• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Arena de gladiadores é descoberta na Turquia

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      22/07/19 às 18h25

Recentemente, foi encontrada, na Turquia, a ruína de uma antiga arena dedicada às lutas de gladiadores. A arena foi descoberta em Dilakkaya, província de Adana, e reiterou evidências diretas da ocorrência desses grandes e sangrentos espetáculos. Os quais eram regidos por violência e escravidão. O anfiteatro da Cidade Velha de Anavarza já faz parte da Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

De acordo com o arqueólogo Faith Gussel, da Universidade de Çukurova, a escavação revelou um campo de batalha de 2 mil anos, contendo um Arco do Triunfo comemorativo de 10 metros de altura, em celebração à vitória romana sobre os persas. Os profissionais afirmaram também que a descoberta contém vestígios culturais dos períodos helenístico, romano, bizantino, sassânida e otomano.

O arco é o único que sobreviveu aos anos de abandono. No momento, arqueólogos realizam análises de scanner para que se encontre a melhor maneira de realizar a restauração das peças. Anavarza é conhecida como "cidade invencível". O título envolve o fato da cidade possuir grandes muralhas e portões magníficos - além de ser a primeira cidade da antiguidade a ter uma avenida de duas pistas. 

A cidade antiga atingiu seu máximo esplendor durante os séculos III e V. Foi também centro de grande importância no Império Romano do Oriente. O projeto de escavação que envolve a cidade é, hoje, considerado um dos mais caros da arqueologia turca. O trabalho, minucioso, exige entrar em estratigrafias profundas de um importante assentamento da Anatólia. 

A região é ponto turístico e histórico. O Ministério da Cultura e Turismo da Turquia, sob a supervisão da Direção-Geral do Patrimônio Cultural e Museus, e do Museu de Arqueologia de Adana, têm apoiado as escavações desde o princípio. As escavações começaram em fevereiro com uma equipe de 40 cientistas, dos quais 20 deles se concentraram na seção do anfiteatro.

Para o arqueólogo Faith Gussel, graças às inscrições em pedra, é possível identificar como os anfiteatros da Anatólia foram planejados e projetados. O profissional explica que é possível identificar até como foram feitas lutas de gladiadores na área e os animais que foram usados ??nas lutas. Além disso, é possível discernir também as áreas de necrópole, onde foram enterrados os mortos. Do trono de pedra do anfiteatro, entende-se que a classe nobre estava localizada naquela área entre os espectadores, tudo para observar as lutas de gladiadores.

Fora da Europa

Pesquisadores também descobriram, recentemente, no sítio arqueológico de Carnuntum, próximo à Viena, na Áustria, uma escola de gladiadores. A ludus gladiatorius é a primeira arena encontrada fora da cidade de Roma. Escondida sob um pasto, a estrutura foi inteiramente mapeada por tecnologias não invasivas. De acordo com Wolfgang Neubauer, arqueólogo do Instituto Ludwig Boltzmann para Prospecção Arqueológica e Arqueologia Virtua, a arena era uma prisão. Ali, os lutadores vivem em celas que possuíam apenas um portão.

A descoberta mostra também que os gladiadores, fora de Roma, eram considerados mais como mercadoria como guerreiros. Acredita-se que pelo menos oitenta gladiadores moravam na grande instalação. A escola tinha, provavelmente, dois andares e era equipada com uma arena de prática no pátio central. O local também dispunha de piso aquecido para treinamento no inverno, banhos, enfermarias, estruturas de encanamento e um cemitério nas proximidades.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+