• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Chega ao fim o mistério do Abominável Homem das Neves?

POR Natália Pereira    EM Mistérios & Horror      01/12/17 às 18h33

Histórias de monstros são famosas por todo o mundo. Elas se dividem, em sua maioria, pelos crentes e não crentes. Dando vida a imaginação dos supersticiosos e causando questionamentos e deboches através dos céticos. Essa divisão acontece em praticamente tudo que envolve nós, seres humanos. Ficamos entre os emocionais, os racionais e aqueles que não se importam. Muitas histórias são contadas e cada uma delas sustenta algum desses três lados.

Lendas como a do Abominável Homem da Neve, o Pé Grande e o Monstro do Lago Ness causaram tanto impacto e repercussão que realmente dividiram as opiniões pelo mundo. A ciência vem se desenvolvendo cada vez mais e é claro que eles não podiam ficar de fora dessa disputa. O prêmio: "Descobrir qual dos lados tinha razão". O fato é que sempre fomos curiosos demais e uma história antiga como essa não podia ficar para trás.

A história

A lenda do Abominável Homem da Neve (Yeti) e os relatos de encontros com ele começaram antes de 1930. Na época, os montanhistas saíam em suas jornadas ao Himalaia e quando voltavam relatavam terem avistado o monstro. A maior parte da história é baseada apenas pelos relatos das pessoas e pelo que é contado boca a boca. Algumas fotos e vídeos já rondaram a internet, prometendo provar a sua existência. A maioria dos registros se provou falsa. Em 1921, alguns visitantes do local também relataram ter visto pegadas estranhas na neve. Elas seriam maiores do que as normais, segundo o jornalista Henry Newman. De acordo com o que foi dito para o profissional, quando os visitantes indagaram os guias sobre aquilo, eles afirmaram que elas pertenciam ao Abominável Homem da Neve.

O DNA do Abominável Homem da Neve

Uma pesquisa recente foi feita com o DNA de muitos dos artefatos existentes que, supostamente, pertenceriam ao Abominável Homem da Neve. Os artefatos seriam partes do corpo do famoso Yeti. Dentre eles estavam 9 amostras de dentes, ossos, cabelos e pele mumificada. Para o desapontamento dos supersticiosos todos os DNAs testados pertenciam a espécies de ursos nativos da região. A informação foi publicada pela revista de ciência Royal Society B. As espécies identificadas através dos artefatos resultaram nos ursos pretos asiáticos, nos ursos marrons tibetanos e nos ursos marrons do Himalaia. De acordo com a co-autora do estudo e estudante da evolução de ursos na Universidade de Buffalo, Dra. Charlotte Lindqvist, oito das nove amostras testadas resultaram nos ursos citados. O nono foi resultado de uma mistura que usava o cabelo de um urso e os dentes de um cachorro.

A pesquisadora afirma que a ciência vem se desenvolvendo e que pode abordar alguns desses mistérios em busca de solucioná-los. Ela diz que o estudo também ajudou os cientistas a entenderem a linhagem do urso marrom melhor. Devido as amostrara encontradas e comparadas. Lindqvist também diz que entende que sua pesquisa não vai acabar com as crenças de todos sobre o Yeti. Apesar de não se poder comprovar a sua existência, assim como a de outras lendas, também não se pode descartá-las completamente. De acordo com ela, o Yeti é uma figura importante para a cultura e o folclore local. Apesar de esperar que seus resultados diminuam os exageros vindos do ocidente.

Yeti

O seu nome é derivado das palavras neerlandesas "ya" (lugar rochoso) e "te" (urso). Sua história se espalhou pelo ocidente pela primeira vez ainda no século 20. Isso teria acontecido quando exploradores europeus no Himalaia voltaram e espalharam sua história, assim como fotos de suas pegadas. Apesar de ser considerado um monstro aterrorizante para alguns o Abominável Homem da Neve era uma figura da crença pré-budista. De acordo com sua crença, ele era um deus da caça.

Depois de saber sobre o resultado da pesquisa científica sobre o DNA do Abominável Homem da Neve, qual é o seu posicionamento agora? De qual grupo você faz parte?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+