A súbita pandemia ocasionada pelo COVID-19 resultou na paralisação de diversos serviços ao redor do globo. Logo, com a indústria do entretenimento não seria diferente. Inicialmente acreditávamos que a situação não afetaria a fundo grandes produções hollywoodianas. Todavia, não demorou para vermos que estávamos sim diante de algo mais preocupante do que o imaginado. Assim, o fim do isolamento social ganhou um prazo imprevisível. Enquanto isso proporcionou o aumento das assinaturas em serviços de streaming, os estúdios cinematográficos tiveram de suspender muitos de seus projetos. Aliás, a parte de produção não foi a única afetada. Visto que a temporada de festivais de cinema se aproxima, tais eventos também sofrerão com a atual conjuntura. Só para ilustrar, o Festival de Cannes pode não ser realizado em seu formato original esse ano.

Embora os organizadores tenham adiado a celebração - anteriormente prevista para acontecer entre 12 e 23 de maio - para junho ou julho, parece que o evento realmente não está em condições de ser realizado. No entanto, os responsáveis pelo festival afirmaram que "o Festival de Cannes, um pilar essencial da indústria do cinema, precisa explorar todas as contingências… tornando Cannes 2020 real de uma forma ou de outra". Isso significa que, mesmo sem detalhar quais seriam essas opções, os realizadores cogitam medidas alternativas. Ao passo que o resto do mundo tem se adaptado ao cenário de reclusão social, é de se esperar que até mesmo os eventos mais tradicionais recorram à outras estratégias de adequação. Pois bem, isso nos levou a pensar em outra grande festividade da sétima arte, o Oscar. Como será que os Prêmios da Academia serão entregues no ano que vem?

Publicidade
continue a leitura

Como o Oscar 2021 lidará com a pandemia?

Publicidade
continue a leitura

Segundo Anne Thompson, do IndieWire, a Academia garantiu que o Oscar 2021 irá acontecer, só não se sabe quando. Aparentemente, os membros do conselho tem se reunido virtualmente para decidir as melhores alternativas. Até então, a cerimônia está agendada para acontecer no dia 28 de fevereiro de 2021. No entanto, de acordo com Dawn Hudson, CEO da Academia, "teremos um Oscar". Contudo, a executiva também compartilhou que "não estão prontos para tomarem decisões finais sem mais conversa, informações e benefício do tempo". Além disso, visto que muitas filmagens sofreram interferências por causa da pandemia, a Academia concordou em fornecer maior flexibilidade àqueles que pretendem se inscrever nas categorias de premiação. Aliás, assim como o resto do mundo, os membros votantes da premiação terão de se adaptar a um método de triagem online.

Publicidade
continue a leitura
Publicado em: 06/05/20 17h42