icone menu logo logo-fatosnerd.png


Afinal, o Coringa de Joaquin Phoenix é ou não irmão do Batman?

POR Letícia Dias EM Fatos Nerd 06/07/20 às 23h50

capa do post Afinal, o Coringa de Joaquin Phoenix é ou não irmão do Batman?

Em maio de 2019, cinco meses antes do lançamento de Coringa, algumas teorias já circulavam entre os internautas. Embora a maioria girasse em torno do peso desse novo personagem na mitologia do Homem-Morcego, uma gerou maior repercussão. Após a liberação do primeiro trailer do filme de Todd Phillips, ficou notável que Thomas Wayne seria uma figura antagônica para Arthur Fleck. Vimos toda uma relação em torno da disparidade social. Além disso, foi mostrado um monólogo de Arthur apresentando sua mãe e deixando clara a ausência de uma figura patriarcal. Pois bem, logo aí já começou a circular a teoria de que o Coringa de Joaquin Phoenix era irmão de Bruce Wayne.

Alguns meses depois o longa chegou aos cinemas. Assim nos surpreendemos com a assertividade dos fãs. No entanto, parecendo já antecipar essas assertivas pontuações, Phillips brincou com a possibilidade e depois a descartou. Apesar de Arthur ter cogitado ser filho de Penny Fleck e Thomas Wayne, o roteiro apontou uma incoerência na história de Penny devido seu histórico de insanidade. Surpreendentemente, quando acreditávamos que essa discussão já havia sido concluída, o Screen Rant a trouxe de volta ao tópico de debates.

Segundo Michael Kennedy, redator do SR, a insistência de Penny de que Arthur é fruto de seu caso com o bilionário de Gotham não deve ser facilmente desconsiderada. Visto que o próprio Arthur hesitou em acreditar na história de sua mãe, não podemos culpar os espectadores por fazer o mesmo. Contudo, apesar de parecer que tudo faz parte da loucura presente na história de Arthur e sua mãe, não devemos nos contentar com a explicação mais óbvia.

O que realmente pode ter acontecido com a mãe do Coringa

Superficialmente, a conclusão que tiramos de Coringa é que Penny Fleck é doida. Logo, seu caso com Thomas Wayne foi descartado. No entanto, além disso, até mesmo seu atestado como mãe de Arthur foi questionado. Inclusive, depois de ler a documentação do Asilo Arkham, Arthur decide matá-la. Isso parece ter sido muito objetivo e não deixou espaços para questionamentos. Errado.  Arthur, o próprio narrador, não é uma fonte nada confiável. Portanto, não devemos acreditar em tudo que é dito por ele. Durante o filme todo somos levados a acreditar em algo que pode ser apenas fruto da insanidade do protagonista. Aliás, tal insanidade pode ter origem genética, algo que apenas reforça seu lugar como filho de Penny.

Em seguida, precisamos nos atentar ao fato de que Thomas Wayne não parece ser um cara legal. Ao longo dos anos nos acostumamos a vê-lo como uma figura justa e heroica. Contudo, isso só acontecia porque a história normalmente é contada sob a perspectiva do Batman que, provavelmente, não conhecia o pai muito bem. Portanto, se ele chegou a ter um caso com Penny Fleck, não teria sido difícil utilizar seus recursos para fazer tudo parecer uma mentira. O próprio Arthur encontrou fotos assinadas com "TW" no verso. São detalhes como esse que parecem mais reais do que imaginários.

Por fim, mas não menos importante, vale lembrar que Alfred Pennyworth reconheceu o nome de Penny. Se ela tivesse sido apenas uma simples funcionária, não haveria necessidade de mostrar isso. Sendo assim, somando os problemas psicológicos hereditários; as fotos assinadas por TW; o incomodo de Thomas Wayne após ser confrontado por Arthur; e o reconhecimento por parte de Alfred, podemos dizer que há sim chances do Coringa de Phoenix ser irmão do Batman.


Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens Warner Bros.
avatar Letícia Dias
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest