• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Carne de frango pode ser tão ruim para o organismo quanto carne vermelha, entenda

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      14/06/19 às 18h58

Existem pessoas que acham que comer carne de frango é melhor para saúde. E talvez, elas podem estar erradas. Segundo um estudo publicado, deixar de comer carne vermelha e começar a comer frango, com a intenção de abaixar o colesterol, pode não ser a melhor estratégia para dieta.

Uma descoberta revelou que os níveis de colesterol do sangue das pessoas que comiam carne vermelha e frango aumentavam de forma parecida. Mas esse aumento no colesterol pode não fazer tão mal para o coração como pode parecer.

Para fazer o estudo, os pesquisadores do Instituto de Pesquisa do Hospital Infantil de Oakland (CHORI) recrutaram mais de 100 voluntários. Todos eram saudáveis, de modo que o experimento pudesse ser feito.
Os participantes do estudo foram divididos em dois grupos. Um deles consumia uma dieta com refeições ricas em gorduras saturadas. E o outro grupo teve uma dieta totalmente oposta. E depois disso, os dois grupos foram separados de novo em três seções.

Aleatoriamente, os voluntários consumiam quatro vezes por semana uma dieta rica em carne branca ou vermelha ou proteínas de tipo não-animal. E assim, ficavam intercalando com outras dietas. Conforme o estudo foi sendo feito, exames de sangue eram realizados para medir o nível de colesterol total.

Colesterol

Os exames também mediam a lipoproteína de baixa densidade, o LDL. Este é considerado o mau colesterol. Esse colesterol pode causar um acúmulo de placa nas artérias e aumentar o risco de ter doenças cardíacas e AVC.

Segundo Ronald Krauss, diretor de pesquisa de aterosclerose do CHORI e um dos autores do estudo, essa é a primeira pesquisa que compara diretamente os efeitos dos tipos de carne e fontes de proteína não animais nos níveis de colesterol. E tendo os principais nutrientes das dietas mantidos e a ingestão de gordura saturada controlados. E as descobertas surpreenderam.

"Nossa nova descoberta foi que o nível de colesterol LDL [o mau colesterol] se mantinha independente do consumo de carne vermelha ou de carne branca. E que o nível de LDL era menor com a proteína vegetal", disse Krauss.

"Estes resultados foram semelhantes nas dietas ricas e pobres em gordura saturada. Assim, o resultado pode ser visto como indicativo de um efeito de aumento do colesterol com ambos os tipos de carne. Além do efeito de redução de colesterol com consumo de alimentos vegetais", continuou.

Mas os efeitos do colesterol na saúde do coração ainda não estão esclarecidos completamente. E nem quais são os alimentos específicos que podem mexer com esses níveis.

E isso porque existem diferentes tipos de LDL conforme o tamanho de suas partículas. O médio e pequeno estão fortemente ligados com risco de doença cardiovascular. E o LDL grande já tem uma ligação mais fraca.

Redução

Nesse estudo, em particular, as dietas adotadas aumentaram os níveis de LDL grande e não alteraram os outros. Assim como o consumo de gorduras saturadas, também aumentou o LDL. Contudo, não afetou os outros.

"Portanto, usar o nível de colesterol LDL padrão como a medida de risco cardiovascular pode levar a superestimar o risco da ingestão de carne e da gordura saturada, já que o teste de colesterol LDL pode refletir altos níveis de partículas LDL de grande porte", explicou.

Um dos poréns do estudo foi que ele não considerou o consumo de peixe, que também é uma carne branca e que pode ter níveis mais altos de gordura saudável. E algumas pessoas dizem que o mesmo reduz o colesterol total.

Também foram deixados de lado os produtos processados. Que são, em sua maioria, feitos com carne vermelha, como por exemplo bacon ou salsichas. As agências de saúde recomendam que as pessoas reduzam seu consumo de carne vermelha e passem a comer carne branca ou vegetais.

Mesmo que existam razões para preferir a carne branca à vermelha por motivos de saúde, os autores dizem que suas descobertas sugerem que uma dieta rica em proteínas vegetais pode ser a melhor maneira de manter o colesterol sob controle.

"Tudo o que podemos dizer do nosso estudo é que se você está tentando diminuir o colesterol, diminuir o consumo de carne branca de aves pode ser tão eficaz quanto diminuir o de carne vermelha. E uma vez que as pessoas possam diferir em suas opiniões, um teste de colesterol é a melhor maneira de saber como a dieta está indo", concluíram.




Matérias selecionadas especialmente para você

Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+