê dele aparecer velho em sua linha do tempo principal.

Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens Marvel
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+