icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Chinês sequestrado ao nascer encontra os pais biológicos 32 anos depois

POR Bruno Dias EM Curiosidades 20/05/20 às 15h46

capa do post Chinês sequestrado ao nascer encontra os pais biológicos 32 anos depois

Infelizmente, crimes são uma prática recorrente. Todos os dias, somos bombardeados por histórias terríveis de mortes, roubos, sequestros e de todas as maldades que o ser humano pode realizar. No entanto, há de fato algumas histórias que são chocantes e que assustaram por suas barbaridades ou reviravoltas impressionantes.

Parece coisa de novela ou filme pensar que um bebê pode ser sequestrado dos pais assim que nasce. E ainda mais se reencontrar com eles depois de mais de 30 anos. Mas essa história realmente aconteceu com um chinês que foi sequestrado quando era bebê. Depois de 32 anos ele conseguiu reencontrar seus pais biológicos por causa de uma denúncia feita à polícia que usou uma ferramenta de reconhecimento facial.

O bebê Mao Yin tinha apenas dois anos quando foi sequestrado em 1988. O sequestro aconteceu na frente de um hotel de Xi'an, no centro da China. E o bebê foi vendido para um casal que não tinha filhos na província de Sichuan, no sudoeste. Foi esse casal quem criou Mao Yin como filho.

Reencontro

O reencontro do homem, agora com 34 anos, com seus pais biológicos aconteceu nessa segunda-feira. Sua mãe, Li Jingshi, contou a uma rede de televisão local que depois que seu filho desapareceu ela deixou seu trabalho e distribuiu mais de 100 mil avisos de busca. Mas não teve sucesso.

E em abril, a polícia recebeu uma denúncia de que um homem de Sichuan tinha  comprado um menino perto de Xi'an nos anos 1980. Então a polícia usou uma técnica de reconhecimento facial para conseguir envelhecer artificialmente a foto de criança de Mao Yin.

Depois disso feito, o resultado foi comparado com a base de dados nacional de fotos de identidade para achar pessoas com traços semelhantes aos do bebê sequestrado. Foi assim que as autoridades conseguira encontrar Mao Yin em Sichuan.

Quando acharam o homem eles fizeram um teste de DNA que confirmou que ele era realmente o bebê que tinha sido roubado. Mao tinh crescido sem saber que tinha sido roubado e sem nem imaginar que seus pais biológicos existiam.

"Não quero que se vá. Não deixarei que nos abandone", declarou sua mãe biológica Li Jingzhi durante o encontro.

O homem disse à televisão local que pretende se mudar para Xi'an para viver com seus pais biológicos.

Filhos

O caso de Mao Yin não é uma raridade. Apenas na última década, a polícia chinesa ajudou mais de 6.300 crianças sequestradas a encontrarem suas famílias. Isso foi possível por causa dos testes de DNA.

Nos anos 1990 o sequestro de bebê se desenvolveu no país por conta da política do filho único, na qual as famílias eram limitadas a ter apenas um único descendente. Ou seja, a população da China só não é maior devido a esse controverso controle de natalidade. E isso aumentou a demanda por crianças. Mas nos últimos anos essa tendência foi atenuada.

Mesmo com essa política implantada na década de 1970, estimativas divulgadas pela ONU sugerem que, até o ano de 2050, haverá na China cerca de 440 milhões de pessoas acima de 60 anos.


Próxima Matéria
Via   G1  
Imagens G1 Glb news
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest