Nasser al-Din Shah foi imperador da Persa entre os anos de 1848 e 1896. Uma das suas muitas paixões curiosamente era a fotografia, e por esse motivo quando chegou ao trono, Nasser Al-Din Shah tomou a decisão de manter em seu palácio um estúdio para fotos oficiais.

Curiosamente este também foi o primeiro estúdio fotográfico do Irã. Durante as décadas de 1870 a 1880, um fotografo russo, chamado Anton Servryugin  trabalhou como fotografo real do imperador iraniano.

02

O fotografo tinha a autorização apenas para tirar fotos de si mesmo, do imperador, dos homens de família e dos servos do tribunal. Porém com o tempo, ele conquistou a confiança do Sheik para manter o privilégio de retratar também o seu harém, que segundo registros históricos possua uma média de 84 a 100 mulheres.

Todas elas eram esposas de Nasser al-Din Shah.

13

É sabido que essas fotografias foram reveladas a mando do imperador, que possui seu próprio laboratório para esses fins, e foram mantidas em um álbum de papel brilhante durante muitas décadas dentro do palácio que se localiza na região iraniana de Golestan. Atualmente o local se transformou em um renomado museu.

14

Publicidade
continue a leitura

Confira abaixo as preciosíssimas fotos que revelam como era a vida dessas mulheres há mais de 140 anos atrás:

#1.

03

#2.

04

#3.

05

#4.

Publicidade
continue a leitura

06

#5.

07

#6.

08

#7.

Publicidade
continue a leitura

09

#8.

10

#9.

11

#10.

12

E então queridos leitores da Fatos Desconhecidos, qual dessas imagens mais te intrigou? Conta pra gente aqui embaixo pelos comentários!

Publicado em: 13/12/16 18h10