• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

9 fatos sobre as pirâmides que provam que a tecnologia era mais avançada do que imaginamos

POR Ultra Curioso    EM Ciência e Tecnologia      02/06/17 às 18h02

Em Gizé, nos arredores do Cairo, Egito, existem diversas pirâmides denominadas de Pirâmides de Gizé. Entre elas estão os três complexos de pirâmides antigas conhecidas como as Grandes Pirâmides, que possuem cerca de 139 metros de altura. Essas pirâmides estão localizadas a mais ou menos 9 quilômetros desde o interior do deserto até a cidade de Gizé, e sempre foram importantes como emblemas do país.

Algumas pessoas acreditam que as pirâmides foram construídas por volta de 2.550 a.C. pelo faraó Khufu e já foram consideradas as maiores estruturas da Terra. Especialistas afirmam que as Necrópoles de Gizé levaram 20 anos para serem construídas e foram necessários 20 mil trabalhadores. No entanto, o que mais chama a atenção de cientistas, e até hoje ninguém conseguiu responder, é como essas pirâmides foram construídas.

A redação da Fatos Desconhecidos separou 9 fatos sobre as pirâmides que provam que a tecnologia naquela época era mais avançada do que imaginamos. Confira abaixo. No final não se esqueça de deixar o seu comentário sobre o assunto.

1 - Portas de 20 toneladas

As portas utilizadas para tampar as aberturas nas pirâmides pesam cerca de 20 toneladas. E o mais impressionante é o fato delas se moverem com bastante facilidade, tudo isso graças a construção perfeita dos egípcios. Porém, até hoje especialistas não conseguiram desvendar o mistério por trás dessa criação e nem entenderam como conseguiram cortar, colocar e equilibrar um objeto tão grande e pesado, para aquela época.

2 - Pirâmide de oito lados

Ao olhar para a Grande Pirâmide de Gizé a impressão que dá é que ela tem quatro lados, porém, ao olhar do alto percebe-se que a estrutura possui oito lados. Alguns especialistas afirmam que essa "ilusão" fazia parte do projeto, já outras teorias dizem que foram provocadas por erosões.

3 - Tumba de Khufu

Algumas teorias afirmam que Khufu, um faraó do Antigo Império egípcio, foi o responsável pelas construções das pirâmides, porém, quando o túmulo de Khufu foi encontrado muitas perguntas surgiram. Isso porque seu sarcófago pesava cerca de 3,75 toneladas, além disso, era muito grande para ter sido carregado por alguém.

Alguns especialistas supõem que o túmulo tenha sido construído junto com a pirâmide. No entanto, a forma como o túmulo foi construído, com granitos, deixa muitas incógnitas, pois naquele tempo o material não era facilmente encontrado.

4 - Tamanho e peso de materiais

O grande tamanho das pirâmides encontradas nos desertos impressionam por sua beleza, porém, algo intriga muitas pessoas: o fato dos materiais usados e como eram feitos os transportes de carga.

Isso porque uma das maiores pirâmides do mundo possui cerca de 2,3 milhões de blocos de pedra que chegam a pesar de 2,5 a 15 toneladas cada um. Arqueólogos afirmam que os equipamentos eram extraídos de uma fonte próxima, porém, você já parou para pensar como e quem os carregavam?

Algumas teorias afirmam que o transporte era feito através de grandes grupos de trabalhadores que empurravam os blocos maciços sobre rampas de madeira, algo que parece ser improvável, porque não existe material conhecido que resistiria o peso dos blocos.

5 - Fontes de calor

Há dois anos pesquisadores descobriram uma fonte de calor em três áreas no fundo da Grande Pirâmide. Na ocasião, algumas pessoas chegaram a afirmar que faziam parte de anomalias, porém, nada foi confirmado. Após a descoberta, mais manchas de calor foram encontradas na metade superior da pirâmide.

6 - Material utilizado na construção

Um dos materiais usados na construção das pirâmides que mais intrigam os pesquisadores são as argamassas. Apesar da atual tecnologia que o mundo tem, até hoje ninguém conseguiu recriar o material, que é feito, principalmente de gesso processado.

Estima-se que 500 mil toneladas de argamassas foram usadas nas construções das pirâmides, e, por incrível que pareça, esse material é mais resistente do que as próprias pedras, pois até hoje permanece em vigor.

7 - Sistemas de túneis abaixo das pirâmides

Segundo arqueólogos, diversos sistemas de túneis abaixo das pirâmides foram esculpidos com pedras calcárias, e ainda existem muitas perguntas sem respostas sobre esses labirintos. Recentemente, o arqueólogo Brien Foerster descobriu 20 caixas do granito de Assuão - uma cidade do Egito - cortadas com precisão. O que impressiona é o fato de cada caixa pesar 100 toneladas.

No entanto, especialistas acreditam que estas grandes caixas eram lugares de enterro para touros. Nada foi confirmado e, até então, a função das caixas continua sendo um mistério. Outra teoria indica que as caixas costumavam ser usadas ??para armazenar uma forma antiga de energia.

8 - Cascas

A Grande Pirâmide de Gizé já foi coberta de calcário branco e polido, o que teria feito a pirâmide brilhar como uma joia no meio do deserto. Essas pedras pareciam um espelho, além disso, a pirâmide tinha aparência plana e lisa. Acredita-se que a maioria das pedras tenham sido cortadas de uma pedreira e depois transportadas pelas águas do rio Nilo.

9 - O alinhamento das pirâmides

A construção das pirâmides é vista como uma grande incógnita por especialistas, e umas das várias perguntas sem respostas é como as construções com tanta precisão, sendo que na época não existia algo que os pudessem auxiliar. Segundo especialistas, a Grande Pirâmide, construída há milhares de anos, é mais precisa em alinhamento do que o edifício no Observatório de Greenwich, em Londres. Até hoje ninguém conseguiu encontrar qualquer registro sobre o processo utilizado pelos egípcios.

O que você achou dessas curiosidades? Deixe a sua opinião abaixo.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+