Arlequina passou seus anos iniciais de vilania vivendo na sombra do Coringa. Contudo, com o passar do tempo, ela se deu conta dos abusos que sofria e buscou sua emancipação, não só do Príncipe Palhaço, como da vida criminal. Como resultado disso, hoje, ela já é uma personagem completamente independente e conquistou uma posição muito consolidada como quarto pilar da DC Comics, o que lhe rendeu um leque de oportunidades em outras mídias. Todavia, Arlequina segue fazendo sucesso nos quadrinhos e sua mais nova narrativa é Batman: White Knight Presents Harley Quinn (via Screen Rant).

Nessa nova série a personagem está totalmente livre se seu ex e da sombra dele. Logo, em Batman: White Knight Presents Harley Quinn os leitores são apresentados a uma versão madura da anti-heroína. Após a morte do Coringa ela passou a dedicar seu tempo a seus filhos (e suas duas hienas, Bud e Lou, que ela chama de "bebês"). Apesar de sua rotina ser bem diferente do que ela estava acostumada, Arlequina parece satisfeita com a monotonia de uma vida tranquila. Contudo, assim como era de se esperar, as coisas não ficaram em paz por muito tempo.

Atuando como psiquiatra forense do DPGC, Arlequina está em busca de um copycat do Coringa. Aparentemente há um novo assassino na cidade cujo modus operandi imita àquele do Príncipe Palhaço do Crime. Então, nossa protagonista utiliza suas habilidades para capturar essa ameaça conhecida como "Neo Joker" - ou Novo Coringa, no bom e velho português. O apelido havia sido usado por Marian Drews na série Batman: White Knight em 2018. Portanto, o retorno desse antagonista é uma dica de que os fãs podem esperar que essa nova série da Arlequina revisite aspectos da história original de White Knight.

Publicidade
continue a leitura

Embora muitos detalhes sobre essa nova versão do Coringa ainda sejam escassos, a edição termina com Arlequina trajando seu uniforme clássico e caminhando ao lado de suas hienas. Apesar de contar com elementos visuais do passado, essa nova versão de Arlequina tem mais autonomia. Desta vez, o Coringa está na sombra dela, e não o contrário. Agora só nos resta esperar para ver o que essa inversão de papeis irá nos proporcionar.

Batman: White Knight Presents Harley Quinn

Publicidade
continue a leitura

Compondo mais uma aposta do selo DC Black Label, Batman: White Knight Presents Harley Quinn é escrita por Katana Collins, autora conhecida por seus romances contemporâneos e, por vezes, eróticos. Coincidentemente, ela é casada com Sean Murphy, nome por trás de Curse of White Knight. Aliás, ambos trabalham juntos nesse novo título. Em suma, a história se passa dois anos depois dos eventos de White Knight e mostra Arlequina ajudando o Departamento de Polícia de Gotham City a investigar uma série de assassinatos. Em contrapartida, além de psiquiatra forense, Arlequina também mostra seu lado maternal enquanto criar seus filhos e confronta seu passado com o Coringa e com o Batman.

Publicidade
continue a leitura

Segundo a descrição oficial da série, "Azrael acabou com a maioria dos criminosos em Gotham, Jack Napier (anteriormente conhecido como Coringa) está morto, Bruce Wayne está na prisão e Arlequina está se ajustando à vida de mãe solteira, criando os gêmeos que teve com Jack. Mas, à medida que novos vilões surgem, Arlequina é forçada a dançar com sua loucura mais uma vez e confrontar seu próprio passado com o Coringa e com o Batman. Enquanto isso, ela também ajuda a polícia de Gotham e um jovem entusiasmado agente do FBI a descobrir a verdade por trás de uma série de assassinatos horríveis". E então, animado para ler essa HQ? Compartilhe sua opinião com a gente.

Imagens: DC Comics.

Publicado em: 26/10/20 23h00