• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Casal foi separado durante a segunda guerra mundial e se reencontrou 75 anos depois

POR Jesus Galvão    EM Compartilhando coisa boa      14/06/19 às 16h35

Durante a Segunda Guerra Mundial, um jovem soldado americano, chamado JT Robbins, hoje com 97 anos, se apaixonou perdidamente por uma garota francesa de 18 anos chamada Jeannine Pierson, que agora tem 92 anos. O casal se conheceu em 1944, na cidade natal de Pierson, Briey, no nordeste da França e viveram um tórrido romance.

Entretanto, eles precisaram se separar quando Robbins teve que ir lutar na Frente Oriental. Ambos se casaram com outras pessoas e formaram suas famílias. No entanto, eles nunca se esqueceram um do outro. Agora, ambos viúvos, Robbins e Pierson se reencontraram na França, depois de 75 anos separados.

Quando o casal se conheceu, Robbins era um soldado de 24 anos do exército dos Estados Unidos, que se alistou na 26ª Infantaria, na Primeira Divisão, em 1942, em serviço na cidade interiorana da jovem francesa. O jovem estava à procura de alguém para lavar suas roupas e a mãe de Pierson concordou em ajuda-lo.

O amor em meio a guerra

Tão rápido quanto eles se conheceram, eles se apaixonaram perdidamente um pelo outro. Porém, cerca de dois meses depois, o soldado estadunidense teve que sair da vila francesa e ir lutar na Frente Oriental contra as Potências do Eixo. "Eu disse à ela que talvez voltasse para levá-la comigo, mas isso não aconteceu dessa forma", disse Robbins, em entrevista ao canal de televisão francês France 2.

"Quando ele partiu em um caminhão, eu chorei, claro, fiquei muito triste", acrescentou Jeannine. "Eu queria que, depois da guerra, ele não tivesse voltado para a América".

Quando a guerra acabou, em 1945, a jovem havia aprendido algumas frases básicas em inglês, na esperança de que seu amado soldado voltasse para seus braços. Porém, Robbins voltou para os Estados Unidos. Em seu país, ele acabou conhecendo e se casando com sua esposa, já falecida, Lillian. Eles trabalharam juntos em uma loja de ferragens no Mississipi por 50 anos. Entretanto, o casal se separou em 2015, com a morte de Lilian aos 92 anos de idade.

Na época, a jovem francesa, percebendo que o jovem soldado não mais voltaria, deu continuidade a sua vida. Ela se apaixonou novamente e, em 1949, acabou se casando. Pierson acabou engravidando e teve cinco filhos, frutos de sua união.

Apesar da distância e de todo o tempo que se passou, Robbins nunca se esqueceu de sua amada francesa. Ele manteve uma foto de Pierson, em preto e branco, escondida por muitas décadas, para nunca esquecer de suas feições. Na verdade, ele revelou que ainda possui a fotografia em entrevista para um grupo de jornalistas franceses.

A revelação foi feita quando os jornalistas estavam fazendo uma matéria especial sobre os veteranos da Segunda Guerra Mundial nos Estados Unidos. O veterano mostrou a foto de Pierson e se abriu sobre sua grande vontade de voltar para a vila francesa "para encontrar sua família" enquanto ele esteve na França.

O reencontro

No entanto, ele supôs que Pierson havia falecido e declarou aos jornalistas: "Com certeza, eu nunca mais vou vê-la." Porém, os jornalistas conseguiram encontrar o grande amor de Robbins em uma casa de repouso em Montigny-lès-Metz, Mosela, na França, a aproximadamente 45 km de onde eles se conheceram. E fizeram uma surpresa para ele. "Ela está viva e esperando por você".

No começo, ele parece não ter acreditado no que estava ouvindo. "Sem brincadeiras!", Robbins exclamou. Um reencontro do casal foi então organizado em um lar de idosos. Ao se verem novamente depois de tantos anos, eles deram um longo abraço e depois se encararam por algum tempo.

"Eu sempre te amei. Você nunca saiu do meu coração", disse Robbins à Pierson. "Ele disse que me ama. Eu entendi tudo", disse Pierson a um dos jornalistas em francês. O veterano de guerra tirou a foto de Pierson do bolso e disse a ela: 'É você". A francesa reagiu extremamente surpresa. "Uau", exclamou. Depois, ela o questionou porque ele não tinha voltado para vê-la.

"Sempre pensei nele, pensando que talvez ele viesse", disse ela. "Eu gostaria que ele tivesse voltado." E ele então respondeu com franqueza. "Você sabe, quando você se casa, depois disso você não pode mais fazer isso".

O casal passou algum tempo conversando e, em seguida, Robbins teve que sair para participar das celebrações do 75º aniversário do Dia D, na Normandia. Entretanto, agora que estão viúvos, Robbins e Pierson prometeram que se veriam novamente. "Jeannine, eu amo você garota", disse Robbins com os olhos marejados antes de beijá-la pela primeira vez em 75 anos.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Daily Mail  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+